Download gratuito de mapas HDR

Os mapas HDR são um recurso interessante para melhorar a iluminação de qualquer cena em projetos de renderização, pois ao mesmo tempo que esses mapas podem ser usados como texturas do cenário e compor o fundo da cena é possível adicionar energia luminosa no projeto com base em informações armazenadas nas imagens. O resultado é geralmente a criação de sombras e iluminação realista, sem mencionar a melhoria em materiais e superfícies apresentando reflexos. É por isso que sempre estou procurando mapas HDR gratuitos, e o pessoal do HDRMAPS está compartilhando uma enorme quantidade de mapas gratuitos. O download gratuito de mapas HDR pode ser feito visitando a área de Freebies do site.

Download gratuito de mapas HDR

Quando você visitar o HDRMAPS vai encontar uma lista com os preços marcados como zero, mas não tenho certeza por quanto tempo a coleção deve ficar dessa forma e recomendo o download do material o mais rápido possível para garantir o seu download gratuito de mapas HDR. A única coisa necessária para ter acesso aos arquivos é a realização de um cadastro no site para habilitar o download.

Download gratuito de mapas HDR

A variedade de situações e cenários para os mapas HDR é excelente com diversos ambientes urbanos, florestas e também ambientes internos. Com essa adição na sua biblioteca de mapas HDR ficará mais fácil de montar projetos de visualização que exigem iluminação sofisticada e realista.

Mas, o download gratuito de mapas HDR não seria de grande utilidade sem uma plataforma em que você possa usar esses arquivos. A maioria dos renderizadores suporta o uso desse tipo de recurso, e o Blender não é diferente. Existem até exemplos bem detalhados do uso de arquivos HDR dentro do Blender Cycles demonstrados nos cursos sobre render avançado e também de materiais avançados do EAD – Allan Brito. Essa técnica é conhecida como IBL (Image Based Lighting ).

Assim como o Blender você pode usar os arquivos em renderizadores como o V-Ray, mental ray e outros para gerar iluminação realista. Apesar dos procedimentos serem levemente diferentes, o princípio usado por todos é o mesmo. A textura é aplicada no cenário para gerar iluminação durante o render.

O download gratuito de mapas HDR deve fazer parte da sua rotina sempre que for possível, para compor a sua biblioteca de arquivos para uso em projetos.

Download gratuito de mapas HDRI

A iluminação de cenários 3d pode ser o ponto decisivo para vários projetos que precisam apresentar realismo e também serem renderizados de maneira rápida. Algumas vezes os testes de iluminação são baseados em técnica e perícia, mas diversas vezes é preciso fazer experimentações na cena, posicionar as fontes de luz em locais diferentes e “brincar” com a intensidade dessas mesmas fontes de luz. É sempre motivo de comemoração quando esses testes resultam de maneira rápida no ajuste desejado para cenas complexas, mas podem se transformar em verdadeiro martírio quando demoram! Uma das maneiras de acelerar o processo de iluminação é com o uso de imagens HDR. Você gostaria de fazer o download gratuito de mapas HDRI?

Download gratuito de mapas HDRI

O pessoal do HDRLabs possui uma área muito interessante no web site deles que é destinada a compartilhar mapas HDRI gratuitos, que podem ser usados livremente para fins educacionais. Todos os arquivos estão licenciados em Creative Commons, e possuem apenas duas limitações:

  • Não podem ser usados para fins comerciais ou redistribuídos
  • Sempre que foram usados, precisam apontar para o autor, que no caso é o HDRLabs

Fora isso você pode usar e abusar do material do web site deles, e existem muitas opções de mapas HDRI em grande resolução. Para fazer o download dos arquivos, visite esse endereço.

Download gratuito de mapas HDRI

Só alerto que os arquivos são grandes, e o próprio web site demora um pouco para gerar as miniaturas dos mapas, e portanto recomendo paciência para os que possuem internet relativamente lenta.

