Mapas de displace: Guia de utilização

Os chamados mapas de displacement são uma ferramenta extremamente importante dentro do universo de ferramentas disponíveis para modelagem 3d. Com esse tipo de mapa, que nada mais é do que uma imagem, podemos adicionar detalhes em objetos com base apenas nas tonalidades existentes nessa textura. A vantagem do mapa de displacement é que o resultado desse tipo de edição nos objetos é geometria real, o que facilita muito o seu uso em situações em que os modelos 3d estão próximos da câmera. O observador vai perceber que os detalhes são reais, o que faz a técnica ser muito melhor para esse tipo de situação do que os chamados mapas normais, também conhecidos como mapas de bump.

Esse tipo de mapa de displace é especialmente importante nos casos em que usamos softwares especializados em escultura digital, pois com o auxílio desses mapas podemos trabalhar a exibição correta dos detalhes desses objetos esculpidos em outros softwares 3d.

Mas, você sabe usar os mapas de displacement? Um artista chamado Akin Bilgic publicou um guia sobre mapas de displacement no seu web site que pode ajudar muitos usuários e artistas que baseiam seu trabalho em escultura. O guia mostra o procedimento para gerar e aplicar mapas de displacement, saindo do ZBrush ou Mudbox para softwares como o 3dsmax e Maya.

Guia sobre uso de mapas de displacement em modelagem 3d

O mais interessante do guia é que o artista faz uma detalhada explicação sobre todo o processo, adicionando inclusive detalhes técnicos sobre cada um dos elementos que fazem parte do mapa de displace. Essa parte do guia é especialmente interessante para quem está precisando de referências ou pesquisa relacionada com o tema, ou gosta de conhecer o que acontece com cada ferramenta com informações um pouco mais técnicas.

Além das informações técnicas do guia, é possível também encontrar todos os passos necessários para otimizar e criar o mapa de displacement na parte inferior do texto. O autor até mesmo fez um modo de seleção em que podemos marcar workflows diferentes. Por exemplo, a saída do modelo como o ZBrush e a chegada do arquivo no 3dsmax usando o V-Ray para renderiação. O guia é fundamental para todos trabalhando com escultura!

 

Retopologia com o 3ds Max em modelos do ZBrush

O resultado final da modelagem 3d poligonal é uma malha 3d formada por diversas faces, arestas e vértices. A organização desses elementos para formar o modelo 3d é chamada de topologia. Em algumas situações particulares, precisamos recorrer a processos de retopologia para modificar completamente a estrutura poligonal de um determinado objeto, geralmente para reduzir o número de polígonos. Esse tipo de situação é muito comum quando os artistas 3d produzem a base dos modelos em ferramentas como o ZBrush, que por serem softwares destinados a escultura, acabam gerando malhas 3d com formas orgânicas, mas que quando são convertidas para polígonos, resultam em centenas ou milhares de pequenas faces.

Isso dificulta bastante o processo de animação e deformação dessas malhas usando bones. Para evitar problemas e facilitar a animação, é preciso recorrer a retopologia. O processo pode ser realizado com as mais diversas ferramentas e dependendo do objeto e nível de detalhes desejado no modelo 3d, pode ser bem demorado de finalizar.

Retopologia no 3ds Max de modelos do ZBrush

O tutorial abaixo mostra um exemplo de como podemos realizar o processo de retopologia no 3ds Max, usando como base um modelo 3d importado do ZBrush.

Como podemos perceber pelo vídeo que mostra muito bem a enorme densidade da malha desse personagem, a retopologia é mais do que necessária para facilitar até mesmo a manipulação e ajustes de partes do modelo 3d.

O processo de retopologia pode ser trabalhos, pois o artista precisa acompanhar a distribuição das novas arestas e faces do modelo 3d, e esse tipo de atenção requer um ritmo de trabalho mais lento. Pelo menos a parte mais complicada que é a concepção do modelo 3d já está pronta, precisamos apenas adicionar os elementos necessários para criar uma nova geometria.

