Dica AutoCAD – Restaurando a linha de comando

O AutoCAD é um dos softwares de CAD mais difundidos mundialmente devido principalmente a forte associação que todos fazem ao termo CAD com o seu nome, mas também devido ao histórico do software que já está no mercado de desenho assistido por computador desde os já longínquos anos 80. Outro fator que ajuda muito no uso do AutoCAD é a sua adoção em instituições de ensino, em que até mesmo os professores orientam os alunos a procurar por cursos de AutoCAD para seguir em disciplinas de projetos em graduações de arquitetura, engenharia e outras. Isso se deve muito ao fato do software se antigo, e muitos professores simplesmente não querem ter o trabalho de procurar alternativas ao AutoCAD.

Existem sim muitas alternativas ao AutoCAD disponíveis no mercado, algumas delas disponíveis como softwares gratuitos (freeware) ou então por valores bem mais convidativos do que a ferramenta da Autodesk. Mas, a quantidade de usuários de AutoCAD ainda é relativamente alta.

Sempre que tenho a oportunidade de ministrar algum curso presencial de AutoCAD ou disciplina que faz uso do software, percebo que os usuários acabam tendo problemas com uma parte fundamental da interface do software. A janela com a linha de comando do AutoCAD!

Dica AutoCAD - Restaurando a linha de comando

Quem nunca usou o AutoCAD ou softwares de CAD não deve saber muito bem sobre o que estou falando, pois tirando alguns poucos exemplos como o Rhino 3D, a existência de uma linha de comandos é característica marcante dentro da área.

A dificuldade a que me referia em relação aos usuários, é que muitos deles acabam fechando acidentalmente essa janela e em pânico saem do AutoCAD e tentam até mesmo usar subterfúgios para fazer a janela volta. Você acha exagero? Já vi pessoas até mesmo desinstalar o AutoCAD do computador, pois não fazia idéia de como restaurar a linha de comando.

Dica AutoCAD – Restaurando a linha de comando

É por isso que essa dica pode parecer simples para usuários experientes, mas deve ajudar muitos iniciantes no software. O atalho mais rápido para restaurar a linha de comando é a combinação das teclas CTRL+9! Sim, só isso! Agora você já sabe, se fechar a linha de comando do AutoCAD novamente é só usar CTRL+9.

Download gratuito do AutoCAD

Para fazer o download gratuito e legalizado do AutoCAD, recomendo ler as orientações nesse artigo que publiquei algumas semanas atrás aqui no blog.

Web-CAD é uma alternativa ao AutoCAD gratuita baseada em HTML5

A maioria das pessoas que trabalha com CAD sabe que encontrar boas alternativas para softwares como o AutoCAD é sempre interessante, pois apesar do software possuir uma boa base de usuários no Brasil, ainda são poucos que trabalham de maneira legalizada com a aplicação. O custo do software ainda é um impeditivo para muita gente que gostaria de trabalhar regularmente com o AutoCAD. A boa notícia é que existem inúmeras opções e alternativas ao AutoCAD como é o caso do excelente e gratuito DraftSight. Os interessados em uma tecnologia que ainda está mostrando do que é capaz, e não tem medo de trabalhar com aplicações Web, pode conferir o Web-CAD.

A proposta do Web-CAD que é um projeto desenvolvido e distribuído de maneira gratuita nesse endereço é oferecer uma opção simples de desenho em CAD, usando a tecnologia do HTML5 e recursos dos modernos navegadores web. O resultado é uma aplicação que funciona diretamente na web e pode ser apenas o primeiro passo para algo mais sofisticado.

Web-CAD alternativa gratuita ao AutoCAD

Essa não é a primeira aplicação CAD baseada em web do mercado, mas é a primeira que é distribuída de maneira gratuita, e pode até mesmo ser usada como base para instalação no seu próprio servidor web. Já pensou adicionar a aplicação no servidor do seu escritório, e trabalhar no seu próprio CAD? Claro que a aplicação ainda é muito simplória, e dificilmente alguém iria desenvolver projetos complexos dentro do Web-CAD.

