Softimage XSI 2010: Vídeo mostra novos recursos para animação 3D

Na última Siggraph a Autodesk fez o lançamento de diversos softwares e atualizações para ferramentas como o Maya, Softimage XSI e Mudbox. Aos poucos alguns vídeos e material de divulgação interessante é publicado na web, mostrando as novidades sobre as versões 2010 de cada uma dessa ferramentas. Essa semana um vídeo mostra algumas das melhorias do Softimage XSI 2010, com ênfase na melhoria da performance para animações mais complexas. O Softimage era famoso entre artistas 3d e estúdios de animação por se encaixar perfeitamente em qualquer processo de criação, com a possibilidade de importar e trabalhar com dados gerados em outros softwares de maneira simples e com pouco retrabalho.

No web site da Autodesk encontramos diversos vídeos interessantes sobre as novidades do Softimage XSI 2010, como esse aqui. O material mostra alguns dos novos recursos e avanços no Softimage como o GigaCore III, especializado em manipular grandes quantidades de dados para animação.

autodesk-softimage-xsi-2010.jpg

No vídeo que tem aproximadamente dez minutos de duração, podemos acompanhar a melhoria no desempenho e manipulação de grandes quantidades de dados. A primeira parte mostra a manipulação de uma animação com vários personagens, com quantidade considerável de polígonos. Na versão 2010 o artista consegue reproduzir a animação na Viewport sem atrasos ou problemas de performance, enquanto que na versão 7.5 a animação é reproduzida com alguns atrasos. Isso é exibido no vídeo com as duas versões sendo comparadas ao mesmo tempo.

Outra melhoria de performance apresenta na ferramenta é mostrada com o uso de uma grande quantidade de objetos participando de uma simulação de Rigid Bodies Dynamics, que considera aspectos como gravidade, colisões e massa dos objetos para criar movimento.

Ao visitar a página do Softimage XSI 2010, também podemos conferir que a Autodesk incorporou o software chamado Face Robot ao Softimage, sendo assim um grande incentivo para artistas interessados em trabalhar com animação de personagens no Softimage XSI. Se você nunca ouviu falar sobre o Face Robot, veja o vídeo abaixo que demonstra as aplicações da ferramenta para animação facial.

Como o software é especializado nessa tarefa, as opções para animação de expressões e sincronia labial são muito poderosas e ajudam a finalizar projetos de animação em menos tempo.

Softimage XSI: Modelagem por subdivisão

Já faz um bom tempo desde a última vez que escrevi alguma coisa sobre o Softimage XSI. Apesar de ser um dos softwares mais poderosos e flexíveis em termos de criação, a comunidade de artistas e usuários da ferramenta não é tão ativa como as de usuários do Maya, 3ds Max, Blender 3D e outros. Ainda mais depois da compra da empresa pela Autodesk, parece que as coisas ficaram ainda mais frias para a comunidade. Nos próprios blogs e material de divulgação da Autodesk, o foco é totalmente direcionado para as ferramentas e lançamento do 3ds Max 2010. Pouco se fala de Maya ou Softimage XSI.

Depois de fazer muitas pesquisas, consegui localizar um vídeo interessante sobre modelagem por subdivisão usando o XSI. O vídeo está no formato timelapse, em que um artista 3d cria uma cabeça usando as técnicas tradicionais de modelagem por subdivisão, que consistem basicamente na criação de uma malha com vértices, arestas e faces derivadas de várias transformações e cortes. A maior vantagem em estudar esse tipo de tutorial é que a técnica pode ser reproduzida em praticamente qualquer software 3d.

Esse é o tutorial:

O resultado final da modelagem não é realista a ponte de impressionar, mas a topologia como um todo está bem organizada e pode servir de referência para estudos e prática da modelagem. Portanto, se você quiser estudar modelagem orgânica, recomendo que acompanhe com atenção o tutorial e tente reproduzir o efeito no seu software de modelagem preferido.

O único problema para seguir esse tutorial em vídeo é que o começo do vídeo já apresenta o modelo 3d já com algumas deformações.

Como não costumo falar muito sobre o Softimage XSI, localizei o Demo Reel do Softimage com os trabalhos de maior destaque de 2008, produzidos ainda na época em que o software não estava sobre a tutela da Autodesk:

Uma coisa que ainda não ficou clara para mim é o direcionamento que a Autodesk dará ao software, pois é complicado direcionado a modelagem e produção de conteúdos com softwares concorrentes. Por exemplo, é perceptível que o Maya é direcionado para efeitos e cinema, enquanto o 3ds Max abocanha a visualização de projetos, design e jogos. E o Softimage? Animação de personagens? Talvez só com o lançamento do XSI 8 é que teremos uma idéia do dimensionamento do software.

