Download gratuito do AutoCAD 2014

Já faz um bom tempo que não menciono absolutamente nada sobre o AutoCAD aqui no blog, mas atendendo aos diversos pedidos que recebo por e-mail estou novamente comentando sobre o lançamento da linha 2014 da Autodesk, e começando pelo software mais popular em termos de desenho técnico, pelo menos no Brasil. E quero deixar bem claro que menciono ser o mais popular, mas não necessariamente o melhor ou mais eficiente. O AutoCAD foi por muito tempo uma das poucas opções para quem estava começando a trabalhar com desenho técnico no computador, e acabou ganhando uma incrível base de usuários.

Ainda me recordo que na faculdade os alunos do curso de arquitetura foram “doutrinados” no AutoCAD desde os primeiros períodos, e ainda hoje muitas pessoas me procuram querendo informações sobre cursos relacionados com o AutoCAD, pois foi recomendação do professor na faculdade. Hoje o mercado está muito mais fragmentado e com opções muito boas, algumas até mesmo gratuitas.

AutoCAD 2014

A Autodesk anunciou junto com uma nova identidade visual para a empresa a sua linha de softwares 2014, e o AutoCAD apareceu com algumas novidades interessantes para os usuários da ferramenta. Aqui estão algumas dessas novidades e informações:

  • O formato DWG é o mesmo do 2013
  • Até agora o AutoCAD 2014 está disponível para Windows, mas não houve menção ao AutoCAD para Mac
  • Agora temos um corretor ortográfico para a linha de comando! Por exemplo, ao digitar TIRM ele corrige para TRIM
  • O usuário pode receber sugestões de comandos com base no uso do AutoCAD na linha de comando
  • Você pode procurar mais informações na web sobre um comando, diretamente pela linha de comando
  • Ao digitar o nome de um bloco, você pode associar o comando INSET diretamente ao nome do bloco
  • É possível alterar o tipo de link usado para múltiplos Xrefs de uma só vez

Download gratuito AutoCAD 2014

Essas são apenas algumas das novidades relacionadas com o AutoCAD 2014. A lista completa de atualizações pode ser conferida nesse endereço na Autodesk.

Download gratuito do AutoCAD 2014

Mas, como é possível fazer o download gratuito do AutoCAD 2014? Para fazer esse download você tem duas opções:

Mas, só lembrando que a opção do download pelo programa educacional requer que você seja estudante ou professor em alguma instituição de ensino, e o uso do software deve ter fins estritamente educacionais.

AutoCAD 2013

As tecnologias para quem trabalha com desenho técnico estão evoluindo muito bem com o tempo, e hoje temos a disposição excelentes ferramentas usando BIM para facilitar a criação de modelos 3d e projetos para arquitetura, usando informações sobre os elementos para gerar o projeto. Apesar desses avanços em termos de tecnologia, ainda existe espaço para métodos de trabalho baseados em desenho em CAD mesmo, usando sistemas de modelagem 3d como apoio apenas para ilustrar os aspectos técnicos e morfológicos dos temas dos projetos.

Em termos de desenho técnico usando CAD, um nome que é forte no mercado é o do AutoCAD. E seguindo a sua tradição de lançar atualizações de maneira constante no mercado, a Autodesk já disponibilizou o AutoCAD 2013 para seus clientes no Japão, e deve expandir a oferta para outros países para breve.

Quais as novidades do AutoCAD 2013?

Entre as novas ferramentas do AutoCAD 2013, podemos destacar algumas bem inusitadas. Existe a integração com redes sociais nesse AutoCAD, permitindo que os usuários publiquem imagens dos seus projetos criados no AutoCAD 2013 em redes sociais com o Facebook e Twitter.

A lista completa de novos recursos do AutoCAD 2013, pode ser conferida nesse endereço que teve acesso antecipado ao software.

AutoCAD-2013.jpg

Outro recurso em destaque é a integração com o Autodesk Cloud, permitindo que os usuários armazenem seus projetos remotamente nos servidores da própria Autodesk, com opções também para compartilhamento.

