Modelos 3d gratuitos de obras referência em arquitetura

Uma das melhores maneiras de aprender a trabalhar com modelagem 3d é por meio da prática, e para conseguir chegar nesse estágio é preciso encontrar referências para a modelagem desses objetos e personagens. Isso se aplica a qualquer software 3d seja o Blender, SketchUp, 3dsmax ou Maya. Os artistas 3d iniciantes devem procurar por referências dentro do ecossistema do software usado para localizar personagens, veículos ou outros modelos 3d diversos.

Os usuários do Blender e do SketchUp possuem uma grande vantagem nesse tipo de situação, pois ambos os softwares apresentam comunidades de usuários bem razoáveis, que disponibilizam arquivos 3d de maneira totalmente gratuita para fins educacionais e até comerciais. Veja o caso do Blend Swap que é uma grande comunidade de usuários do Blender que compartilham modelos 3d sob uma licença creative commons. Essa semana mesmo encontrei dois modelos 3d de edificações clássicas para minhas aulas de modelagem para arquitetura, que prontamente marquei para recomendar aos meus alunos como referência na modelagem.

Os projetos são o Pavilhão Barcelona de Mies van der Rohe e o Turning Torso do Santiago Calatrava, que por sinal é um dos meus arquitetos favoritos! As obras desse arquiteto são complicadas de criar até mesmo em softwares 3d, imagina a construção física. Só para você ter uma idéia, a imagem a seguir é a representação do Turning Torso.

Turning torso modelo 3d

Agora, esse modelo 3d não é fictício! A edificação existe mesmo! Olha a imagem do prédio real:

Turning torso

Esse é o tipo de modelo 3d que não pode ser resolvido usando apenas um modificador Array. É preciso usar alguns truques de modelagem e principalmente planejar a criação dos objetos para evitar perder tempo tentando construir e organizar os polígonos 3d com técnicas que podem não gerar resultado.

Ambos os modelos 3d estão disponíveis para download de maneira gratuita no Blend Swap e podem ajudar artístas e usuários do Blender nos seus estudos sobre modelagem, e até artistas usando outro software. Basta abrir o modelo 3d no Blender e exportar o material no formato OBJ para enviar os dados para outras ferramentas 3d.

No caso do SketchUp, a melhor fonte de modelos 3d para uso como referência e estudo é o 3D Warehouse.

Modelagem 3d para arquitetura: Turning Torso de Santiago Calatrava

A modelagem 3d para arquitetura muitas vezes acaba oferecendo poucos desafios para artistas 3d especializados nesse tipo de segmento da computação gráfica, devido a tradicional forma otimizada para construções baratas e rápidas que a maioria dos escritórios e arquitetos acaba tendo que seguir. Isso acaba transformando o trabalho de criar modelos 3d para alguns projetos uma atividade entediante, pois não oferece nenhum tipo de desafio. Para tentar quebrar um pouco a tradição das formas comportadas dos projetos comerciais nas minhas aulas de modelagem, acabo escolhendo alguns projetos de arquitetos famosos como tema para exercícios de modelagem. Entre os arquitetos que mais admiro pela ousadia nas formas está Santiago Calatrava.

Ele consegue criar projetos que a princípio desafiam as técnicas construtivas e são verdadeiras esculturas. O fato do mesmo ser arquiteto e engenheiro ajuda bastante nesses momentos. Uma das obras que gosto de usar como exercício nas minhas aulas é o Gare do Oriente em Lisboa. A estrutura metálica usada para a cobertura desse projeto é excelente para estudar ferramentas como o Array.

Para as pessoas interessadas em desenvolver habilidades mais avançadas de modelagem 3d ara arquitetura, encontrei um tutorial excelente nesse final de semana e que mostra mais uma obra do Calatrava. A obra nesse caso é o edifício conhecido como Turning Torso que foi construído na Suécia. As fotos abaixo ilustram bem a forma do projeto:

Turning Torso F

HSB Turning Torso, Malmö

Como é possível perceber pelas fotos, o edifício é um desafio para as técnicas de construção e também para a modelagem 3d.