Mas, como esse tipo de arquivo pode ajudar na iluminação? O download gratuito de mapas HDRI pode parecer apenas mais um recurso semelhante a texturas para quem não conhece IBL, mas esses arquivos são muito mais do que texturas. O processo de uso dos arquivos é relativamente simpels, e consiste na associação desse dos mapas como textura do cenário ou world do seu projeto 3d. Isso pode ser feito em praticamente todos os softwares e renderizadores. Quando fazemos isso, as informações de luz armazenadas no arquivo são usadas para iluminar a cena! Isso significa que teremos uma cena real com fontes “reais” adicionando luz na cena, o que é muito bom! Sem mencionar o fato que a imagem fica aplicada em algo semelhante a um grande domo ao redor da cena, o que ajuda também a contextualizar materiais e superfícies reflexivas. O download gratuito de mapas HDRI do HDRLabs é mais do que recomendado!

Criando perfis IES personalizados

A iluminação de qualquer cena em 3d pode ser algo muito desafiador para qualquer artista 3d, pois envolve o ajuste e configuração correta de fatores como materiais e principalmente os pontos de luz usados na cena. No caso dos pontos de luz usados para adicionar energia luminosa na sua cena, uma das coisas que podemos fazer para ajudar no processo de configuração em cenas realistas é adotar perfis IES para os pontos de luz, que também são conhecidos por luzes fotométricas. Esse tipo de luz armazena detalhes físicos das luzes que podem simular exatamente a iluminação artificial que será usada no ambiente real, caso o mesmo precise ser construído no futuro.

É muito fácil conseguir arquivos IES, pois os próprios fabricantes de lâmpadas fornecem esse tipo de arquivo para facilitar a adoção dos seus produtos em projetos para arquitetura. Existe uma excelente gama de renderizadores comerciais e até mesmo gratuitos que suportam o uso de perfis IES como é o caso do YafaRay no time dos gratuitos e softwares comerciais como V-Ray e outros. O arquivo é muito usado em projetos de visualização para arquitetura.

Mas, e se for necessário criar um perfil IES que não está disponível no site de nenhum dos fabricantes de lâmpadas? Nesse tipo de situação você pode usar uma ferramenta gratuita muito interessante chamada de “Creator IES” que ajuda na criação de perfis IES personalizados.

Criando perfis IES personalizados arquitetura

Infelizmente pelo que pude perceber a ferramenta só está disponível para Windows, o que pode limitar um pouco a sua adoção para artistas que usam outros sistemas operacionais. No software é possível escolher diversos parâmetros em termos de ajuste para os futuros arquivos IES, que nada mais são do que arquivos de texto com os dados relacionados à cada fonte de luz.

Nesse endereço você encontra um tutorial muito interessante voltado para usuários do V-Ray e mental ray ensinando a configurar os arquivos IES usando o “Creator IES”.

Sempre que você não encontrar os arquivos IES com as características desejadas para o seu projeto, o uso da ferramenta pode ajudar a alcançar o resultado desejado. Só fica complicado depois ajustar esse perfil IES com uma lâmpada existente.

Tutorial Blender: Usando o Mitsuba Render com o Blender

A oferta de renderizadores que trabalham junto com o Blender tem crescido de maneira significativa ao longo dos últimos meses, e mesmo com a disponibilidade do Cycles já integrado ao Blender, é interessante ter opções para gerar imagens com alta qualidade, quando o Cycles não conseguir ainda atender a todas as necessidades de um projeto. Como o renderizador ainda é jovem em comparação a outros projetos que possuem anos de desenvolvimento, é perfeitamente normal que ainda existem vários recursos que precisam ser adicionados ao Cycles.

Por isso, sempre encorajo meus alunos, seja dos cursos presenciais ou a distância, para aprender outras opções em termos de renderização com o Blender. Entre essas opções existe o excelente Mitsuba Renderer, que chegou agora no começo do mês de outubro na sua versão 0.4. O Mitsuba é um renderizador baseado em física real que é distribuído sob uma licença GPL, sendo de código aberto assim como o Blender. Além de tudo isso, o software é totalmente gratuito e integra um conjunto de renderizadores de código aberto que funcionam junto do Blender formado por LuxRender, YafaRay e outros.