Uma série de recursos também permitem criar pequenas vistas dos elementos do projeto como cortes e detalhes (Cross section and details view) que ajudam bastante, principalmente quando partes do projeto necessitam de ilustrações extras.

Download do AutoCAD 2013

Como mencionei no início do artigo, o AutoCAD 2013 foi lançado inicialmente pela Autodesk do Japão e deve expandir a sua disponibilidade para outras partes do mundo em breve. Assim que o mesmo estiver na página da Autodesk, aviso aqui no blog sobre a possibilidade de fazer o download do software. E para os que utilizam a plataforma educacional da Autodesk, podem ser necessários mais alguns dias até que estudantes e professores possam fazer o download gratuito do AutoCAD 2013.

Essa versão inicialmente será apenas para o Windows. Precisamos aguardar pela atualização própria para o AutoCAD em Macs.

Atualização: Nesse endereço você encontra mais novidades sobre o AutoCAD 2013.

Tecnologia para integrar AutoCAD e 3ds max para arquitetura

A criação de maquetes eletrônicas para arquitetura sempre inicia com um projeto que geralmente é oriundo de softwares de CAD como o AutoCAD. Ainda me lembro das primeiras vezes em que precisei criar uma maquete eletrônica ainda na faculdade, e depois de algumas horas tentando trabalhar com o 3d studio Max 2, isso era na segunda metade dos anos 90, desisti de tentar criar alguma coisa que tivesse um mínimo de precisão e passei logo para o AutoCAD. E ainda hoje a coisa não é diferente, e mesmo sabendo que é perfeitamente possível trabalhar com dimensões e medidas na modelagem poligonal para arquitetura, ainda é tentadora a possibilidade de usar um software de CAD para elaborar os modelos 3d.

Um dos meus primeiros trabalhos na área de computação gráfica era exatamente a finalização de projetos arquitetônicos oriundos na maioria das vezes do AutoCAD. Portanto, a experiência de importar arquivos em DWG para o 3ds Max ainda é bem comum para mim, como o fato de organizar os objetos já em camadas pensando na divisão resultante no 3ds max.

Integrando o AutoCAD com o 3ds max para arquitetura

A Autodesk está com um projeto muito interessante para os usuários e artistas que ainda utilizam o processo de criação para arquitetura começando no AutoCAD e terminando no 3ds max. O nome do projeto é AutoCAD Quick Send to 3ds Max e a sua proposta é bem simples, consistindo em uma maneira rápida de enviar arquivos do AutoCAD para o 3ds max.

Os vídeoa abaixo mostram um pouco de como funciona essa tecnologia:

Você pode fazer o download gratuito dessa extensão para o AutoCAD de maneira gratuita no site do projeto, e a Autodesk garante o seu funcionamento até o dia 1 de Março de 2012. Portanto, corra e garanta a sua cópia!

Modelagem 3d para arquitetura

Uma dica interessante para quem ainda está começando seus projetos em softwares de CAD, é que hoje já existem inúmeras ferramentas de precisão para a modelagem poligonal em ferramentas como o 3ds max, Maya, Blender e outros. A vantagem em criar os modelos para arquitetura no próprio software em que você vai finalizar e renderizar a cena, até para ter facilidade na aplicação de materiais e texturas, e controle total sobre mapas UV e outros detalhes.

AutoCAD pode receber simulações físicas com Nucleus do Maya

A utilização de recursos para criação de animações baseadas em física sempre foi um diferencial para a maioria dos softwares, e nas chamadas suítes 3d isso é praticamente obrigatório. Todas as ferramentas que trabalham com animação 3d de maneira generalista oferecem meios para gerar simulações de Rigid Body Dynamics, Fluidos ou Soft Bodies. Mas, já pensou usar isso em softwares de CAD como o AutoCAD? Esse é um dos projetos que estão em desenvolvimento no Autodesk Labs como prova de que esse tipo de sistema pode ser útil no design de elementos para projetos.