O tutorial que encontrei está todo em vídeo e não apresenta nenhum tipo de narração, apenas indicações dos atalhos e ferramentas usadas no processo. O software usado para desenvolver o projeto foi o Blender 3D, mas assim como acontece com outros tutoriais, as técnicas apresentadas no tutorial podem muito bem ser adaptadas para outros softwares. O autor dos vídeos se chama Ulfar, sendo que os links para os mesmos foram publicados nos fóruns do blenderartists.org.

O processo completo está descrito em quatro partes:

  • Modelando o Turning Torso de Santiago Calatrava – Parte 1
  • Modelando o Turning Torso de Santiago Calatrava – Parte 2
  • Modelando o Turning Torso de Santiago Calatrava – Parte 3
  • Modelando o Turning Torso de Santiago Calatrava – Parte 4

Esse é um desafio de modelagem 3d muito interessante pela forma e característica do projeto, e pode ajudar muitos artistas 3d a desenvolver suas habilidades de modelagem. Aos que buscam um desafio de modelagem para arquitetura, recomendo tentar criar esse projeto. Será mais um exercício para minhas aulas sobre visualização para arquitetura.

Autodesk Maya: Tutorial básico de modelagem de edifícios em 3D

As técnicas e opções disponíveis para conseguir criar modelos 3d são bem variadas e oferecem tipos e níveis diferentes de controle. Entre as mais famosas e utilizadas entre artistas 3d estão as variações da chamada modelagem por subdivisão, que consiste na deformação de primitivas geométricas que são transformadas em objetos e elementos mais complexos. Entre as derivações desse tipo de técnica encontramos a chamada edge modeling que consiste na manipulação apenas das arestas dos objetos 3d, com extrudes e cortes para criar geometria. Essa é a técnica que sempre uso para construir elementos para maquetes eletrônicas e mobiliário em 3d para meus projetos, pois com o uso de arestas é possível ter excelente controle sobre os detalhes do projeto.

O controle sobre os detalhes no projeto pode ser bom para criar modelos realistas, mas por outro lado é um pouco difícil e trabalhoso para usuários iniciantes, pois requer muito uso de ferramentas como o Snap e atalhos para alinhar os objetos. Sempre que mostro essa técnica nas minhas aulas de modelagem, o resultado é uma tendência dos alunos a escolher a derivação conhecida como Box Modeling, pois o seu resultado é derivado de um cubo deformado. Com isso a modelagem fica mais rápida, porém o resultado sempre acaba sendo um modelo 3d mais simples.

Por outro lado, o exercício é excelente para usuários menos experientes, pois a prática do Box Modeling é fundamental para que o mesmo domine e passe a trabalhar com o Edge Modeling.

Como funciona essa técnica? Se você é usuário iniciante e gostaria de conhecer a técnica do Box Modeling aplicado a modelagem de prédios, encontrei três vídeos que ajudam muito no entendimento da técnica. O material foi todo gravado no Autodesk Maya, que não é muito usado para visualização de projetos, mas ilustra bem a técnica do Box modeling. Os vídeos estão organizados como uma lista de reprodução.

O processo é bem simples de seguir e consiste apenas na manipulação de um cubo, em que o artista adiciona várias divisões para depois seletivamente deformar e transformar algumas faces. As transformações dessas faces, que podem ser de translação ou escala acabam resultando na criação da geometria do cubo. Com um pouco de extrude também é possível trabalhar com diversas variações.

Para usuários mais experientes o tutorial é bem básico, mas os com menos experiência e prática com modelagem 3d devem achar o mesmo exercício, uma excelente oportunidade de praticar.

Esse é o tipo de exercício que uso nas minhas aulas de modelagem 3d.