Render de apartamento com Blender Cycles

Algumas vezes a criação de projetos de visualização de interiores esbarra em alguma configuração ou ajuste que precisamos fazer na cena, mas não temos nenhuma referência ou exemplo para seguir. Será que a sua cena ficaria melhor com uma imagem HDRI? Um mapa aplicado em superfícies pode resolver o plano de fundo no render? Com base na observação de projetos e trabalhos de outros artistas fica mais fácil de encontrar as melhores soluções para seus próximos projetos, principalmente se você está começando.

É por isso que sempre gosto de compartilhar trabalhos de artistas que indicam algumas das soluções encontradas para resolver problemas de iluminação, ou simplesmente apontam como foi criada a configuração de uma cena em particular.

Um projeto que vale a pena conhecer foi compartilhado pelo artista brasileiro Julio Pires nos fóruns Blenderartists. O título é “Apartment” e como você já deve imaginar é a renderização de uma cena voltada para arquitetura. O material é muito bom, mas fica ainda mais interessante com as informações compartilhadas pelo artista.

Render apartamento com Cycles

Nas imagens seguintes do fórum ele explica como trabalhou na iluminação do ambiente e também o processo usado para configurar aspectos relacionados com o render do projeto. Se você tem dificuldade, ou curiosidade apenas, em configurar cenas para render de interiores o material é de grande ajuda.

Se você tem interesse em desenvolver suas habilidade no Cycles, recomendo a visita! Não deixe de conferir o porfólio do artista para conhecer mais projetos.

Renderização para arquitetura com Blender Cycles

Quer começar a trabalhar com modelagem 3d e renderização para arquitetura no Blender? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos que podem ajudar você! Os cursos abrangem tanto a parte de modelagem específica para arquitetura:

Como também a renderizaçao dos projetos usando o Blender Cycles:

Materiais no Blender Cycles: Biblioteca gratuita

A modelagem de cenários e ambientes para arquitetura é apenas um dos passos necessários para conseguir criar imagens ou animações para arquitetura, sendo que depois que todos os modelos 3d estiverem prontos ainda é necessário passar pela parte de configuração dos cenários usando materiais e texturas. É nesse ponto que muitas pessoas tem dificuldade, pois no Cycles você precisa entender um pouco do processo de configuração dos Nodes para criar bons materiais. Para todos os casos em que você tenha pressa, é possível usar bibliotecas prontas de materiais no Blender Cycles que ajudam muito no processo de criação.

Nos últimos dias encontrei uma biblioteca de materiais e shaders para o Cycles bem completa, e compartilhada pelo site Chocofur. Já divulguei modelos 3d criados para arquitetura desse portal, e posso dizer que o conteúdo deles é de excelente qualidade. Para ter acesso aos materiais você precisa se cadastrar no site, e depois fazer o download na sua conta.

Materiais no Blender Cycles

Assim que você fizer o download dos materiais o ideal é manter os arquivos em uma pasta separada e usar o conteúdo por meio do Append ou Link do Blender. No primeiro caso os materiais são incorporados ao seu projeto e com o Link é feita uma referência externa. Sempre prefiro usar o Link para manter os arquivos atualizados quando for preciso mudar os materiais, mas fica a seu critério identificar qual é a melhor opção em cada caso.

Se você não faz idéia do que estou falando, assista a esse vídeo em que explico como funcionam os dois métodos:

Aprenda sobre materiais no Blender Cycles

Ainda não conhece o processo de criação de materiais no Blender Cycles? Recomendo conferir os seguintes cursos do EAD – Allan Brito para conhecer como é possível configurar seus próprios materiais no Cycles:

Detalhes sobre a produção do Cosmos Laundromat

Os usuários do Blender estão acostumados a encontrar nos projetos desenvolvidos pelo Instituto Blender um exemplo de capacidade artística, que é sempre demandada por diversas pessoas que gostariam de usar o Blender profissionalmente e sentem falta de um exemplo “oficial” das suas capacidades. Esses projetos desenvolvidos pelo instituto tem como objetivo criar esse tipo de material, e também desenvolver o Blender como ferramenta pois é uma oportunidade para que desenvolvedores trabalhem de maneira dedicada no software. Isso acaba gerando melhorias ou novos recursos para todos os usuários do Blender. Se você tem interesse em saber mais sobre o desenvolvimento desses projetos, recomendo muito a leitura desse artigo que explica e compartilha detalhes sobre a criação dessas animações.

Um ponto que sempre comento com os meus alunos é a parte relacionada com o orçamento e produção desses projetos. É comum encontrar pessoas interessadas em começar a desenvolver animações ou jogos usando softwares 3d, mas que não fazem idéia de quanto custa a parte de produção desses projetos. Ainda lembro de um artigo que comentada os cursos de produção do Big Buck Bunny em algo próximo dos 150.000 dólares. Isso é o custo para uma animação de 10–15 minutos que é produzida ao longo de 9 meses.

victor.jpg

Os custos são divididos entre equipamentos, salários e aluguel de espaços relacionados com a produção. É algo muito custoso! No caso do projeto Gooseberry a coisa não é diferente, mas o escopo do projeto é bem maior. A estimativa inicial é a de que um longa metragem de animação produzido com o Blender iria custar algo próximo de 2.4 milhões de Euros. Até agora o primeiro estágio do projeto já consumiu 400.000 Euros.