No 3ds Max existem ferramentas próprias para a retopologia que são usadas pelo autor do vídeo para ajudar no processo. Para quem trabalha com modelagem de personagens, o processo de retopologia deve ser muito bem entendido para que o resultado do seu trabalho acabe resultando em modelos 3d fáceis de manipular e animar. Caso contrário, mesmo que você tenha muita habilidade com o ZBrush ou MudBox, sempre será necessário recorrer a outros artistas para finalizar os seus projetos.

177 tutoriais em vídeo gratuitos sobre escultura com ZBrush

A escultura digital é uma das técnicas mais usadas para gerar modelos 3d com grande nível de detalhamento, pois permite trabalhar com a criação de elementos que seriam difíceis de elaborar usando apenas as técnicas tradicionais de modelagem 3d poligonal. Entre os softwares que trabalham com esse tipo de técnica existem dois destaques no mercado que são o ZBrush e o Mudbox, que concorrem pela preferência entre artistas 3d. A minha preferência pessoal sempre foi pelo ZBrush, pois acredito que o seu método de trabalho e ferramentas de modelagem são mais amigáveis que as do Mudbox. Apesar de gostar muito do ZBrush, a ferramenta é um pouco difícil de ensinar e abordar em aulas sobre modelagem, pois a escultura é uma das poucas técnicas em que é importante ter proficiência artística.

Qualquer tipo de experiência passada em escultura ou modelagem com argila, pode ser muito importante para que seja possível criar elementos mais elaborados no ZBrush. É por esse motivo que qualquer pessoa interessada em desenvolver habilidades no software, precisa dedicar um pouco mais de trabalho a prática da escultura. Nada melhor do que um bom conjunto de tutoriais para ajudar nesse processo de aprendizado, e hoje descobri uma excelente fonte de tutoriais sobre ZBrush.

Os tutoriais são um conjunto de 177 vídeos que foram compilados pelo usuário do Youtube cannedmushrooms e podem ajudar significativamente no processo de aprendizagem do ZBrush. Abaixo você pode conferir um desses vídeos que é parte dos tutoriais disponíveis na coleção:

Além de ser uma extensa fonte de informações sobre o ZBrush, o conjunto de tutoriais é interessante pois vários deles fazem parte de conjuntos de tutoriais longos, que abordam a escultura digital de personagens completos, desde o princípio quando são apenas primitivas geométricas simples, ou mesmo modelos 3d em Low Poly, e perfazem todos os passos necessários para criar modelos 3d mais sofisticados.

Uma coisa que ajuda bastante no aprendizado desse tipo de ferramenta é a repetição de padrões para conseguir detalhamentos diferentes, e nesse tipo de situação é difícil ser menos repetitivo do que uma lista com mais de 150 vídeos! Se você já teve pretensão de aprender a usar o ZBrush, essa pode ser a oportunidade que estava faltando, pois informação é o que não falta.

Modelos humanóides gratuitos para escultura digital no ZBrush

O trabalho de modelagem 3d voltado para design de personagens virtuais passa por softwares especializados em escultura digital como o ZBrush ou Mudbox, devido a facilidade e flexibilidade que esses sistemas acabam oferecendo em termos de liberdade criativa. A prática da escultura digital pode ajudar muito um artista a conseguir criar formas orgânicas complexas e que seriam difíceis de conseguir usando apenas modelagem poligonal. Para quem nunca tentou trabalhar com esse tipo de modelagem 3d, o procedimento recomendado para criar esse tipo de modelo envolve geralmente a criação de um objeto poligonal simples que depois é esculpido. Por exemplo, um personagem tem a estrutura do seu corpo criada usando polígonos que é depois exportada para o ZBrush e trabalhada com as ferramentas e pincéis de escultura.

