Tutorial Blender: Animação com texturas e bibliotecas externas

O Blender possui recursos interessantes para trabalhar com bibliotecas externas e animações usando texturas que muitos usuários atualmente não conhecem. Uma das motivações que sempre levo em consideração para gravar um tutorial qualquer no meu canal do Youtube é a utilidade do recurso apresentado, e nesse sentido a animação com texturas e o uso de bibliotecas externas são dois dos recursos mais úteis do software! É por isso que estou recomendando no artigo de hoje, que faz referência a dois tutoriais publicados no meu canal recentemente, o uso de dois recursos muito importantes do Blender.

No primeiro vídeo você aprende a trabalhar com animação de texturas no Blender que é um recurso muito usado em produções profissionais, pois permite economizar muito poder de processamento na renderização pois tira a responsabilidade de criar movimento da deformação de polígonos e permite gerar animações apenas com a transição de imagens. O Blender possui um modo especial de pintura de textura que pode ser acessado na janela UV/Image editor e no tutorial a seguir você aprende a usar essa ferramenta para animação.

A animação de texturas só é possível graças a possibilidade de animar qualquer coisa no Blender, que foi apresentada na versão 2.5.

O próximo tutorial é igualmente importante e ajuda a explicar como funciona dentro do Blender o sistema de reuso de recursos externos, por meio de bibliotecas. Você já usou o Append e Link do Blender? Esses são recursos importantes para qualquer artista 3d que pretende trabalhar com o uso de bibliotecas de objetos, materiais e outros elementos. Por exemplo, você já pensou como seria mais produtivo ter que configurar materiais e texturas apenas uma vez? E depois ir apenas trazendo esses materiais de outros arquivos para outros projetos? Isso é possível com o Blender, e para descobrir como trabalhar nesse tipo de ferramenta você pode assistir o tutorial a seguir.

A técnica é muito útil e importante para qualquer pessoa interessada em otimizar o seu trabalho com o Blender, e utilizar novamente vários recursos de modelagem e animação outras vezes.

Com o uso das duas técnicas apresentadas nesses tutoriais, você terá muito mais recursos para acelerar a produção dos seus projetos. Se você já assistuiu aos tutoriais no passado, não custa nada lembrar novamente como funcionam as técnicas.

Biblioteca gratuita de materiais para Blender Cycles

A configuração de materiais em renderizadores diferentes sempre acaba sendo parte do aprendizado relacionado ao software. Por exemplo, quando usamos o renderizador interno do Blender é possível configurar os materiais usados no render com diversos parâmetros e opções, mas quando o renderizador é alterado para o Blender Cycles, praticamente todas as opções existentes nos materiais acabam mudando. Isso é perfeitamente comum e necessáiro, pois dependendo do software usado a coisa muda muito de figura em relação as opções existentes no render. Como muitas pessoas ainda não tem muita experiência no ajuste de materiais usando o Blender Cycles, possuir uma biblioteca de materiais é sempre interessante para aprender os ajustes necessários para criar superfícies como metais, pedras e outras.

Para quem ainda está aprendendo o Cycles ou gostaria de adicionar algumas configurações novas em relação aos materiais a sua biblioteca, existe uma excelente biblioteca de materiais gratuitos para o Cycles, disponível para download no BlendSwap. Esse é um site que permite compartilhar arquivos de projetos realizados com o Blender, sendo que a grande maioria é disponibilizada com uma licença creative commons. A licença do arquivo dessa biblioteca é creative commons zero, o que significa que você pode usar o arquivo para qualquer coisa, inclusive para fins comerciais e sequer precisa citar o autor. O download no BlendSwap só é permitido mediante cadastro, portanto você precisa se registrar para conseguir ter acesso ao arquivo.

A melhor maneira de usar esse arquivo é por meio da opção Append ou Link do Blender, em que podemos trazer objetos e informações de outros arquivos do Blender para dentro do seu projeto. Ainda não sabe como o Append e Link do Blender funcionam? Assista ao tutorial abaixo para descobrir!