Bem, mas você deve estar se perguntando, como podemos usar o Mitsuba junto com o Blender? Para responder a essa pergunta, gravei um pequeno guia em vídeo que mostra como instalar o Add-on que exporta as cenas do Blender para o Mitsuba. Antes, você vai precisar tanto do Mitsuba e do Add-on que exporta cenas do Blender para o renderizador, que podem ser copiados de maneira gratuita nos referidos links.

O processo de instalação do Add-on é parecido com o realizado no Add-on do YafaRay. Nesse caso fica uma dica importante para instalação de Add-ons compostos por várias pastas. O Blender aceita Add-ons tanto com arquivos na extensão .py ou .zip. Nesse caso é mais fácil instalar o Add-on usando o arquivo zip, que é o processo escolhido no vídeo. Depois disso, basta habilitar o Add-on e determinar a pasta em que está o executável do Mitsuba para começar a renderizar as suas imagens de dentro do Blender mesmo!

O Mitsuba é um renderizador bem avançado em termos de recursos, pois dispõe de muitas opções de integralizadores para o render e também de shaders para materiais e texturas. Agora que você já sabe instalar o renderizador, pode gerar as suas imagens com esse excelente software.

Já falei que ele é gratuito?

Tutorial Cinema 4D: Ajustando o ISO de câmeras para render

A iluminação de cenários e ambientes ainda é um dos temas que mais geram dúvidas em artistas 3d iniciantes, principalmente se o ambiente envolver a mistura de elementos com luz natural e artificial. Os renderizadores modernos com algoritmos sofisticados de iluminação global acabam ajudando bastante o processo, mas ainda é comum encontrar pessoas que não sabem bem o que fazer para iluminar ambientes de maneira correta ou mesmo fazer pequenos ajustes em cenários já prontos. Isso é reflexo da falta de experiência e conhecimento sobre assuntos que ajudam muito no trabalho com computação gráfica 3d.

Entre esses assuntos está o conhecimento sobre fotografia que é primordial para usar renderizadores modernos, principalmente os que são baseados em física. Sempre que me perguntam sobre cursos ou conhecimentos importantes para artistas 3d, o primeiro que recomendo é relacionado a fotografia. Como os renderizadores baseados em física utilizam parâmetros e valores reais nos ajustes das suas câmeras, os artistas acabam tendo que lidar com propriedades como:

  • ISO
  • Shutter
  • Exposure
  • Film Type

Essas são apenas algumas dessas propriedades presentes na maioria das câmeras. Com o conhecimento sobre o funcionamento desse parâmetros, um artista poderia realizar modificações na iluminação de uma cena, sem modificar nenhum parâmetro relacionado diretamente com luzes da cena.

Modificando o ISO das câmeras no Cinema 4D

O vídeo abaixo mostra o resultado dos ajustes e modificações realizados no parâmetro ISO das câmeras físicas do Cinema 4D. Com esse parâmetro ISO podemos deixar o filme a câmera mais sensível a luz. Valores altos de ISO permitem trabalhar com baixa luminosidade, pois registram variações pequenas e fracas de iluminação. Já para ambientes em que existe luz em abundância, o ideal é usar valores baixos de ISO como 100, 200 ou 400.

Esse é um exemplo bem interessante e prático de como podemos fazer ajustes e modificações em uma determinada cena, sem precisar necessariamente modificar a intensidade das luzes ou mesmo adicionar novas fontes de luz na cena. Para quem não conhecia o procedimento, a mudança de comportamento é muito interessante, pois a maioria dos artistas que não conhece essa possibilidade só trabalha pensando em adicionar ou remover pontos de luz, ou no máximo mudar a intensidade das luzes existentes.

A fotografia pode ajudar muito na configuração da iluminação de cenas em 3d!