GIMP 2.10 com novos recursos e interface

O GIMP é a melhor alternativa para editar e manipular imagens entre as opções de código aberto. O software possui um longo histórico de atualizações e melhorias nesses últimos anos, principalmente no que se refere à interface e também usabilidade. Essas são as duas áreas que geravam mais críticas ao GIMP.

Na nova versão do software você encontra temas para a interface com quatro opções:

  • Escura (Default)
  • Cinza
  • Light
  • Sistema

A interface recebeu melhorias estéticas também.

Agora existem conjuntos de ícones padrão que são consistentes, mesmo que você troque o tema os ícones permanecem.

Outro ponto de destate é a preparação da interface para resoluções HiDPI. O que é isso?

Quando você adquire um monitor para editar suas imagens em formatos 4K ou 5K, que provavelmente são os monitores que os leitores do allanbrito.com possuem, agora você pode ajustar o tamanho dos ícones.

Ao abrir o software nesse tipo de resolução os botões ficam minúsculos. Agora é possível alterar a sua escala.

Agora, uma das novidades mais aguardadas é o esperado novo motor gráfico GEGL image processing library. Que adiciona diversos recursos ao GIMP. Esse motor gráfico já está sendo implementado desde a versão 2.6.

Entre os benefícios estão o uso de multiprocessamento, suporte para aceleração por GPU e diversos outros recursos.

Se você é usuário do GIMP a atualização é mais do que recomendada.

Como fazer para usar essa nova versão do GIMP? Você pode visitar a página oficial do GIMP para fazer o download, que é totalmente gratuito assim como o Blender.

Aprenda a usar o GIMP

Quer aprender a usar o GIMP para editar e manipular imagens? No EAD – Allan Brito você encontra um curso básico gratuito e outro mais avançado, ensinando como aproveitar os recursos do software para trabalhar com as mais diferentes formas de imagem:

Plugin gratuito para o Photoshop: Lazy Save

As tarefas que realizamos no Photoshop são as mais diversas, mas independente do que você pretende fazer no software sempre precisamos fazer a seleção do melhor formato de saída. Essa saída do software pode ser realizada de várias formas. Quando seu projeto exige que múltiplos formatos sejam usados aparece um pequeno contratempo. É preciso selecionar os formatos repetidas vezes. Um plugin gratuito para o Photoshop pode ajudar a reduzir o tempo quando isso acontece.

Com o Lazy Save você consegue selecionar dentro da interface do Photoshop os formatos desejados para a saída, e o script consegue gerar em lote todos os arquivos necessários. O processo fica bem simplificado, pois tudo acaba sendo gerado sem a necessidade de acessar o mesmo menu repetidas vezes.

É uma ferramenta essencial para o Photoshop? Acredito que não seja possível afirmar que o Lazy Save possa ser classificado dessa forma, mas é algo que se enquadra melhor como uma ferramenta de produtividade. O foto desse plugin gratuito para o Photoshop é a produtividade.

Plugin gratuito para o Photoshop

Com o uso de algo como o Lazy Save você consegue economizar muito tempo em tarefas simples. Basta imaginar o tempo que você perde ao precisar acessar os menus repetidas vezes, por vários dias seguidos enquanto você trabalha no Photoshop.

Quem precisa exportar arquivos no Photoshop em múltiplos formatos? Na maioria das vezes os artistas que necessitam gerar arquivos em formatos como JPG, PNG, TIF ou outros são os que lidam com conteúdo web ou mesmo texturas.

O Lazy Save pode ajudar bastante você a otimizar seu tempo de edição. Já mencionei que esse é um plugin gratuito para o Photoshop?

Manipulação de imagens

Aprenda a trabalhar não só com o Photoshop em contextos como arquitetura, mas também com o GIMP para editar fotografias. Com os cursos do EAD – Allan Brito você consegue aprender a trabalhar com manipulação de imagens em diversos contextos:

Curso sobre edição e tratamento de imagens com GIMP

O EAD – Allan Brito recebeu mais uma atualização hoje em relação aos novos cursos que estavam prometidos para o mês de Junho! O último curso lançado foi o de GIMP Básico que é um dos maiores sucessos do novo site, perdendo apenas para o Blender Básico em termos de inscrições. E dando sequência aos estudos sobre manipulação de imagens com GIMP, é com muita satisfação que anuncio a disponibilidade do curso sobre edição e manipulação de imagens com GIMP. Esse curso tem como objetivo apresentar as ferramentas existentes no GIMP para que qualquer artista digital possa realizar alterações e ajustes em fotografias, texturas ou qualquer imagem digital.

Ao longo do curso você aprende a realizar ajustes avançados com o GIMP, usando as ferramentas existentes no software ou então por meio de plugins gratuitos como é o caso do excelente Liquid Rescale que é o equivalente ao Content-aware scale do Photoshop. Como a maioria dos artistas ou profissionais de computação gráfica precisam invariavelmente trabalhar com imagens faz do curso uma excelente fonte de informação para todos os artistas 3d e profissionais de computação gráfica.

curso-edicao-fotografias-GIMP.jpg

Essa é uma lista com alguns dos assuntos abordados no curso:

  • Uso de camadas
  • Máscaras de camadas
  • Modos de mistura para camadas
  • Ferramentas de seleção
  • Uso de plugins
  • Refinamento de cores
  • Correções na exposição de fotografias
  • Restauração de imagens
  • Uso de curvas
  • Aplicação e formatação de textos
  • Filtros

Existe até mesmo um pequeno exercício mostrando o processo necessário para recuperar fotografias antigas usando as ferramentas do GIMP, que pode ser útil para editores de imagem ou fotógrafos profissionais e amadores. Para os usuários do Blender o GIMP é a melhor ferramenta para trabalhar com ajustes e pós-produção de imagens renderizadas. Você pode adicionar textos e outros elementos no GIMP para ajudar a formatar seus projetos e até mesmo criar composições complexas.