O recurso é muito bom e deve ajudar inclusive as pessoas que estão participando do meu curso sobre renderização avançada com Blender Cycles, que apesar de ter uma aula própria sobre materiais com o Cycles, não possui nenhum link ou recurso como essa biblioteca. Estou adicionando hoje mesmo o link para esse material como um dos recursos do curso, que ensina a renderizar cenas usando o Blender Cycles no Blender desde o princípio!

Biblioteca gratuita de figuras humanas para perspectivas

A criação de perspectivas para apresentação de projetos é uma das aplicações mais comuns dos softwares 3d dentro do mercado da construção civil. A possibilidade de mostrar como será determinada edificação ou empreendimento para potenciais compradores ajuda muito a vender mais, e isso justifica o investimento que as empresas acabam fazendo na produção de imagens em 3d, animações e material multimídia. Mas, existe um grande problema nesse tipo de criação que é a falta de percepção de algumas pessoas em relação a leitura de imagens.

O problema está relacionado com a dificuldade que algumas pessoas possuem de associar as formas presentes em imagens renderizadas e até mesmo fotografias, com o seu espaço real. A escala fica prejudicada nesse tipo de situação se não existirem referências familiares para as pessoas que estão observando. Para ajudar a reduzir esse problema, podemos adicionar as chamadas escalas humanas nas renderizações, que nada mais são do que modelos 3d de pessoas ou então texturas aplicadas em planos que se integram com a visualização da cena.

A mesma técnica é usada algumas vezes para adicionar vegetação e também veículos em cenas 3d, pois o uso de texturas deixa o render muito mais rápido já que não são adicionados polígonos extras na cena. Esse tipo de imagem é chamada de cutout, pois o contorno dos objetos já está definido e com pixels transparentes prontos para aplicação em planos para usar na renderização.

Download de biblioteca de texturas com figuras humanas

O problema desse tipo de solução é que precisamos criar as nossas texturas usando essa técnica, ou ter acesso a bibliotecas de imagens já especialmente preparadas para esse tipo de tarefa. Se você estava procurando uma biblioteca desse tipo para usar nos seus projetos, recomendo uma visita ao site da Xoio, que lançou a sua terceira coleção de texturas de pessoas em formato cutout prontas para uso.

download gratuito figuras humanas

Essa é uma coleção totalmente gratuita e que deve ajudar bastante na criação de perspectivas humanizadas. Os arquivos estão todos salvos no formato TIF com canal alpha, e para conseguir visualizar esse tipo de efeito é preciso um software capaz de ler esse formato. A vantagem do formato é que o mesmo suporta compressão Lossless que não exclui informações dos arquivos.

Download gratuito de móveis para banheiro no Blender

A criação de uma boa biblioteca de modelos 3d para uso imediato em ferramentas como o Blender é de extrema importância para qualquer artista. Na maioria das situações a criação de projetos para arquitetura envolve a “construção” de elementos estruturais como paredes, esquadrias e coberturas que fazem parte da morfologia geral do projeto. Isso é de responsabilidade do artista e dificilmente poderia ser criado com base em elementos oriundos de bibliotecas. Mas, depois que tudo isso está devidamente criado, é preciso ainda adicionar elementos nos projetos para criar a chamada ambientação.

Esses elementos são compostos por pequenos objetos como talheres, vasos, tapetes e móveis em geral. Para fins comerciais, uma imagem sem esses elementos não tem muita utilidade por não mostrar um possível resultado final do projeto, e também por não passar a devida sensação de escala para quem está obersvando a imagem. É apenas comparando a escala de objetos conhecidos por todos como um sofá de dois lugares, que podemos ter a real sensação de escala e tamanho de um ambiente.

Um excelente fonte de modelos 3d para uso em projetos no Blender é o chamado BlendSwap, que é uma comunidade de artistas que compartilham modelos 3d de maneira gratuita, geralmente licenciados em Creative Commons inclusive para uso comercial, bastando para isso mencionar o nome do autor.

Essa semana encontrei um conjunto bem completo e com excelente nível de detalhamento criado por um usuário chamado JOSEPETRI que mostra uma pia com armários para banheiro. A imagem de exemplo renderizada mostra como ficaria o modelo 3d sendo representado dentro do Cycles.

