Dicas para iluminar e renderizar interiores com Blender e YafaRay

A iluminação de ambientes internos é uma das partes mais complicadas no que diz respeito a configuração e ajustes nas luzes de softwares 3d, pois um projeto dificilmente aproveita os mesmos ajustes aplicados em um ambiente várias vezes, sendo necessário partir do zero quando iniciamos outro projeto. Por isso, desenvolver um bom senso de posicionamento e ajustes dos parâmetros é fundamental para conseguir localizar as luzes em locais estratégicos, e sempre utilizar escalas corretas para modelar os seus ambientes é muito importante.

Uma das melhores maneiras de aprender a adicionar esse tipo de iluminação em ambientes internos é por meio de exemplos, e na semana passada descobri um excelente exemplo de iluminação interna para quem utiliza o Blender e o YafaRay como base para seus projetos.

Como iluminar ambientes internos com o Blender e YafaRay?

Um artista e usuário do YafaRay com uma gama impressionante de projetos publicados nos fóruns do YafaRay publicou um de seus últimos projetos nesse mesmo fórum, e como não poderia deixar de ser, o tema era a imagem de um quarto que você pode conferir na imagem abaixo.

yafaray-blender-architecture-lights.jpg

O interessante desse projeto é que o artista, chamado suomi, publicou no fórum o arquivo usado para renderizar essa imagem, sem nenhuma peça de mobiliário, e com os ajustes e parâmetros das luzes e do render com o YafaRay intocados! Sim, você pode fazer o download do arquivo e estudar todos os ajustes e parâmetros utilizados pelo artista para configurar a iluminação nessa cena.

Só existe um pequeno detalhe para o qual você deve tomar um pouco de cuidado antes de partir para o download. O artista ainda está usando o Blender 2.49 e o YafaRay compatível com essa versão. A versão do Blender é a 2.4x e não a recente 2.5x! Portanto, ao abrir esse mesmo arquivo em versões mais atualizadas do Blender com o YafaRay incorporado, coisas estranhas podem acontecer.

Como usar o YafaRay no Blender 2.5?

O YafaRay ainda não foi totalmente incorporado ao Blender 2.5, e para os que quiserem testar o software com o YafaRay incorporado, recomendo usar alguma das versões de teste disponíveis no graphicall.org.

Ainda não sabe usar o Blender?

Para quem quiser aprender a usar o Blender, recomendo participar do curso gratuito de Blender 2.5, disponível em EAD – Allan Brito. Se o seu interesse for animação, pode fazer também o curso de Animação 3D com Blender, que ganhou mais aulas essa semana, e deve ser atualizado novamente ainda essa semana.

Concurso anual do YafaRay 2010: Objetos esquecidos

Os projetos de visualização que usam computação gráfica geralmente tem como objetivo reproduzir ambientes limpos e perfeitos, sem as imperfeições e detalhes que caracterizam os espaços já usados por pessoas. Esse é o padrão para projetos que pretendem vender arquitetura, contar histórias e na publicidade. Nos softwares de modelagem e animação 3d é simples criar elementos perfeitos na forma e acabamento, sendo inclusive recomendado deformar um pouco a geometria e alterar texturas para aumentar o realismo. O contrário desse resultado que seria adicionar sujeira e outros elementos para transformar os ambientes em espaços antigos e velhos é bem trabalhoso e envolve uso intenso de texturas e deformações na geometria.

Se você nunca tentou realizar esse tipo de ambientação, usando elementos antigos e velhos, a oportunidade para criar esses cenários pode ter surgido com o concurso anual da comunidade do YafaRay. Alguns dias atrás foi lançado o concurso na sua edição 2010, em que se encontram enquadrados nesse meio muitos artistas do Blender 3d. O tema do concurso é exatamente a criação de cenários e objetos antigos e esquecidos.

Nesse contexto podemos destacar também ruínas e outros tipos de espaços antigos. Na própria página do concurso existe uma vasta lista de referências de modelagem para o tema, que podem ser úteis até para pessoas que não sejam usuários do Blender e YafaRay.

Claro que para que seu trabalho seja elegível de participação no concurso, o mesmo deve ter sido renderizado no YafaRay e estar em concordância com as regras expostas no link indicado no início do artigo. A participação nesses concursos é sempre uma boa oportunidade de testar as nossas habilidades e criar coisas um pouco diferentes do circuito comercial.

O YafaRay é um renderizador de código aberto gratuito que funciona junto com o Blender. Hoje só é possível aproveitar o software na sua plenitude usando a versão 2.49 do Blender que até o final do ano deve ser substituída pela 2.60. Existe um projeto em andamento para criar um script que exporte cenas do Blender 2.5 versão de desenvolvimento para o YafaRay. Esse projeto está inclusive sendo realizado por um Brasileiro chamado Victor Oliveira, além de outro projeto parte do Google Summer of Code 2010. Até agora nenhum arquivo ou versão experimental do script foi disponibilizado, mas assim que for lançado eu aviso aqui no blog. Portanto, será necessário realizar o projeto no Blender 2.49.