Um dos problemas para os artistas iniciantes nesse tipo de tecnologia é conseguir material como esses modelos padrão para trabalhar com exercícios de escultura. Por exemplo, um busto humanóide sem grandes detalhes para fazer experimentos no ZBrush ou qualquer outra ferramenta de escultura.

Se você é usuário do ZBrush e gostaria de fazer o download de alguns modelos 3d de referência para esse tipo de exercício de modelagem, um artista chamado lawndart publicou no fórum ZBrushCentral cinco modelos baseados em polígonos de personagens humanóides para experimentos e exercícios de modelagem baseada em escultura. Os arquivos foram criados no Cinema 4D e estão salvos no formato ztl do ZBrush.

modelo-escultura-zbrush.jpg

Um dos personagens é baseado em design de humanódes alienígenas e os outros são variações de seres humanos. Por exemplo, temos um rosto humanóide completo e outro sem as orelhas e nariz para que o artista possa começar projetos de design para personagens nessas características.

Com esse tipo de material o processo de design e modelagem usando ferramentas de escultura tipo o ZBrush fica extremamente simples em termos de preparação, pois é possível se focar apenas no funcionamento do software e não mais na criação de um modelo base para que seja então possível trabalhar na criação de personagens 3d. Mesmo assim, ainda é interessante ter um pouco de prática com escultura para conseguir bons resultados no ZBrush. Claro que saber o software é fundamental, mas a escultura digital é o tipo de modelagem que demanda um pouco de aptidão artística que pode ser deixada de lado na modelagem baseada em polígonos.

Design de personagens virtuais e modelagem

Quer desenvolver as suas habilidades em modelagem 3d e escultura? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos online que ajudam nessa tarefa:

Sculptris: Software gratuito de escultura digital

A escultura digital é uma categoria da modelagem 3d que exige muito dos artistas 3d, principalmente no que se refere a habilidade e experiências prévias com sistemas de escultura tradicionais. Na modelagem poligonal ou baseada em curvas como o NURBS, podemos passar para uma abordagem mais técnica que gera excelentes resultados. Mas, quando o tema é escultura não tem solução, esse tipo de habilidade no manejo e decisão de quando e onde a superfície deve ser editada é fundamental. Para os que gostam de escultura e pretendem se especializar, existem diversas opções de softwares com opções avançadas como o ZBrush e MudBox, ou mesmo o Blender com seu poderoso módulo de escultura.

Se você quiser praticar a escultura digital, mas não tem interesse em dedicar tempo e dinheiro para adquirir uma licença do ZBrush ou MudBox ou aprender o funcionamento do Blender, acabou de ser lançada uma solução totalmente gratuita dedicada a escultura digital. O software chamado de Sculptris é um Freeware que pode ser copiado e usado sem custo algum.

Esse software foi desenvolvido por uma pessoa chamada Tomas Petterson tendo como objetivo apenas a chance de criar uma ferramenta de escultura no seu tempo livre, e sem nenhum tipo de iniciativa para competir com ferramentas mais desenvolvidas ou mesmo comercializar o software.

O vídeo abaixo mostra um pouco do do que o Sculptris pode fazer em termos de escultura digital:

Um ponto negativo para o Sculptris é que o software está disponível apenas para sistemas Windows de 32 bits.

Na demonstração podemos perceber a simplicidade da ferramenta, o que deve agradar muito as pessoas com pouca ou nenhuma experiência com a escultura digital, mas deve frustrar os usuários avançados acostumados com as facilidades de softwares especializados nesse tipo de tarefa. Encare o uso do Sculptris como uma opção rápida e de aprendizado para desenvolver as suas habilidades com ferramentas de escultura. Uma coisa que pode ajudar muito nesse tipo de atividade é o uso de uma mesa digitalizadora, que pode deixar o processo de escultura mais natural.

Mesmo sendo simples e disponível apenas para a plataforma Windows, o Sculptris é uma ótima opção para artistas com pouca experiência e que desejem trabalhar com mais esse tipo de modelagem.