O curso já está totalmente completo com todas as aulas publicadas, seguindo a nova política de só lançar cursos completos do EAD – Allan Brito.

Para saber mais sobre o curso e realizar a sua inscrição, visite a página do curso sobre edição e tratamento de imagens no GIMP. Nesse endereço existem alguns vídeos do curso disponíveis para usuários do site, sem a necessidade de fazer inscrição. E não esqueça que durante o mês de Junho você pode usar o cupom NOVOEADALLANBRITO para realizar inscrições nos cursos com 20% de desconto! O cupom é válido até 30/06/2013.

Curso básico gratuito sobre GIMP

O lançamento do novo EAD – Allan Brito na semana passada marcou não apenas um avanço em termos de layout e interface para o site com um todo, mas também a melhoria da plataforma para o lançamento de mais cursos para o sistema como um todo. Assim como havia prometido para as pessoas que estavam me perguntando, hoje retorno com as atualizações e adição de novos vídeos ao site. Ao longo da semana muita coisa será adicionada aos cursos já existentes e outros que estavam apenas esperando a nova interface devem também aparecer na lista de material disponível para estudo.

Curso gratuito sobre edição de imagens com GIMP

Hoje está disponível para todos os interessados em aprender a trabalhar com edição de imagens e fotografias com o GIMP, o primeiro curso sobre GIMP do EAD – Allan Brito. O curso básico de GIMP, que é gratuito, é composto por 5 aulas mostrando os aspectos necessários e mais importantes para começar a trabalhar com o software no contexto da manipulação de imagens e fotografia.

capa-gimpbasico.jpg

Nesse curso você aprende:

  • O funcionamento da interface do GIMP
  • Configuração da linguagem da interface
  • Principais janelas
  • Ferramentas de pintura
  • Camadas
  • Composição simples
  • Gradientes
  • Seleção simples
  • Transformações em imagens
  • Corte
  • Redimensionamento
  • Salvar em formato XCF
  • Exportar para web em JPG ou PNG

O curso segue a mesma metodologia de todos os outros cursos do EAD – Allan Brito com material sendo disponibilizado em vídeo e também algumas dicas em texto, existentes sempre nas partes iniciais de cada aula. A principal dica nesse caso é a possibilidade de usar tanto o GIMP tradicional que deve ser instalado no seu computador, ou então a versão portátil que pode até mesmo funcionar diretamente de um drive USB como uma pendrive.

O GIMP é uma ferramenta extremamente útil para se trabalhar em conjunto com softwares 3d, para edição ou criação de texturas. Outra aplicação muito comum do software é na pós-produção de imagens renderizadas para fazer retoques e ajustes em partes da imagem que não foram geradas da maneira como o artista queria. O GIMP é, assim como o curso, totalmente gratuito e pode ser usado sem nenhuma restrição por qualquer artista! Para participar do curso básico gratuito sobre GIMP, basta visita o link e se cadastrar para ter acesso ao material.

Outros cursos gratuitos do EAD – Allan Brito

E não deixe de conferir também os outros cursos gratuitos do EAD – Allan Brito:

GIMP 2.8 com janelas unificadas e no Mac OS X

O GIMP é sem sombra de dúvida o melhor software de edição de imagens e pintura em ambientes de software livre, sendo muito recomendado que você o utilize junto com o Blender para editar texturas, finalizar imagens e manipular de forma geral o resultado do seu projeto de modelagem. E mesmo para as pessoas que não trabalham diretamente com modelagem 3d e render, o fato de ter a disposição um software como o GIMP é excelente para editar fotografias, criar imagens para web, otimizar o tamanho de imagens.

Nas diversas vezes em que tive a oportunidade de ministrar cursos sobre o GIMP, os usuários se queixavam de alguns aspectos relacionados ao funcionamento e design do software. O ponto mais polêmico eram as chamadas janelas flutuantes. Esse modo de funcionamento do GIMP fazia com que os menus e janelas do software não ficassem agrupados dentro de uma estrutura única, mas segmentados e espalhados pelo desktop. Para algumas pessoas isso era apenas um pequeno detalhe, mas em outros casos era algo bastante incômodo, pois para realizar determinada tarefa o usuário precisava “caçar” a janela no desktop para acessar um menu ou ferramenta.

Outro grupo de usuários que se queixavam bastante eram os do Mac OS X, que precisam instalar o X11 para poder usar o GIMP no seu computador.

Hoje a coisa está bem diferente, e já existe um modo de janela única no GIMP que pode ser acionado no menu Janela -> Modo janela única e como resultado teremos uma interface totalmente organizada em apenas uma janela, como mostra a imagem abaixo:

GIMP janelas únicas

E para os usuários do Mac OS X a melhor notícia é a existência de um instalador nativo do GIMP! Sim! Agora você pode fazer o download de um arquivo dmg e adicionar o GIMP diretamente a pasta de aplicações do seu Mac OS X. Acabei de testar em um computador com o Snow Leopard e está funcionando perfeitamente.

Essas características do GIMP não são recentes, como o exemplo das janelas unificadas, mas acredito que é de interesse dos leitores do blog, que gostariam de utilizar uma alternativa ao Photoshop em ambientes de produção.