Lightworks: Editor de vídeo gratuito disponível para download

O mercado de softwares para edição profissional de vídeo é bem segmentado, sendo na grande maioria dos casos os pequenos estúdios e produtoras acabam escolhendo entre duas opções que são o Adobe Premiere ou o Final Cut da Apple. Ainda existem outras opções interessantes como o Vegas da Sony, mas a maioria se concentra entre esses dois pólos. Bem, você deve estar lembrado da notícia sobre o lançamento de uma versão de código aberto de um editor de vídeo não-linear chamado de Lightworks. O software estava muito próximo de ser lançado, e como já estava sendo esperado, essa semana a empresa responsável pela manutenção da ferramenta disponibilizou a versão beta do Lightworks de código aberto para download.

Para conseguir fazer o download do software, você precisa se cadastrar no web site da EditShare para ter acesso ao Lightworks gratuito. Por enquanto, apenas a versão do software para a plataforma Windows está disponível, mas no futuro devem aparecer opções para Mac OS X e Linux.

Como é essa versão do software? O vídeo abaixo mostra o processo de download e instalação do Lightworks já funcionando na sua fase open source.

No vídeo podemos visualizar na parte final da demonstração como podemos acionar diversos elementos da interface do Lightworks, como o acionamento de janelas que editam e montam trechos de vídeo. O conceito da interface é um pouco diferente do que encontramos em ferramentas como o Final Cut e Premiere, mas deve ser bem familiar para quem já trabalha com edição de vídeo.

Nesses tipos de softwares o que encontramos é basicamente uma janela com os chamados Assets ou Library, em que ficam agrupados os elementos e trechos dos vídeos usados na montagem. Depois temos a timeline que agrega todos esses trechos de vídeo, podendo ou não considerar o uso de grupos na timeline como as sequências do Adobe Premiere.

Para os que aguardavam a oportunidade de usar um editor de vídeo profissional no windows, aproveitando as vantagens de uma licença de código aberto, o Lightworks acabou com essa espera! A próxima espera será pelo lançamento do software para outras plataformas, incluindo nessa lista o Linux e Mac OS X.

Animação 3d independente: Meet Meline tem trailer divulgado

Uma das coisas que mais vejo nos meus alunos, principalmente os que estão começando a trabalhar com computação gráfica é o desejo de criar uma animação em curta metragem. A maioria deles invariavelmente gostaria de concretizar uma idéia ou conceito em termos de animação. Mas, ao longo do tempo essas idéias acabam ficando um pouco de lado, pois os mesmos alunos conhecem as técnicas de produção e as diversas dificuldades em termos de tempo e esforço, necessárias para concretizar um projeto dessa magnitude.A mesma coisa acontece com os alunos interessados em desenvolvimento de jogos, que nos primeiros dias de aula já tem pretensão de criar jogos no estilo Final Fantasy, com enredos complexos e gráficos de última geração.

Apesar de gostar muito do espírito de iniciativa dos alunos, acabo desencorajando um pouco eles com a realidade. Mas, acho que seria crueldade iludir os alunos com a idéia de que esse tipo de projeto poderia ser realizado com poucos recursos financeiros e esforço. Sempre que recebo esse tipo de pergunta, acabo mostrando alguns ótimos exemplos de pessoas que conseguiram produzir de maneira independente uma animação de alto nível, sendo que uma das última produções a ganhar destaque se chama Meet Meline.

Essa é uma animação que está sendo produzida por um casal de artistas 3d chamados Sebastien Laban e Virginie Goyons. Desde 2006 que o projeto dessa animação está sendo produzida por eles, nas horas vagas e em feriados. Já são quase três anos de produção, para que o primeiro trailer fosse lançado agora! Antes de continuar falando sobre a animação, assista ao Trailer:

Como é evidente pela qualidade da animação e dinâmica dos personagens e cenários, o tipo de modelagem e composição usados na animação são de alto nível. A experiência da equipe envolvida ajuda muito, pois ambos são profissionais de animação e efeitos especiais em estúdios na França.

Se você quiser saber mais sobre a animação, assim como fazer o download de mais material sobre a animação, recomendo visitar essa página na CG Society, em que o Sebastien vêem atualizando como um blog da produção. Lá podemos encontrar links para vídeos e outros materiais relacionados à produção do Meet Meline.

Qual o software foi usado para criar a animação? Eles usaram o Autodesk Maya, Autodesk Combustion e Adobe Premiere, para criar o projeto, mas a parte de software é pouco abordada na criação do projeto. Além dos exemplos de criação visual, o verdadeiro ouro do projeto está na análise das fases da produção. Repare que na página da CG Society existe até mesmo um fluxograma explicando as diversas fases de produção. Do ponto de vista de professor, posso dizer que esse tipo de material é riquíssimo e pode clarear as idéias das pessoas que ainda não tem uma visão gera do processo de criação.

O tempo total da animação é de 6 minutos, mas até agora apenas o trailer foi divulgado. Portanto, só nos resta esperar e torcer para que o projeto seja finalizado e que a equipe continue lançando materiais e dicas, sobre como foi possível chegar até a composição final da animação. Como esse projeto é independente, nada impede que os autores abandonem tudo e deixem o projeto inacabado. Mas, acredito que esse não será o caso.

Para saber mais sobre o Meet Meline, visite o web site oficial do projeto.