Exemplo de animação realista de personagens e vestuário

No que concerne a animação de personagens a movimentação dos bones nos softwares 3d, pode não ser suficiente para conseguir passar a impressão de realismo, ou contextualizar a sua história. Os personagens geralmente precisam de adereços, figurinos e pequenos detalhes para ajudar a contar uma história. Entre os detalhes mais trabalhosos para qualquer personagem virtual, podemos listar a animação de cabelos e depois a parte de vestuário. Apesar de existirem ferramentas integradas na maioria das suítes 3d, a manipulação e criação de animações com tecidos é bem trabalhosa.

Mas, assim como acontece com partes especializadas na animação com física, em que temos ferramentas para animação realista de fluidos como o RealFlow e diversas opções para partículas, é possível encontrar softwares especializados em animação de tecidos.

Softwares especializados em animação de tecidos virtuais

Um desses softwares é o Marvelous Designer que tem uma proposta bem direta, relacionada com a animação e design de vestuário usando recursos de animação e física. O objetivo do projeto pode não ser uma animação 3d, mas o desenvolvimento de peças de roupa, mas a tecnologia por trás do Marvelous Designer é de impressionar.

O vídeo abaixo é um exemplo de como essa ferramenta pode ajudar no processo de criação de vestuário e a sua aplicação em animação. O objetivo desse vídeo é mostrar um tipo de desfile virtual, em que foram criadas peças de vestuário com o software que depois foram aplicadas em personagens virtuais. A animação é gerada no Marvelous Designer e depois os keyframes são gravados no software, para que seja possível exportar o resultado para outras ferramentas 3d. Isso é importante para habilitar renderizações de alta qualidade.

Esse tipo de ferramenta tem grande potencial para aplicação em projetos de animação realista, que precisem de personagens com grande quantidade de figurinos e que demandem algo realista no movimento e deformações dos tecidos. É possível criar algo semelhante usando apenas os softwares 3d, mas o tempo necessário para atingir esse mesmo resultado é muito maior!

O Marvelous Designer não é uma ferramenta gratuita, mas pela qualidade e facilidade com que oferece animações simulando tecidos, ele pode ser uma opção para projetos com prazos cursos e que disponham de recursos financeiros para investir em soluções desse porte. Para quem quiser testar a ferramenta, existe uma versão de testes que funciona por 30 dias.

Marvelous Designer: Software especializado em tecidos 3d

Os métodos e técnicas utilizados para simular roupas e tecidos em 3d são os mais diversos, mas independente da técnica utilizada pelo artista 3d, a criação de tecido acaba envolvendo o uso de técnicas híbridas de modelagem, pois temos uma mistura de objeto que reage com base em interações físicas e se deforma de maneira muito fácil. Um dos procedimentos mais simples para simular tecidos em personagens e objetos é literalmente modelar a roupa sobre os objetos e depois tentar tratar o resultado usando texturas. A quantidade de personagens que faz uso desse tipo de artifício para representar seu vestuário é bem grande.

De uns tempos para cá aparecerem ferramentas especializadas em simular tecidos com base em física, que são geralmente agrupadas junto de opções com Rigid Body Dynamics e outras. Esse tipo de ferramenta ajuda muito na maioria dos projetos, mas ele é apenas uma opção de simulação para alguma coisa que já foi modelada. Já pensou se existisse uma ferramenta dedicada que criasse apenas tecidos em 3d? Essa ferramenta existe e o seu nome é Marvelous Designer, e o seu objetivo principal é trabalhar com o design e modelagdem 3d de tecidos que podem gerar roupas ou adornos para objetos em 3d. O software não é gratuito, mas possui uma versão de testes que funciona por 30 dias, e pode ser copiada diretamente do seu web site.

Quer saber como o software funciona? O vídeo abaixo mostra um pouco de como podemos aproveitar o Marvelous Designer para criar roupas para um personagem criado no LightWave 3D. Repare como o processo de criação da roupa é simples, e consiste no posicionamento e montagem de vários planos representando as várias partes do tecido da vestimenta.

Com a ferramenta é possível economizar e agilizar o design de produção para animações com vários personagens, ou mesmo ajudar na criação de tecidos para móveis usados em visualização para arquitetura. A aplicação desse tipo de ferramenta na criação de móveis fica bem evidente quando utilizamos como exemplo, alguns tipos de peças que precisam de grande quantidade de detalhes em tecidos como sofás, cortinas e algumas cadeiras. O custo pode parecer alto, mas para quem precisa de detalhes realistas em tecidos, o investimento parece compensar.

Tutorial Maya: Usando o nCloth para animar tecidos

Uma das partes mais interessantes do Maya é o seu robusto conjunto de ferramentas para gerar animações baseadas em física, que permite a qualquer artista com acesso ao software trabalhar com elementos como tecidos, rigid body e outros tipos de animação. Esse artigo é sobre uma dessas opções de física do Maya, que é o nCloth para gerar animações baseadas em física de tecidos. A ferramenta é extremamente simples de usar dentro do Maya, e pode ajudar muito a criar partes de personagens ou mesmo cenários que tenham objetos representando tecidos.

No vídeo abaixo eu mostro como funciona a criação de um plano que simula esse tipo de comportamento usando o nCloth no Maya 2011:

No começo do vídeo abordo o tratamento necessário para objetos poligonais que precisem receber deformações, que é a simples adição de subdivisões nesse tipo de objeto, caso contrário os polígonos não conseguem receber deformações. Por isso, o objeto que é usado como tecido, que é um plano simples, recebe boa quantidade de subdivisões para se comportar como plano.