O sistema adotado pela Autodesk é nada mais que o Nucleus, que é a base dos sistemas de física do Maya. Se você já teve curiosidade de usar o Maya e testou sua parte de simulações baseadas em física, deve ter percebido que existem duas versões do sistema de partículas, fluidos e vários tipos diferentes de módulos para animação. Existem as particles e as nParticles. A letra “n” identifica exatamente o uso do módulo Nucleus.

AutoCAD usando física para realizar design de objetos

O resultado dessa aplicação? O vídeo abaixo mostra bem o resultado do uso desse tipo de tecnologia para ajudar a criar elementos visuais. No caso de áreas como design de produto, será possível adicionar aos modelos 3d criados no AutoCAD, elementos como tecidos e outras tipologias que possam receber deformações com base em física.

No vídeo é possível assistir a simulação de tecidos, usando uma tecnologia muito parecida com que é usada no nCloth do Maya.

O resultado desse tipo de tecnologia dentro do AutoCAD apresenta inúmeras possibilidades de design para qualquer tipo de profissional, que demande trabalhar com elementos realistas. Por exemplo, o design de mobiliário no AutoCAD deve receber uma boa melhoria na visualização, com a possibilidade de trabalhar na simulação de tecidos e outros elementos, adicionando realismo as peças em 3D.

Como conseguir esse tipo de tecnologia para testar? Aos interessados em testar o AutoCAD com simulações baseadas em física, será preciso uma visita ao site do Nucleus no Autodesk Labs. Depois de se cadastrar e fazer o download, você pode aproveitar o recurso de maneira gratuita até Abril de 2012.

Tutorial de modelagem com AutoCAD: Comando REVOLVE

Uma das características da modelagem 3d nos mais variados softwares hoje em dia é o compartilhamento de conceitos e procedimentos relacionados com modelagem. Sempre que posso comento isso nas minhas aulas, seja presencialmente ou online, que uma vez conhecidas as ferramentas de modelagem de um software, podemos adaptar os conhecimentos em outras ferramentas. Esse é o caso do AutoCAD com o seu comando chamado REVOLVE, que funciona de maneira muito semelhante ao que encontramos em outros softwares como o 3ds Max no modificador Lathe.

Como funciona o REVOLVE no AutoCAD para modelagem 3d?

O comando REVOLVE do AutoCAD é uma ferramenta de modelagem 3d, e que gera sólidos em três dimensões, portanto ela não deve ser usada se o seu objetivo for apenas trabalhar com desenho 2D. O princípio de funcionamento do REVOLVE é simples, e consiste na criação de uma curva que funciona como perfil para a modelagem, e com o REVOLVE podemos girar essa curva em um determinado eixo. A ação de girar a curva acaba dando origem a superfície do modelo 3d.

O vídeo abaixo mostra muito bem, e de maneira simples, como funciona o REVOLVE no AutoCAD:

No tutorial o autor faz o perfil de uma taça com linhas no AutoCAD e usando outra linha auxiliar que funciona como referência para o eixo de rotação do REVOLVE. O resultado é um sólido geométrico semelhante a uma taça. O interessante dessa técnica é que o procedimento pode ser repetido usando o modificador Lathe do 3ds Max ou o Spin do Blender, e os resultados seriam muito parecidos.

Apesar de não ser o melhor tipo de objeto para trabalhar com modelagem, os sólidos são velhos conhecidos dos usuários do AutoCAD, pois no caso desse tipo de software de CAD a maioria das ferramentas de modelagem gera esse tipo de objeto. No AutoCAD ainda é possível realizar modelagem usando superfícies que são muito difíceis e trabalhosas de gerenciar, pois demandam controle no nível de pontos e interseções entre objetos.

Caso você esteja aprendendo a modelar em 3d no AutoCAD, pode usar esse tutorial em vídeo sobre o comando REVOLVE para desenvolver um pouco mais as suas habilidades com o AutoCAD.