Comercial produzido com Blender e Lightworks

Os projetos usando o Blender voltados para o mercado publicitários estão começando a se espalhar de maneira impressionante nesses últimos meses, e muito disso aconteceu graças a incorporação do sistema de tracking. Para quem não lembra o sistema de tracking do Blender foi desenvolvido para ajudar na produção do curta Tears of Steel, e posteriormente acabou virando uma ferramenta nativa do Blender. O importante é que depois de adicionado ao software, agora todos podem aproveitar os recursos e misturar vídeo com elementos em 3d. Como muitas produções voltadas para a publicidade usam esse tipo de recurso, era apenas questão de tempo mesmo até que os projetos começassem a aparecer.

Essa semana um artista chamado Alessandro Dalla Fontana divulgou um comercial totalmente produzido com o Blender, e editado no Lightworks. O Lightworks é um editor de vídeo não-linear semelhante ao Adobe Premiere e Final Cut com a diferença de ser totalmente Open Source. O vídeo do comercial produzido com o Blender é o seguinte:

O vídeo é bem curto e funciona bem para o propósito do comercial, mas nada se compara ao making of divulgado pelo artista! No making of podemos acompanhar a gravação do vídeo em estúdio e principalmente o sistema de tracking do Blender em ação, interagindo com os elementos para compor a cena.

O ambiente de estúdio e equipamentos usados na produção ajudam muito na parte de pós-produção, mas o que realmente deixa qualquer usuário do Blender empolgado é que o software responsável pela finalização do projeto já está instalado no seu computador, caso você tenha o Blender. E o software é totalmente gratuito.

Esse tipo de ferramenta ajuda a demonstrar a importância dos projetos Open Movie realizados pelo instituto Blender, e como compensa investir no desenvolvimento do mesmo!

Se você não conhece o Blender e gostaria de começar a usar a ferramenta nos seus projetos, recomendo uma visita ao EAD – Allan Brito para conferir os cursos de Blender, e também participar do sorteio que estou realizando ao longo do mês de Outubro. É só seguir as orientações desse artigo, e você pode concorrer a livros sobre arte digital usando Blender e outros softwares 3d. Os cursos gratuitos do EAD – Allan Brito não fazem parte do sorteio.

Eco Valley: Comercial produzido com o Blender

O mercado publicitário é um grande consumidor de material gráfico e computação gráfica devido a necessidade de apresentar produtos e campanhas em mídias como a televisão, cinema e vídeo em geral. Como o ecossistema de material produzido no meio é vasto e diversificado, a melhor maneira de ganhar destaque é com o uso de recursos gráficos 3d e técnicas que animação que possam prender a atenção do espectador. E nesse ponto o Blender pode ser de grande ajuda para diversas produtoras e agências de publicidade.

O uso do Blender para a produção de comerciais e material publicitário não para de crescer e os exemplos aparecem a cada dia, e para a nossa grata surpresa o vídeo que tenho para mostrar nesse artigo foi produzido aqui no Brasil. O estúdio inciteVFX trabalhou na produção de uma vinheta para o Eco Valley, que é um empreendimento imobiliário como vários que aparecem em comerciais nos intervalos da programação da televisão em diversos estados.

O vídeo com o comercial é esse:

No comercial podemos perceber que o sistema de tracking e composição do Blender faz muito a diferença nesses casos, em que é necessário mesclar elementos gravados em live action com objetos 3d. A adição do recurso no Blender abriu oportunidades e projetos para os quais poucas pessoas consideravam o softwares até alguns meses atrás.

Além desse excelente exemplo de comercial produzido com o Blender, recomendo o artigo em que falei sobre outro comercial criado com o Blender para a Coca-Cola, mas dessa vez em Israel. E para fechar o artigo, existe ainda o comercial para a empresa de material de limpeza Cif que foi produzido pelos nossos vizinhos da Argentina.

Aprendendo a usar o Blender

Caso você tenha ficado impressionado com o potencial do Blender para produção de comerciais para televisão e vídeo de maneira geral, recomendo uma visita ao EAD – Allan Brito para conferir os cursos sobre:

Os dois cursos juntos oferecem subsídios para que você possa criar vinhetas e material semelhante ao apresentado nesse comercial, usando recursos avançados de animação e composição do Blender.

Fonte: BlenderNation

Comercial animado produzido com Blender

O uso de um software em projetos que envolvem ao mesmo tempo requisitos e qualidade e tempo é sinal de que os profissionais e produtoras confiam na sua capacidade técnica e potencial, e o mercado publicitário é um excelente termômetro dessa aceitação. Já mostrei aqui no blog comerciais produzidos para a televisão que usaram o Blender como base para produção, envolvendo até mesmo gigantes do mercado como a Coca-Cola. Hoje apresento outro comercial produzido totalmente com o Blender, e que foi obra dos nossos vizinhos argentinos. O comercial dessa vez é para a marca de produtos de limpeza Cif, que também está presente no mercado brasileiro.

Comercial animado produzido com Blender

Comercial produzido com Blender

O comercial é de autoria do estúdio Flamboyant Paradise e pode ser conferido na íntegra a seguir:

O vídeo envolveu uma boa quantidade de profissionais do estúdio, levando um total de 3 meses aproximadamente para ser concluído, e usou apenas o Blender para toda a parte de 3D. Com a ajuda do Blender Cycles e a aceleração por GPU, o projeto todo foi renderizado com apenas quatro computadores e tomou em média 15 minutos para gerar cada frame. A equipe não divulgou a configuração da placa de vídeo usada no processo, apenas a memória da mesma que é de 1GB, o que é razoável para placas contemporâneas. A lista com todos os integrantes da equipe envolvida no projeto, assim como diversos exemplos de arte conceitual e storyboards, pode ser conferido no web site do estúdio.