Achou caro? É muito menos do que os orçamentos de filmes comerciais como os que encontramos nos cinemas, que giram na casa dos seis dígitos.

Um projeto como esse poderia ser desenvolvido no Brasil? Claro que sim, mas a pessoa responsável pela animação teria que tentar financiamento provado ou então ganhar algum edital de fomento a cultura. Infelizmente esses editais devem ficar mais raros devido ao momento econômico vivido pelo pais.

Ainda assim é interessante conhecer detalhes sobre a produção dos projetos abertos do instituto Blender. Recomendo a leitura do artigo.

Cosmos Laundromat: Primeiro trailer de animação com Blender

Os projetos abertos do Instituto Blender sempre foram considerados como os grandes chamarizes para os recursos que o software oferece em termos de produção, seja para a área de animação e até mesmo jogos com o controverso Yo Frankie!. Todos os projetos abertos do Instituto recebem um nome código correspondente a uma fruta em inglês, e no momento está em produção o Goosebery, que em português é chamada de groselheira. A fruta em si não é nativa do nosso país, e por isso não fazemos uma associação direta com o nome.

Mas, deixando a etimologia e classificação da fruta de lado, o importante é que já temos a disposição o primeiro trailer produzido pelo projeto Goosebery!

Logo no início de agosto o Instituto Blender divulgou o trailer da animação Cosmos Laundromat. Na animação com apenas 10 minutos podemos acompanhar a história dos personagens Franck, Victor e outros interagindo no que é chamado de primeiro estágio do projeto. Ainda não teve a oportunidade de assistir? Esse é o trailer:

O ponto principal do projeto Goosebery é bem ousado e complicado de atingir, que seria a produção do primeiro longa metragem produzido apenas com ferramentas abertas. Além de ter sido produzido com ferramentas abertas, o projeto segue a mesma filosofia das iniciativas anteriores do Instituto Blender, que é lançar os arquivos fonte do projeto para todos os interessados em aprender o processo de criação.

Só o fato de termos um pequeno vídeo de 10 minutos sendo apresentado como o estágio um do projeto, já mostra o tamanho e potencial do que poderemos encontrar no futuro. A maioria dos projetos de animação com Blender do Instituto acabava exatamente com vídeos de 10 minutos, e agora temos o mesmo tipo de material sendo apresentado como uma amostra.

Quer ajudar o Goosebery? O projeto é financiado com os recursos do serviço Blender Cloud.

Aprendendo animação com o Blender

Ficou interessado em produzir animação com Blender? Nesse caso recomendo visitar os seguintes cursos do EAD – Allan Brito:

Download gratuito: Biblioteca de materiais no Cycles

A configuração de materiais em softwares 3d representa grande parte do trabalho de ajustes e refinamento de qualquer cena 3d, e no Blender isso não é diferente. Os meus alunos estão sempre me questionando sobre meios para acelerar esse tipo de ajuste, e a minha resposta sempre é a mesma: “monte a sua biblioteca de materiais!”. É por esse motivo que sempre estou compartilhando dicas qui no blog com materiais prontos para usar no Cycles ou renderizador padrão do Blender. Esses recursos são muito importantes para o aprendizado do software e também o uso em projetos.

Com uma boa biblioteca de materiais no Cycles, você pode aproveitar alguns shaders já prontos para superfícies como madeira, metal ou outros materiais e economizar muito tempo de edição. Mas, nem sempre os materiais de bibliotecas podem servir totalmente em todos os projetos. Mesmo nessas situações você terá um bom ponto de partida para começar a editar os seus próprios materiais.

Quer fazer o download de uma biblioteca de materiais no Cycles? O site Addicted to CG está compartilhando uma biblioteca de materiais no Cycles com 20 shaders diferentes dos mais variados tipos e tipologias. E seguindo o princípio de adaptar os materiais as suas necessidades, é possível fazer ajustes e configurações próprias nos materiais e adequar os materiais em qualquer tipo de projeto.

<li><a href="https://www.allanbrito.com/curso-materiais-avancados-cycles" rel="nofollow">Curso sobre materiais avançados com Blender Cycles</a></li>    <li><a href="https://www.allanbrito.com/curso-modelagem-renderizacao-produtos-com-cycles" rel="nofollow">Curso de modelagem e renderização de produtos com Blender Cycles</a></li>    <li><a href="https://www.allanbrito.com/curso-renderizacao-avancada-blender-cycles" rel="nofollow">Curso sobre renderização avançada com Blender Cycles</a></li> biblioteca de materiais no Cycles

Esse é o tipo de recurso que você não pode perder para montar a sua biblioteca de materiais no Cycles!

Aprendendo a criar a sua biblioteca de materiais no Cycles

A configuração de materiais no Cycles exige conhecimento do renderizador e também a manipulação dos chamados Nodes do Blender, pois basicamente todo o processo de ajuste dos materiais é feito usando esse recuso. Quer aprender a usar o Node Editor do Blender para configurar materiais? No EAD – Allan Brito você encontra cursos relacionados com ajustes de materiais e render no Cycles: