Mapas de displace: Guia de utilização

Os chamados mapas de displacement são uma ferramenta extremamente importante dentro do universo de ferramentas disponíveis para modelagem 3d. Com esse tipo de mapa, que nada mais é do que uma imagem, podemos adicionar detalhes em objetos com base apenas nas tonalidades existentes nessa textura. A vantagem do mapa de displacement é que o resultado desse tipo de edição nos objetos é geometria real, o que facilita muito o seu uso em situações em que os modelos 3d estão próximos da câmera. O observador vai perceber que os detalhes são reais, o que faz a técnica ser muito melhor para esse tipo de situação do que os chamados mapas normais, também conhecidos como mapas de bump.

Esse tipo de mapa de displace é especialmente importante nos casos em que usamos softwares especializados em escultura digital, pois com o auxílio desses mapas podemos trabalhar a exibição correta dos detalhes desses objetos esculpidos em outros softwares 3d.

Mas, você sabe usar os mapas de displacement? Um artista chamado Akin Bilgic publicou um guia sobre mapas de displacement no seu web site que pode ajudar muitos usuários e artistas que baseiam seu trabalho em escultura. O guia mostra o procedimento para gerar e aplicar mapas de displacement, saindo do ZBrush ou Mudbox para softwares como o 3dsmax e Maya.

Guia sobre uso de mapas de displacement em modelagem 3d

O mais interessante do guia é que o artista faz uma detalhada explicação sobre todo o processo, adicionando inclusive detalhes técnicos sobre cada um dos elementos que fazem parte do mapa de displace. Essa parte do guia é especialmente interessante para quem está precisando de referências ou pesquisa relacionada com o tema, ou gosta de conhecer o que acontece com cada ferramenta com informações um pouco mais técnicas.

Além das informações técnicas do guia, é possível também encontrar todos os passos necessários para otimizar e criar o mapa de displacement na parte inferior do texto. O autor até mesmo fez um modo de seleção em que podemos marcar workflows diferentes. Por exemplo, a saída do modelo como o ZBrush e a chegada do arquivo no 3dsmax usando o V-Ray para renderiação. O guia é fundamental para todos trabalhando com escultura!

 

Modelagem de personagens 3D: Pincéis para monstros no ZBrush

A escultura digital é uma ferramenta extremamente poderosa para a criação de modelos 3d com grande quantidade de detalhes, em que os artistas 3d podem literalmente moldar os objetos 3d da maneira como quiserem. Entre as ferramentas mais usadas para criar escultura digital hoje em dia temos o ZBrush como a ferramenta mais usada por estúdios e profissionais em modelagem de personagens 3D. Mas, apesar do software oferecer inúmeros recursos e ferramentas que facilitam a criação das esculturas, ainda é possível expandir um pouco mais os recursos do software usando pincéis personalizados. Esses pincéis (brushes) adicionam formas e elementos facilitadores do processo de escultura.

Modelagem de personagens 3D: Escultura de monstros com ZBrush

Os usuários do ZBrush devem apreciar o recurso organizado pelo web site BadKing, que conclamou seus usuários de ZBrush a montar o “maior” pacote de pincéis personalizados de ZBrush, voltado para a criação de monstros da internet. E pelo tamanho e qualidade do pacote acredito que a iniciativa tenha sido bem sucedida! Mas, a melhor parte é que todos os pincéis são gratuitos, e constituem uma excelente fonte de ferramentas para modelagem de personagens 3D.

Modelagem de personagens 3D

A lista de pincéis é impressionante e muito completa! Por exemplo, encontramos partes avulsas de monstros como pernas, asas, dentes e muito mais. Com base nesses pincéis gratuitos é possível construir uma verdadeira linha de modelagem para modelagem 3d de personagens baseados apenas em escultura no ZBrush.

Só vale lembrar que o link leva até o local em que estão organizados e classificados os pincéis, ainda é preciso fazer a visita em cada um dos web sites e selecionar os respectivos pincéis. É um pouco trabalhoso de coletar todos os arquivos, mas a qualidade e diversidade do material faz valer a pena o esforço.

Quer saber como instalar os pincéis personalizados no ZBrush? Esse vídeo mostra o processo completo, mas é mais simples do que você imagina. Basta copiar os arquivos para a pasta Brushes do ZBrush e os seus pincéis estarão lá a disposição.

Esse recurso é muito importante para todos os interessados em começar a praticar modelagem de personagens 3D, principalmente monstros!

Escultura com ZBrush: Personagens de Dragon Ball Z

A participação em concursos e desafios é sempre algo que recomendo para meus alunos e principalmente para as pessoas que gostariam de adquirir mais prática em determinadas áreas do conhecimento relacionado com computação gráfica 3D. Mas, alguns concursos valem apenas pelo tema e arte produzida. Como na maioria dos casos em que arte está envolvida, a apreciação e observação do material é uma atividade que deve ser considerada. Esse é o caso de um concurso que conheci no início dessa semana e que está acontecendo nos fóruns do ZBrush, e o tema é algo bem peculiar para os fãs de animes: Dragon Ball Z! Sim, o desafio do concurso é simplesmente esculpir personagens do Dragon Ball Z, e existem algumas imagens fantásticas na página do concurso.