Com mais esse exemplo de material com alta qualidade em termos visuais e animação, é fácil entender o motivo que está levando estúdios e profissionais a investir cada vez mais no Blender. Apesar de possuir as ferramentas e recursos, ainda foi necessário preparar o projeto por 3 meses até chegar no final com aproximadamente 30 segundos de animação, o que mostra como esse tipo de produção é trabalhosa e demanda muito tempo!

Se você é usuário do Blender e sempre procurou criar animações nesse estilo, o comercial mostra que com organização e vontade é possível! Ainda não é usuário do Blender? O software é totalmente gratuito e pode ser copiado nesse endereço, e caso você queira uma ajuda para começar a sua produção, pode conferir os cursos do EAD – Allan Brito sobre Blender.

Comercial da Coca-Cola produzido com Blender

O uso de um software dentro e mercados extremamente competitivos é sinal de que artistas e produtora estão apostando no seu potencial, como forma de concretizar projetos complexos. Em termos de complexidade e prazos nenhum mercado é tão exigente como o publicitário, sendo local para os fortes de coração devido aos altos valores investidos nos projetos, prazos apertados e desafios técnicos. É por isso que sempre fico muito feliz ao perceber que o Blender está aos poucos desbravando cada vez mais esse espaço.

A empresa que teve um de seus comerciais para a televisão produzidos com o Blender dessa vez foi a Coca-Cola e a sua marcante tradição de criar comerciais envolvendo aspectos gráficos complexos.

Comercial da Coca-Cola produzido com Blender

Comercial da Coca-Cola produzido com Blender

Apesar de ficar animado com a notícia, será complicado conferir o comercial em si na televisão local, pois o mesmo está sendo transmitido apenas na televisão em Israel. Mas, na era do Youtube fica fácil de conferir o material.

O Blender foi usado em todo o comercial que aproveita os seus recursos e capacidade em animação 3d, modelagem dos personagens e principalmente no tracking. É importante notar como no comercial os personagens virtuais algumas vezes acabam interagindo com objetos reais, e com as capacidades adicionadas recentemente ao Blender nesse sentido é muito fácil e rápido aplicar efeitos do tipo no software.

Os responsáveis pela produção do comercial foi o estúdio israelense de animação PitchiPoy, que adotou o Blender como ferramenta para esse comercial. Já tivemos oportunidades de conhecer o Blender sendo usado em comerciais nacionais, quando conferimos o portfólio de Teisson Fróes aqui no Blog, mas ao que tudo indica a tendência é que cada vez mais comerciais sejam produzidos com o Blender.

Aprendendo a usar o Blender

Para aprender a usar o Blender com recursos semelhantes aos apresentados nesse comercial, recomendo visitar o EAD – Allan Brito e conferir os seguintes cursos online sobre o software:

Making of de comercial usando o LightWave 3d: Cachorro-peixe

Um comercia muito interessante está sendo veiculado nas TVs aqui do Brasil há algumas semanas, em que um carro da Volkswagen é tão bom que cabe até mesmo um cachorro-peixe. Claro que uma suposta aparição desse cachorro-peixe teria que ser trabalhada como computação gráfica e foi exatamente isso que aconteceu. Esse comercial é exclusivo para o mercado brasileiro, por isso os amigos que estão lendo esse artigo em outros países podem não conhecer o comercial. Por isso, estou publicando o vídeo que está disponível no Youtube. Como é de costume, a minha análise sobre o comercial não envolve o mercado publicitário, e sim a produção técnica do mesmo. Qual foi o software usado para produzir o comercial?

Mesmo que muita gente ainda desconheça, o software usado foi o LightWave 3D, como o título do artigo já denuncia. Isso prova que não é necessário usar os softwares mais “famosos” para produzir material de qualidade.

Antes de continuar o artigo, caso você não tenha assistido ainda o comercial, aqui está o vídeo:

Para promover o comercial e o excelente trabalho realizado pela Bitt Animation, responsável pela parte de computação gráfica do comercial, a Newtek publicou na sua newsletter uma entrevista com o pessoal do estúdio, fazendo várias perguntas sobre o uso do LightWave 3d no comercial.

No texto, disponível apenas em inglês, podemos encontrar algumas imagens do modelo 3d do cachorro e algumas informações interessantes sobre a produção:

  • O tempo total de produção do comercial foi de cinco semanas
  • Apenas o LightWave foi usado para a modelagem e animação
  • Na renderização foi usada a radiosidade do LightWave, que é uma das melhores ferramentas de render do mercado
  • O tracking da câmera foi feito diretamente no LightWave, posicionando a parte gravada em locações reais como plano de fundo e animação sobre as imagens
  • As cenas mais difíceis envolviam os closes do personagem, quando a câmera estava muito próxima do mesmo a iluminação ficava muito mais complicada

Esses são apenas os principais pontos comentados no artigo, que apresenta muito mais informação. Ainda é possível fazer o download do comercial em formato MOV.

Um dado interessante, a Bitt Animation é baseada na Argentina.