Depois que o objeto estiver criado e com boa quantidade de subdivisões, basta selecionar o mesmo e transformar ele em um nCloth na aba própria para isso, que é chamada de nCloth. Se a animação na cena for acionada, o plano começará imediatamente a receber influência da gravidade, e despenca no vazio da cena. Para evitar isso, é necessário adicionar obstáculos, e isso pode ser feito com outro objeto poligonal que recebe a atribuição de colisão com nCloths. Essa opção está logo ao lado do nCloth, e pode ser aplicada em praticamente qualquer objeto no Maya.

O vídeo mostra como fazer isso usando uma esfera, resultando em um obstáculo para o tecido, que agora colide com o objeto e acaba mostrando como é realista a simulação de tecidos com o Maya.

Mas, isso não é tudo, pois no vídeo ainda mostro como trabalhar com restrição de transformações em vértices do plano. Esse tipo de ferramenta acaba deixando fixos alguns pontos selecionados do plano, e gera um efeito interessante de elementos fixos no tecido.

Com esse tutorial você deve conseguir criar animações baseadas em física com tecidos no Maya de maneira rápida e quem sabe, explorar um pouco mais as opções de animação com tecidos no software.

Animações de papel amassado com o Cinema 4D usando Cloth

Algumas coisas no trabalho de animação 3d são bem peculiares. Por exemplo, tarefas e atividades que são extremamente simples no mundo real, podem assumir altos níveis de complexidade para fazer em 3d, sem um mínimo de ferramentas personalizadas. Por exemplo, o ato de pegar um pedaço de papel para amassar é simples, mas fazer esse tipo de operação em 3d é muito complicado. Se você tiver conhecimentos sobre scripts, como Python ou MAXScript pode elaborar uma pequena rotina para ajudar. Como esse tipo de conhecimento é demasiadamente complexo de atingir em 3d, o mais fácil mesmo é partir para artifícios que podem nos ajudar a realizar essa tarefa.

Qual seria a melhor ferramenta? Um artista que usa o Cinema 4D, teve uma ótima idéia, de usar a ferramenta Cloth do Cinema 4d para ajudar na criação desse tipo de tutorial. O resultado? Uma animação rápida e convincente de um plano sendo amassado, que pode ser até mesmo adaptada para outras ferramentas 3d.

Se você quiser aprender o procedimento, ele gentilmente gravou tudo em vídeo o publicou no Vimeo:


Paper Crumple Tutorial in Cinema 4D from Mike on Vimeo.

O procedimento no começo do vídeo é bem simples e não requer grandes conhecimentos, o artista cria dois planos, um que serve como base e outro é o papel.

Depois que os objetos estão posicionados, ele adiciona a tag Cloth do Cinema 4D no objeto que representa o papel. Bem, nesse ponto aparece um comentário muito importante, que nesse tipo de ferramenta como o Cloth é muito valioso. O autor descreve que as configurações que ele usa para esse tutorial em particular, funcionam para a cena dele, mas não quer dizer que os mesmos parâmetros funcionam com outras cenas.

O processo de investigação, com a chamada tentativa e erro, consiste em um dos mais ricos meios de encontrar novos efeitos para animação. É mais ou menos o que acontece com aqueles efeitos mirabolantes com filtros do Photoshop, em que os artistas adicionam uma seqüência interminável de filtros, para conseguir um determinado efeito.

Em 3d, esse processo pode levar o artista a encontrar novos usos, para ferramentas que a princípio simular outros processos.

Quer uma dica? Abra o seu software 3d favorito e tente reproduzir o efeito.

Tutorial sobre pêlos e cabelos com partículas no Blender 3D

O desenvolvimento de um personagem virtual envolve uma série de fases, sendo que a parte de modelagem 3d usando polígonos ou escultura é apenas o começo, a parte de acabamento do personagem pode literalmente dar vida a sua criação. O Blender 3D recebeu uma grande atualização no seu sistema de partículas, na versão 2.46 e agora possibilita a criação de simulações para cabelos e pêlos, ainda mais complexos que antes. Quando isso é somado com o sistema de materiais e nós, a ferramenta fica ainda mais completa!

O que é necessário para adicionar cabelos em um personagem?

Você precisa conhecer o sistema de partículas, materiais e o funcionamento do weight paint do Blender. Um ótimo exemplo de como essas ferramentas podem ajudar, pode ser visualizado nesse ótimo tutorial em vídeo que apresento nesse artigo. O tutorial mostra um personagem semelhante ao King Kong, em que o artista precisa adicionar pêlos sobre a malha, para que o personagem possa assumir uma aparência mais real.

Esse é o vídeo:


Blender Fur Tutorial from Dave Ward on Vimeo.

Repare que o maior desafio do artista para configurar esse tipo de personagem é a seleção das áreas que devem emitir partículas. Por exemplo, repare que na parte central do personagem não está emitindo partículas, deixando a barriga do personagem visível.

Isso é feito com o Weight Paint, em que você vai literalmente pintar as áreas em que o modelo 3d do personagem deve emitir as partículas. Para essa tarefa o Blender 3d tem um modo especial de pintura, que é muito útil para esse tipo de tarefa e também para a configuração de Soft Bodies, Cloth e deformações para animação de personagens.

Um ponto importante para que os pêlos e cabelos dos personagens sejam representados de maneira realista é a iluminação. Sim, a iluminação tem grande influencia no render final da imagem, para que os filamentos tenham uma aparência realista. Repare no tutorial que o personagem está posicionado entre várias Spots, que não são visíveis a principio, mas analisando melhor o vídeo, podemos identificar a estrutura delas no tutorial.

Portanto, para os usuários que gostariam de aprender um pouco mais sobre o Blender 3D, essa é uma ótima oportunidade para aprender um pouco mais sobre criação de personagens virtuais.