Mesmo sendo simples, o Web-CAD pode ser interessante para estudantes e acadêmicos da área de computação gráfica que estejam trabalhando nos seus projetos de graduação ou pesquisa. Pois, como a base da aplicação é toda aberta, as pessoas podem consultar o código fonte da aplicação para compreender como a tecnologia HTML5 é usada junto de muito javascript, css e principalmente a tag canvas do HTML5.

Esse é um dos assuntos que ministro nas minhas aulas presenciais sobre multimídia para web em que uso o HTML5, mas apenas com aplicações na construção de interfaces animadas, pois um projeto como a criação de alternativas ao AutoCAD para desenho técnico é algo que iria gerar pânico entre os alunos, e possivelmente até mesmo um motim!

Tutorial gratuito de Revit: 14 horas de vídeos para download

Os softwares que ajudam na criação de projetos para arquitetura estão em estágio bem avançado nos dias de hoje, e com um pouco de pesquisa e paciência é perfeitamente possível acelerar em muito o desenvolvimento de projetos usando software com suporte a tecnologia BIM. As ferramentas de softwares como SketchUp até ajudam na visualização e concepção do projeto do ponto de vista visual, mas no momento em que são necessários desenhos técnicos e o cálculo de elementos estruturais para fins de construção é preciso recorrer a outros softwares.

Entre essas ferramentas que suportam a tecnologia BIM está o Revit da Autodesk que é um dos destaques do segmento. Os usuários que já conhecem softwares como o AutoCAD devem sentir facilidade ao migrar da interface do AutoCAD para o Revit, pois as duas foram organizadas de maneira propositalmente semelhante com a adoção da interface ribbon.

Como aprender a usar o Revit em projetos para arquitetura?

Se você está interessado em aprender mais sobre o funcionamento do Revit, encontrei no web site CADclips um conjunto de tutoriais em vídeo que podem ser úteis nessa situação. Existe um conjunto de tutoriais em vídeo quem mostram todo o processo de modelagem de uma residência com o Revit, perfazendo um total de 14 horas de material em vídeo!

REVIT SEQ 06

Os arquivos do tutorial gratuito sobre Revit, podem ser copiados nesse endereço. Os arquivos estão organizados em um total de 71 lições que organizam os tutoriais de maneira a facilitar a consulta aos vídeos. O nível de detalhamento dos tutoriais é muito bom, passando em várias áreas do projeto que abrangem desde a criação das paredes e estruturas até a modelagem das telhas dessa edificação.

O único ponto negativo em relação aos tutorials é que todos estão narrados em inglês, o que pode dificultar um pouco a consulta dos tutoriais para algumas pessoas. Mas, se você tiver o Revit instalado no seu computador, apenas com o acompanhamento dos vídeos já será possível começar a criar elementos 3d no software.

Para saber mais sobre a tecnologia BIM, recomendo a leitura desse artigo que descreve as vantagens no uso desse tipo de tecnologia.

SketchUp 8: Importando arquivos DWG na versão gratuita

O lançamento das últimas versões do SketchUp trouxe uma desagradável surpresa para a maioria dos usuários que dependiam do software para criar suas maquetes eletrônicas. Na versão 7 do SketchUp gratuito o suporte a importação de arquivos DWG do AutoCAD só era possível mediante o uso de um plugin que era oferecido de maneira totalmente gratuita pelo Google, que era na época a empresa dona do SketchUp, hoje é a Trimble. Com o lançamento do SketchUp 8 a versão gratuita do software definitivamente perdeu a capacidade de importar arquivos no formato DWG, estando o recurso destinado apenas aos usuários da versão Pro do SketchUp.

Na época muitos usuários entraram em pânico ficaram preocupados em não poder mais utilizar seus projetos desenhados no AutoCAD e salvos em DWG para construir os modelos 3d de maneira mais rápida, usando os desenhos como referência.

Como importar arquivos DWG no SketchUp 8 gratuito?

A pergunta que ilustra o título desse artigo está entre as que mais recebo no formulário de contato do blog todas as semanas. Mas, isso é possível? A resposta infelizmente é que isso não é possível, mas antes que você pare de ler o texto e se dirija aos comentários para reclamar dizer que não ajudei, existe uma solução para o problema.