 Móveis para banheiro no Blender

Para fazer o download do modelo 3d, você precisa ter uma conta no BlendSwap que é totalmente gratuita. Sempre que você encontrar esse tipo de material para download no BlendSwap, procure armazenar o link para o modelo 3d e monte a sua biblioteca de objetos e móveis para uso em projetos de arquitetura, pois esse tipo de recurso acelera em muito a produção de imagens.

Como modelar para arquitetura no Blender?

E para aprender a modelar para arquitetura com o Blender, recomendo uma visita ao curso de modelagem para arquitetura do EAD – Allan Brito, em que você aprende a criar exatamente os elementos estruturais que mencionei no início desse artigo.

Curso de modelagem para arquitetura com Blender: Aula 06 disponível

O curso de modelagem para arquitetura com Blender está recebendo mais uma atualização essa semana com a sexta aula sendo publicada. O tema principal da aula 06 é o uso de bibliotecas externas de móveis e objetos para contextualizar e adicionar em projetos de visualização para arquitetura. Esse é um tema bem interessante e que gera muitas dúvidas entre artistas 3d e usuários que precisam aproveitar muitos objetos externos em projetos no Blender. Mas, apesar de existirem diversas opções de bibliotecas com mobiliário que pode ser aproveitada em projetos de visualização no Blender, é interessante conhecer as técnicas de modelagem para criar seus próprios objetos.

Por isso, um dos temas da aula 06 é a criação dos seus próprios modelos 3d de móveis e objetos. Como o curso é focado na modelagem 3d para arquitetura, as aulas anteriores já contemplaram diversos exemplos e técnicas de criação dos mais variados elementos. Os participantes do curso acabam conhecendo maneiras de aplicar essas técnicas em elementos com escalas mais reduzidas, como luminárias.

Um dos exemplos abordados nessa aula é a modelagem de uma luminária do tipo ARCO que é muito usada nos mais variados projetos de arquitetura. A luminária foi escolhida como exemplo, pois é necessário usar várias ferramentas para criar a sua representação em 3d com o Blender. É necessário fazer uso de ferramentas como o Spin do Blender para gerar as partes curvas, e técnicas de modelagem como a criação de partes vazadas arredondadas na sua base, que envolvem mais a organização dos polígonos do que ferramentas de modelagem.

modelagem-arquitetura-Blender-aula-06.jpg

No final o vídeo acabou ficando meio longo com quase 19 minutos de duração para esse objetos em particular, mas o resultado ficou muito bom.

Para quem já está inscrito no curso de modelagem para arquitetura com Blender, os vídeos já estão disponíveis na aula 06 e até o próximo sábado, os outros vídeos dos demais objetos devem estar disponíveis.

As próximas duas aulas do curso focam no uso de imagens como base para modelagem, aproveitando os chamados mapas de displace e mapas normais para adicionar detalhes em modelos 3d na aula 07, e a aula 08 consiste no projeto final de visualização. Esse projeto será uma edificação de vários pavimentos totalmente modelada no Blender.

A previsão é que essas aulas estejam publicadas até a metade da próxima semana. Depois que as duas últimas aulas forem publicadas, o material ficará disponível para consulta dos participantes do curso.

Aproveitando o artigo, gostaria de deixar claro que a limitação do tempo de acesso aos cursos que antigamente era de 30 dias, e agora está em 90 dias ainda não está sendo usada. Todos que se inscreveram nos cursos até hoje, continuam com o acesso ao material. Assim como já havia explicado antes, esse tempo era uma garantia para o tempo de acesso ao material. Por exemplo, caso eu desistisse de oferecer os cursos, esse seria o tempo de acesso garantido no site para os inscritos nos cursos.

Como não tenho planos de deixar de publicar as aulas e os cursos, estou prolongando o tempo de garantia de acesso, que muito em breve deve passar para 180 dias.

Inscrições no curso de modelagem para arquitetura com Blender

Se você quiser se inscrever no curso de modelagem para arquitetura com Blender, basta visitar a página do curso e usar um dos botões na parte inferior da página para se inscrever. As pessoas que já participam de outros cursos que requerem inscrição no site, podem se inscrever com desconto. Para isso é necessário usar os botões localizados dentro dos cursos na coluna da direita.