Download gratuito de texturas e materiais para 3ds Max, Maya e Softimage XSI

Parece que o espírito natalino está contagiando algumas empresas que fornecem materiais e texturas, para artistas 3d. Um web site chamado Mr.Materials está disponibilizando de maneira totalmente gratuita um pacote com 20 texturas gratuitas em alta resolução, tanto em formato de imagem (png), como um conjunto detalhado de materiais prontos para uso no 3ds Max, Maya e Softimage. Apesar de possuir essa “vantagem” dos materiais prontos com a textura já associada, você pode usar as imagens em qualquer software 3D como o Blender 3D e LightWave, que não estão na lista. Para isso, basta copiar o pacote com as texturas em PNG, e configurar os materiais da maneira como você achar melhor.

A vantagem para quem tem os softwares com os materiais prontos é a comodidade de ter parâmetros como reflexão especular, alpha e outros já configurados previamente. Mas, isso é apenas um extra, sendo o importante mesmo os arquivos de imagem. Pelo que pude perceber, os arquivos das texturas não acompanham nenhum mapa de bump ou displacement, mas é melhor que nada.

Uma boa biblioteca de texturas pode literalmente salvar um projeto, em que você precisa modelar e renderizar um objeto com um material diferente, que dificilmente poderia ser conseguido com uma simples máquina fotográfica na rua. Eu mesmo já tive que ir para a rua, conseguir boas imagens de texturas para atender pedidos de clientes, ou mesmo por ser mais verossímil usar imagens reais.

Para fazer o download das texturas gratuitas, visite esse link. Os downloads estão divididos em três partes, sendo o primeiro destinado apenas as imagens. Antes de fazer o download, você precisa se registrar no web site para ter acesso ao arquivo, mas nesse caso vale à pena ter esse trabalho adicional para ter acesso as texturas. O arquivo com 20 texturas tem aproximadamente 10MB!

As texturas são excelentes para quem trabalha com visualização de projetos arquitetônicos, envolvendo superfícies como madeira, pedras e blocos que podem ser usados em estruturas de repetição.

A origem das texturas é um web site que comercializa texturas para artistas na Alemanha, e segundo o comunicado no Mr.Materials, a cada semana eles devem lanças mais pacotes completos de texturas para download. Assim que novas texturas estiverem disponíveis, publico aqui no blog para avisar!

Tutorial de ShrinkWrap no Softimage XSI

Parece que o artigo que publiquei no último final de semana, comentando sobre as melhores estratégias e mitos para começar a trabalhar e estudar um software 3d, principalmente no que se refere a versão do software gerou muita polêmica. Esse tutorial que estou mostrando hoje, é uma prova que o conhecimento e técnicas usadas na maioria dos softwares 3d são comuns e o conhecimento de um, pode ajudar na adaptação a outras ferramentas.

No último projeto Google Summer of Code, o Blender 3D ganhou um modificador fantástico chamado ShrinkWrap, que permite a um artista 3d modificar um plano ou objeto de maneira que ele se adapte a forma de outro objeto. Ele é muito útil para a criação de roupas em personagens virtuais e até mesmo, para a distribuição e criação de cenários com topografia complexa.

Se você usa apenas o Blender não deve saber, mas o ShrinkWrap não é exclusivo do Blender e já podia ser encontrado em outras ferramentas 3d, como o Softimage XSI que agora é da Autodesk. Quer ver como ele funciona? O tutorial abaixo, mesmo sendo curto mostra bem o seu funcionamento e podemos perceber que a função dele é exatamente a mesma no Softimage XSI e Blender 3D.

No tutorial o autor mostra os diferentes tipos de métodos disponíveis, para que a ferramenta possa interagir com os modelos 3d e deformar os objetos. No Blender 3D a quantidade é menor, mas nada que impeça ou minimize a sua importância. Primeiro é demonstrado um exemplo básico, para depois se trabalhar um personagem 3d mais complexo.

Como é que o Blender ganhou esse tipo de ferramenta? Foi uma cópia? Na parte de desenvolvimento de software, muita coisa é elaborada na forma de algoritmos como pesquisa científica. Por exemplo, alguém escreve uma tese de doutorado sobre um novo método para representar vértices e modelos em 3d, e no final disponibiliza a sua pesquisa para o público.

No caso do Blender, basta alguém com disposição para traduzir o resultado da pesquisa no código fonte do software, e o Softimage também pode usar o mesmo conceito, com algumas possíveis melhorias da sua equipe de matemáticos e programadores, que são bem pagos para executar o serviço.

Quem sabe usar o ShrinkWrap do Blender 3d, não deve ter dificuldades em usar a mesma ferramenta no Softimage XSI, pelo simples fato de ambos usarem o mesmo princípio. Claro que os locais em que as ferramentas estão na interface são diferentes, mas depois que encontramos é tudo mais fácil.