Exemplo de animação realista de personagens e vestuário

No que concerne a animação de personagens a movimentação dos bones nos softwares 3d, pode não ser suficiente para conseguir passar a impressão de realismo, ou contextualizar a sua história. Os personagens geralmente precisam de adereços, figurinos e pequenos detalhes para ajudar a contar uma história. Entre os detalhes mais trabalhosos para qualquer personagem virtual, podemos listar a animação de cabelos e depois a parte de vestuário. Apesar de existirem ferramentas integradas na maioria das suítes 3d, a manipulação e criação de animações com tecidos é bem trabalhosa.

Mas, assim como acontece com partes especializadas na animação com física, em que temos ferramentas para animação realista de fluidos como o RealFlow e diversas opções para partículas, é possível encontrar softwares especializados em animação de tecidos.

Softwares especializados em animação de tecidos virtuais

Um desses softwares é o Marvelous Designer que tem uma proposta bem direta, relacionada com a animação e design de vestuário usando recursos de animação e física. O objetivo do projeto pode não ser uma animação 3d, mas o desenvolvimento de peças de roupa, mas a tecnologia por trás do Marvelous Designer é de impressionar.

O vídeo abaixo é um exemplo de como essa ferramenta pode ajudar no processo de criação de vestuário e a sua aplicação em animação. O objetivo desse vídeo é mostrar um tipo de desfile virtual, em que foram criadas peças de vestuário com o software que depois foram aplicadas em personagens virtuais. A animação é gerada no Marvelous Designer e depois os keyframes são gravados no software, para que seja possível exportar o resultado para outras ferramentas 3d. Isso é importante para habilitar renderizações de alta qualidade.

Esse tipo de ferramenta tem grande potencial para aplicação em projetos de animação realista, que precisem de personagens com grande quantidade de figurinos e que demandem algo realista no movimento e deformações dos tecidos. É possível criar algo semelhante usando apenas os softwares 3d, mas o tempo necessário para atingir esse mesmo resultado é muito maior!

O Marvelous Designer não é uma ferramenta gratuita, mas pela qualidade e facilidade com que oferece animações simulando tecidos, ele pode ser uma opção para projetos com prazos cursos e que disponham de recursos financeiros para investir em soluções desse porte. Para quem quiser testar a ferramenta, existe uma versão de testes que funciona por 30 dias.

Tutorial 3ds Max: Rasgando tecidos em 3d

A criação de animações baseadas em física são sempre um desafio para a maioria dos animadores, pois a quantidade de conhecimento técnico necessária para realizar a animação é sempre maior do que parte relacionada com conhecimento artístico. Por esse motivo, sempre encontro animadores experientes que ainda encontram problemas para trabalhar com softwares como o Real Flow, Krakatoa e outros que apresentam grande quantidade de parâmetros. Esse é o caso de ferramentas como o Reactor no 3ds Max, em que podemos trabalhar com muitos tipos de animações baseadas em física.

No tutorial abaixo é possível aprender como criar em tipo de efeito bem comum em animações, e que faz muito sucesso em aulas sobre animação 3d. O procedimento necessário para conseguir rasgar tecidos no 3ds Max é demonstrado em detalhes, e com um tutorial disponível em FullHD.

O material está sem áudio, mas é possível acompanhar todo o procedimento realizado pelo autor apenas assistindo aos passos realizados no vídeo. O primeiro passo é criar um plano com uma boa quantidade de subdivisões e gerar um grupo que identifica os vértices que devem ser segmentados para criar a animação com a divisão do tecido.

Com o plano identificado pelos grupos e a parte que deve sofrer o rasgo apresentando uma boa quantidade de subdivisões, inclusive bem maior que a do resto do plano, o próximo passo é adicionar um modificador Cloth ao plano. No modificador existe uma opção chamada de Make Tear que é a responsável pelo processo que faz o tecido rasgar. O único requisito para fazer com que esse tipo de ferramenta funcione, é ajustar os vértices que devem ser divididos na animação. O autor do tutorial faz diversas marcações na malha 3d para determinar esses pontos de ruptura.

O efeito gerado pela animação é muito bom, e pode ser melhorado com a adição de outros modificadores e ajustes nas curvas de animação.

Esse procedimento não é diretamente aplicado em personagens virtuais, mas já serve como ponto de partida para os animadores que precisam realizar esse tipo de animação baseada em física. Existem outras ferramentas com sistemas de simulação de tecidos que podem fazer de maneira rápida essa animação, como o Maya.