Importando arquivos DWG no SketchUp gratuito

A solução para esse problema é mais simples do que você imagina, e consiste no uso do SketchUp 6 gratuito. Sim, a última versão gratuita do SketchUp que tinha suporte nativo a importação de arquivos DWG ainda pode ser copiada nesse endereço, e serve como alternativa para as pessoas que realmente querem usar arquivos DWG para modelagem no SketchUp 8 gratuito.

A técnica é simples:

  1. Instale o SketchUp 6 gratutio
  2. Importe um arquivo DWG qualquer
  3. Salve o arquivo no SketchUp 6 no formato SKP
  4. Abra o mesmo arquivo (SKP) no SketchUp 8 gratuito, e o seu desenho em CAD estará no arquivo.

Nesse caso o SketchUp 6 serve apenas como plataforma em que você vai importar os arquivos DWG, para depois editar o projeto na versão 8. Isso deve ajudar a todos os estudantes e artistas que gostariam de usar esse tipo de recurso nos seus projetos.

Aprendendo a modelar no SketchUp para arquitetura

E para as pessoas que gostariam de desenvolver as suas habilidades de modelagem 3d no SketchUp para arquitetura, e ainda não conhecem completamente o software, recomendo visitar as páginas dos dois cursos abaixo:

  • Curso de modelagem para arquitetura com SketchUp: O curso apresenta as técnicas de modelagem e ferramentas necessárias para que você possa em pouco tempo criar maquetes eletrônicas para arquitetura no SketchUp.
  • Curso de modelagem avançada usando Plugins no SketchUp: Apesar de possuir inúmeras opções de modelagem, o SketchUp é limitado em alguns aspectos. Mas, essas limitações podem ser removidas com o uso de plugins. Nesse curso você aprende a trabalhar com os principais plugins para modelagem no SketchUp. Todos os plugins abordados no curso são gratuitos.

Curso de modelagem para arquitetura com SketchUp: Aula 05 disponível

O curso de modelagem para arquitetura com SketchUp recebeu mais uma atualização ontem e agora a sua aula 05 já está disponível para as pessoas inscritas no curso. A aula 05 aborda as ferramentas que ajudam na criação de terrenos no SketchUp desde a parte relacionada com modelagem mais orgânica, até mesmo a criação de terrenos com base em curvas de nível. O SketchUp é uma ferramenta de modelagem baseada em edição de polígonos e formas geométricas simples, por isso algumas pessoas ainda acham estranho que ele acabe disponibilizando opções para criação de superfícies orgânicas como terrenos.

A primeira parte da aula mostra exatamente como trabalhar com esse tipo de ferramenta no SketchUp sem a necessidade de instalar nenhum plugin ou script extra ao software.

Mas, é na segunda parte da aula em que são apresentadas as opções para fazer cortes e planificar terrenos que a coisa fica realmente interessante. Podemos trabalhar com os platôs em que as edificações devem ser posicionadas nos terrenos, e com as ferramentas de edição do SketchUp é possível planificar, ou simular movimentações de terra no terreno, qualquer área para preparar a cena de maneira que seja possível posicionar qualquer maquete naquela localidade.

A imagem abaixo mostra o resultado do exercício de modelagem realizado no final da aula, em que é criado um terreno e parte dele é planificada de maneira que seja fácil posicionar qualquer edificação naquela localidade.

SketchUp-Curso-terrenos.jpg

Caso você tenha interesse em participar do curso e assistir as outras aulas que abordam assuntos relevantes para modelagem em arquitetura como:

  • Modelagem de paredes
  • Modelagem de telhados
  • Modelagem de esquadrias
  • Uso de componentes

Então, você deve visitar a página do curso de modelagem para arquitetura com SketchUp 8, e na parte inferior da página está localizado o ícone de inscrição.

Essa foi a segunda atualização no EAD – Allan Brito relacionada com aulas dessa semana. Já tivemos o lançamento do curso sobre Materiais e texturas com Blender, e continuo atualizando a última aula do curso de modelagem para arquitetura com Blender. Os próximos cursos a receber atualizações são: