Reutilizando WorkSpaces no Blender 2.8

O Blender 2.8 apresentou diversas novidades relacionadas com ferramentas e também interface do software, sendo uma delas os chamados WorkSpaces. Essa é a maneira com que organizamos as janelas e recursos visuais que você irá usar ao longo de um projeto.

Dentro do próprio Blender 2.8 existem diversos WorkSpaces prontos que você pode usar para seus projetos. Basta usar o botão com um “+” no topo da interface para escolher entre diversos templates prontos.

Mas, você sabia que é possível reutilizar esses WorkSpaces?

Por exemplo, depois de trabalhar em um projeto você decide que a organização da interface e janelas é a melhor opção para otimizar seu trabalho. Com um duplo clique sobre o nome do seu WorkSpace, é possível até alterar o nome para algo mais significativo.

Uma das mudanças do Blender 2.8 é que os WorkSpaces agora são Datablocks! É possível “importar” esses dados para outros arquivos do Blender usando o Append ou Link no menu File.

Assim você consegue reaproveitar as suas interfaces configuradas com o software e trabalhar sempre de maneira otimizada.

Gostou desse recurso do Blender? Quer aprender mais sobre o software? No EAD – Allan Brito existem diversos cursos e treinamentos relacionados com Blender, alguns inclusive gratuitos.

6 texturas gratuitas de árvores para exteriores

O uso de vegetação em ambientes externos ou cenários de jogos sempre apresenta desafios para qualquer artista 3d, principalmente quando você considera a quantidade de processamento necessária para renderizar essas cenas. Você tem diversas opções para conseguir gerar esse tipo de ambiente.

A primeira é com o uso de modelos 3d próprios de vegetação que ajudam na criação de volumetria e sombras reais, mas que acabam detonando o render. O motivo é a adição de alguns milhões de polígonos na sua cena.

Para evitar essa carga computacional a melhor opção é usar texturas para representar as árvores. Essas texturas podem estar em um formato chamado cutout que são as imagens já com fundo transparente.

Quer fazer o download de seis dessas texturas já nesse formato? De maneira gratuita?

O pessoal do seedmesh compartilhou na conta do Gumroad deles um pacote com seis dessas texturas de maneira gratuita.

Antes que você corra para fazer o download, observe que o procedimento para conseguir copiar os arquivos é um pouco diferente. Agora você precisa usar o link que está no topo da descrição da página e não mais o botão tradicional do Gumroad. O texto está em destaque com um “Click here to download” lá no todo.

O link leva até uma página compartilhada do Google Drive.

Quer aprender a usar esses recursos nos seus projetos? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos gratuitos que podem ajudar você na criação e renderização de cenas usando essas texturas.

JARCH Vis atualizado para o Blender 2.8

A modelagem de alguns tipos de objetos e estruturas tridimensionais pode demandar um bom tempo de trabalho, seja por causa da quantidade de detalhes ou então do tempo necessário para atingir bons níveis de qualidade. Em arquitetura uma boa parte do tempo gasto com modelagem é gasto com a criação de estruturas como janelas e portas.

Para esse tipo de projeto é sempre bom ter ferramentas automatizadas que façam a criação do material de maneira rápida. É o caso dos Add-ons no Blender que podem ajudar na criação desse tipo de estrutura.

Quando o Blender recebeu sua última grande atualização passando para a versão 2.8, alguns desses Add-ons deixaram de funcionar. Esse é o caso do JARCH Vis que ajudava na criação desse tipo de estrutura.

Se você usava esse Add-on, pode comemorar! Ele acabou se ser atualizado para o Blender 2.8 e já está funcionando. Com apenas alguns cliques você consegue gerar modelos 3D de janelas e outros elementos.

É apenas a primeira grande atualização do Add-on para o Blender 2.8 que ainda deve receber algumas melhorias. Por exemplo, o autor do Add-on precisou remover algumas funções como a criação de escadas.

Mas, a base de modelagem para arquitetura ainda está presente. Um dos recursos mais úteis desse Add-on é a criação de telhados.

Faça o download agora mesmo do Add-on para usar seus recursos no Blender 2.8.

Quer aprender a usar o Blender para arquitetura? Aproveite para conhecer o EAD – Allan Brito que possui diversos cursos gratuitos, alguns inclusive sobre o Blender.

Material com cores aleatórias no Blender 2.8

Um dos recursos mais poderosos do Blender que pode deixar alguns usuários confusos nas primeiras vezes que usam o Blender é o editor de nós, que agora recebeu uma atualização no seu nome e se chama Shader Editor. Na versão 2.8 o Shader Editor é responsável por criar toda o o relacionamento entre os Nodes para materiais, texturas e composição.

Você quer um exemplo do que você pode fazer com esses Nodes? O artista Derek Barker compartilhou no seu Twitter um ajuste simples, que pode ajudar pessoas que precisam criar cores aleatórias para materiais no Blender. Seja com o Cycles ou Eevee.

O truque consiste apenas no uso de um Node ColorRamp como fonte da informação de cor para qualquer material. Assim que você criar o ColorRamp, será preciso criar as cores desejadas para usar um outro Node como base.

Ao aplicar o Random no Node Object Info você poderá fazer com que as cores escolhidas no ColorRamp sejam distribuídas de maneira aleatória.

Como resultado você terá objetos com cores aleatórias!

A melhor parte é que o ajuste funciona para o Eevee ou Cycles, sem nenhum tipo de perda para o material.

Quer aprender a usar o Blender e o seus ajustes de Nodes? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos gratuitos sobre o software, alguns até sobre materiais e texturas!

80 mil perfis IES gratuitos para iluminação em arquitetura

Entre os objetivos dos artistas digitais que trabalham com visualização para arquitetura está a busca pelo realismo, seja com base em imagens para interiores ou exteriores. O realismo dos projetos também acaba sendo usado para simular situações reais relacionadas principalmente com iluminação.

Por exemplo, você pode pegar um ambiente que ainda está na fase de projeto para avaliar os ajustes e condições usadas para fins de iluminação. Qual a melhor posição e modelos de luminárias?

Para esse tipo de projeto é imprescindível o uso de perfis reais de luzes disponíveis no mercado. Os perfis IES são a melhor opção para esse tipo de situação.

Mas, o que é um perfil IES? É um pequeno arquivo de texto que descreve o comportamento de uma fonte de luz. Se você visitar os websites dos principais fabricantes de lâmpadas, a maioria oferece os perfis de seus produtos nesse formato.

Quer fazer o download de uma biblioteca gratuita com 80 mil desses perfis? Você não leu errado, são mais de 80 mil perfis de lâmpadas com fabricantes de todos os cantos do planeta.

O material foi organizado pelo artista digital chamado Ronnie Rodriguez e publicado na sua página do Gumroad. Você precisa estipular um preço justo antes de começar o download, mas colocando zero é possível fazer a cópia sem custo algum.

Como usar esse tipo de material? No Blender 2.80 você pode usar esse tipo de perfil diretamente no Cycles!

Quer aprender a usar o Blender e outros softwares para iluminar projetos em arquitetura? Use os cursos gratuitos do EAD – Allan Brito que abordam Blender e outros softwares.