Quando o assunto é escultura digital com personagens como os do Dragon Ball Z que foram criados e concebidos em uma época bem diferente da que temos hoje, em termos de desenvolvimento artístico digital é até estranho visualizar os personagens com feições mais realistas. A seguir selecionei duas imagens que mostram bem o que está aparecendo no concurso.

escultura-zbrush-dragon-ball-z-01.jpg

Artista: Bruno Camara

escultura-zbrush-dragon-ball-z-02.jpg

Artista: polydrawer

O resultado desses estudos é uma mistura da capacidade que a escultura digital possui hoje de mostrar e criar modelos 3d com quantidades absurdamente altas de detalhe e realismo, e nas mãos de um artista habilidoso é possível trabalhar muito bem com esse tipo de modelagem. A escultura é o método padrão usado pela maioria das produções que envolvem design de personagens para fazer testes de conceito. Até alguns anos atrás ainda eram feitas esculturas em argila, para depois passar isso em scanners a laser que transportavam a informação para softwares 3d.

Você vai conseguir fazer o download de algum dos modelos 3d esculpidos com o ZBrush? O concurso não obriga os artistas a publicar os arquivos usados para criar as esculturas, mas até agora não encontrei nenhum artista que tenha divulgado o arquivo fonte do ZBrush, mas nunca se sabe.

Esse é o tipo de recurso que não tem relação técnica e sim artística com o ambiente da computação gráfica, e recomendo a todos os interessados em design de personagens, pelo menos uma visita rápida ao tópico do fórum para conferir algumas das imagens. Para os fãs de Dragon Ball Z a visita é obrigatória!

Novas imagens do ZBrush 4 Release 2

Já faz algumas semanas que a Pixologic publicou uma série de imagens sobre o ZBrush 4 Release 2, que é uma atualização para o consagrado software escultura digital que é considerado por muitos artistas 3d, como sendo a melhor opção para gerar modelos 3d com base em escultura. Essa atualização para o ZBrush deve apresentar algumas ferramentas novas e ajustes em outras já existentes. Mas, a mais notável das modificações no Release 2 do ZBrush 4 ao que parece foi a incorporação de técnicas provenientes do Sculptris. Para quem não lembra, o Sculptris é aquele software de escultura revolucionário, que foi criado por apenas uma pessoa e sem fins lucrativos.

O resultado ficou tão bom que a Pixologic acabou comprando o código do Sculptris e lançou a ferramenta sob o seu selo, e agora emprega o criador do software. E não seria surpresa para ninguém, se em alguma atualização do ZBrush o método de escultura do Sculptris fosse usado. A técnica é bem simples, e consiste na subdivisão seletiva de partes do modelo 3d que são esculpidas. Isso deixa o modelo 3d muito mais leve.

Bem, o ZBrush 4 Release 2 com comportamento semelhante ao Sculptris pode ser conferido nesse endereço, que leva diretamente aos fóruns do ZBrush Central.

zbrush-4-release-2.jpg

Além do novo método de escultura, podemos conferir no vídeo novas ferramentas como operações booleanas, e o novo e avançado modo de render chamado de LightCap. Já falei sobre essa atualização do ZBrush em abril, indicando as imagens desse artigo como referência.

Agora é só esperar!

Nova versão do Sculptris disponível para download

A prática em softwares de escultura digital é uma das melhores maneiras de desenvolver as suas habilidades, e conseguir bons resultados nessa área da modelagem 3d. O processo de criação de esculturas é bem diferente do que estamos acostumados na modelagem poligonal, ou mesmo no uso de curvas. Sempre que tenho a oportunidade de abordar esse tipo de técnica nas minhas aulas, aponto como uma das diferenças fundamentais do método de criação, a habilidade artística da pessoa que está criando a escultura. Isso é ao mesmo tempo um convite para pessoas que não tem experiência com softwares 3d a experimentar esse ambiente, mas pode se tornar uma barreira para quem não as habilidades necessárias.

Caso você queira começar a praticar um pouco mais a escultura digital, a minha recomendação além do Blender é instalar o Sculptris, que acabou de ganhar uma excelente atualização, já usando a bandeira da Pixologic. A história do Sculptris é bem interessante e encorajadora, sendo um projeto independente do Dr.Tomas Pettersson o software foi lançado de maneira gratuita na web, sob a justificativa de ser apenas parte dos estudos do autor. Mas, a repercussão do software foi positiva, e a qualidade das ferramentas de escultura eram inegáveis, fazendo com que a Pixologic comprasse o Sculptris e contratasse o autor para a sua equipe. A pixologic para quem não sabe é a empresa responsável pelo Zbrush.

O vídeo abaixo mostra um pouco do que o Sculptris pode fazer em relação a pintura de esculturas digitais, que pode ser usada como referência ou mesmo a textura final de modelos 3d criados no software, e exportados para outras plataformas.

Entre as novidades do Sculptris estão:

  • Suporte ao Mac OS X! Agora o Sculptris pode ser usado por mais usuários e não apenas os que tem Windows.
  • Uso da plataforma GoZ que deixa muito mais simples o envio de esculturas criadas com o Sculptris para o ZBrush.
  • Interface e navegação semelhantes a do ZBrush.

Para saber mais sobre as novidades dessa versão do Sculptris, visite esse endereço.

Agora, a parte que interessa a maioria dos usuários, o software continua gratuito para todos aqueles que se interessam por escultura digital. Portanto, corra agora mesmo e faça do download do Sculptris.