Modelagem com Add-ons no Blender

O uso de ferramentas adicionais para ajudar na modelagem de objetos para jogos ou arquitetura é algo comum, pois isso pode acelerar a criação de objetos 3d. Quando você possui uma grande quantidade de elementos como esquadrias ou objetos repetidivos faz sentido usar scripts.

Existem ferramentas próprias para criar os mais variados tipos de objetos como esquadrias, escadas e até personagens inteiros.

Você só precisa tomar cuidado com a geometria adicional que algumas dessas ferramentas acabam adicionando no modelo 3d. Como não temos controle sobre o resultado final, podem surgir algumas partes dos objetos que necessitem de uma “limpeza” posterior.

Mas, ainda assim é uma ajuda que a maioria dos artistas digitais não pode negar. Será que um projeto criado com Add-ons no Blender pode atingir bons níveis de realismo?

Conheça o trabalho de um artista Russo chamado Volden que compartilhou um projeto chamado Cottage nos fóruns BlenderArtists. Além de ter sido renderizado com o Blender Cycles, o artista fez uso de diversos Add-ons para conseguir finalizar o projeto.

Na parte inferior do último screenshot compartilhado pelo autor você encontra a lista com os Add-ons utilizados. Entre as ferramentas usadas pelo artista você encontra o Archimesh, JARCH e Plancher.

Com o uso dessas ferramemtas o artista pôde criar de maneira rápida os seguintes elementos para seu projeto:

  • Esquadrias
  • Deck de madeira
  • Telhado

Na imagem você consegue identificar todos os pequenos detalhes existentes em cada um desses elementos arquitetônicos. Seria possivel criar tudo isso sem o auxílio de Add-ons? Claro que sim! Mas, o tempo necessário para que tudo fosse criado seria muito maior. Os Add-ons permitem com que em apenas alguns cliques de mouse você tenha tudo isso pronto para renderização.

O resultado final do projeto renderizado com o Cycles não deixa dúvida que modelos 3d criados com Add-ons, podem ser bem competitivos no que diz respeito ao seu aproveitamento.

Aprendendo a usar Add-ons para modelagem no Blender

Quer aprender a usar Add-ons para fazer modelagem em arquitetura? Ou quem sabe desenvolver suas próprias ferramentas 3d? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos e treinamentos que ajudam você a usar ou elaborar esse tipo de ferramenta:

Download gratuito de texturas PBR em 5K

Entre os principais recursos que você deve ter sempre à disposição para criar projetos em 3d estão os objetos tridimensionais e as texturas. Sem o uso de texturas adequadas, o seu projeto corre do risco de não conseguir apresentar o contexto ideal.

Nesse sentido as chamadas texturas do tipo PBR são um grande recurso.

As chamadas texturas do tipo PBR ajudam na composição de projetos 3d realistas pois oferecem uma grande gama de mapas para ajuste das texturas. É o caso de mapas para os canais Diffuse, Normais, Displacement e reflexões. Quando você soma todos esses mapas em um único material, as chances de conseguir bons resultados são muito grandes.

Alguns softwares 3d já estão preparados para uso dessr tipo de recurso, e mesmo que você faça uso de alguma ferramenta que não disponha de tantas opções relacionadas com aplicação de texturas, ainda assim é importante ter uma biblioteca de texturas com boa variedade de mapas.

Quer fazer o download de texturas gratuitas em resolução 5k? Um artista chamado Miloš Belanec compartilhou diversas texturas, prontas para uso em sistemas PBR. As imagens estão com excelente resolução, apresentando 5000 x 5000 pixels em tamanho.

Para fazer o download do material você precisa apenas visitar o perfil do artista no Artstation e conferir o link direto para download dos arquivos. O download é direto sem a necessidade de fazer nenhum tipo de cadastro no web site.

Você só deve tomar cuidado ao usar esse tipo de textura em projetos relaiconados com jogos digitais, pois o tamanho dos arquivos não está otimizado para uso em ambientes de render em tempo-real. Nesse caso será preciso redimensionar as imagens para que elas fiquem com 4096 pixels, que é mútiplo de 2.

Caso você não faça isso a própria engine será forçada a realizar a conversão, o que pode deixar a aplicação mais pesada.

Aprendendo a usar texturas

Quer aprender a usar esse tipo de textura em projetos? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos e treinamentos que ajudam na composição e aplicação das mais diversas texturas:

Tutorial 135: Usando o Fake user do Blender

Entre as diversas dúvidas e perguntas que sempre recebo aqui no blog e também no EAD – Allan Brito, posso destacar uma pergunta que sempre “atormenta” usuários iniciantes no Blender, que está relacionada a exclusão de informações das cenas. Por exemplo, imagine a situação em que você possui diversos tipos de materiais dentro de uma cena, e gostaria de remover esses mesmos materiais do seu arquivo, pois eles não devem serem associados em nenhum objeto. Como fazer isso? A simples desassociação do material desse objeto não fará com que ele desapareça, pelo menos não de imediato.

Como funciona isso exatamente? Nesse contexto ainda temos uma função muito importante dentro do Blender que é o chamado Fake User. Como funciona esse Fake User?

Blender Fake User

Para explicar exatamente o funcionamento do Fake User e também da exclusão de informações de cenas do Blender, resolvi gravar o tutorial de número 135 do meu canal no Youtube. Sim, já são 135 tutoriais! O tutorial explicando o funcionamento do Fake User pode ser conferido a seguir:

Gostou do vídeo? O que acha de avaliar ou comentar? Ainda não é assinante do meu canal no Youtube? Assine aqui para receber antes que todos as atualizações.

Entendeu?

Um dos princípios básicos que você deve sempre seguir ao usar o Blender, é que as informações adicionadas na cena como materiais, data blocks e outros precisam necessariamente estar associados a um objeto. Caso essa informação não esteja associada a nenhum objeto, assim que o Blender for fechado as informações são excluídas! Sim, o processo conhecido em outros softwares como purge é realizado de maneira automática.

Mas, e se não quisermos que essas informações sejam excluídas? É nesse ponto que aparece o chamado Fake User! Você já deve ter percebido que logo ao lado dos nomes de alguns objetos aparece um pequeno botão com a letra F. Esse botão habilita um usuário “virtual” que foi ilustrado de maneira brilhante no vídeo! Se um objeto possuir o Fake User, então o mesmo não é excluído pelo Blender mesmo que não exista nenhum objeto na cena fazendo uso real das informações.

Essa é a melhor maneira de garantir que grandes listas de materiais, texturas, data blocks e outras informações não sejam excluídas quando você fechar um projeto.

Agora você já conhece a função do Fake User!

Quer aprender mais sobre o Blender? Visite o EAD – Allan Brito e confira os diversos cursos online sobre Blender, sendo um deles totalmente gratuito.