Metal escovado no Blender 3D e YafaRay

Os materiais metálicos já demandam de uma boa quantidade de trabalho para conseguir gerar efeitos de reflexão e o aspecto de metal. Entre os diversos tipos de metal que podemos criar em ambientes 3d está o chamado metal escovado, muito comum em projetos envolvendo o design de interiores e visualização para arquitetura. Alguns softwares disponibilizam as configurações para esse tipo de metal já pré-instaladas nos softwares, mas quando não temos essa facilidade disponível é preciso partir para a configuração do material diretamente nos shaders do software.

Caso você use o Blender 3D e o YafaRay para criar os seus projetos, encontrei um tutorial interessante que mostra os procedimentos necessários para criar esse tipo de material, usando uma técnica que mescla o uso de texturas baseadas em bitmaps e os ajustes do material Glossy do YafaRay. O vídeo mostra o processo completo, inclusive com a aplicação dos filtros e efeitos para criar as ranhuras no Photoshop.

A configuração do material no YafaRay é bem simples e consiste apenas no ajuste do material do tipo Glossy para refletir o seu entorno, como faríamos com metal cromado. O segredo para criar esse tipo de metal escovado é usar uma textura. O procedimento para criar essa textura consiste na aplicação de um filtro Add Noise e depois a deformação da imagem com o Free Transform.

Assim que o processo de configuração está concluído, na própria janela do YafaRay é possível visualizar o resultado do efeito com metal escovado. Mas, antes é preciso alterar os ajustes do mapeamento da textura no painel de materiais do Blender 3D.

Nesse caso é recomendável ter um pouco mais de prática na criação desse tipo de textura, pois os projetos envolvendo metal escovado na maioria das vezes demandam o uso de padrões e desenhos pré-definidos pelo autor do projeto. Isso faz com que seja necessário deformar e tratar a imagem para conseguir criar o efeito do escovado para o projeto. Se você quiser usar a mesma cena de testes usada pelo autor do tutorial para aplicar o seu material, visite esse link para acessar o arquivo com esse mesmo modelo 3d, usado no tutorial com a iluminação pronta e texturas aplicadas.

Tutorial Blender 3D e YafaRay: Como usar texturas com transparência?

Já faz alguns dias desde que publiquei aqui no blog um tutorial que mostrava como é possível configurar texturas com canal alpha, para renderização no Blender 3D e LuxRender. Esse tipo de textura é muito interessante para representar árvores ou pessoas em projetos e cenários virtuais, principalmente quando é necessário trabalhar com visualização de projetos para arquitetura. Depois de publicar aquele tutorial, resolvi produzir uma outra versão da mesma técnica, mas agora usando o YafaRay para renderizar. O resultado final do tutorial é o mesmo, mas o funcionamento interno e configuração do YafaRay difere bastante do LuxRender.

Um dos aspectos interessantes do YafaRay é que ele consegue interpretar e usar vários dos parâmetros das texturas do Blender 3D, o que faz com que o foco desse material seja direcionado para as texturas do Blender e não o painel de configuração de materiais do YafaRay. Para prosseguir nesse tutorial, vou usar uma imagem de vegetação que foi editada no GIMP para que o plano de fundo ficasse totalmente transparente.

render-texturas-transparencia-blender-3d-yafaray-01.png

O procedimento é bem simples, sendo que o primeiro passo é criar algum objeto na 3D View do Blender que deve receber a textura. No meu caso foi usado um plano.

Aplique um material nesse plano e logo em seguida uma textura do tipo Image. No painel de configuração da textura, pressione o botão chamado UseAlpha.

render-texturas-transparencia-blender-3d-yafaray-02.png

O próximo passo é visitar o painel de configuração do Blender e no Map Input, habilitar a opção UV e marcar no menu Map To a opção Alpha. O primeiro botão determina que seja usado mapeamento UV para distribuir as texturas e o segundo faz com que a transparência da imagem altere o modelo 3d.

render-texturas-transparencia-blender-3d-yafaray-03.png

Isso é tudo que precisamos fazer no painel de configuração do Blender. Abra uma janela do UV/Image Editor e crie um mapeamento UV no plano ou objeto usado para o tutorial. Um atalho muito útil nessa fase é o ALT+V que ajusta o tamanho do modelo 3d ao da textura, mantendo as mesmas proporções.

render-texturas-transparencia-blender-3d-yafaray-04.png

Com tudo configurado, ao acionar o painel de configuração do YafaRay, altere o tipo de material para shinydiffusemat. O único parâmetro que precisa ser alterado nos materiais do YafaRay é o valor do Transparency que deve ser 1. Ao solicitar um preview do material, já é possível visualizar o efeito da textura com canal alpha.

render-texturas-transparencia-blender-3d-yafaray-05.png

Com tudo configurado, precisamos agora apenas adicionar o plano em alguma cena que possa representar melhor o efeito da transparência do objeto. A renderização final fica exatamente assim:

render-texturas-transparencia-blender-3d-yafaray-06.png

Agora você já sabe como representar árvores e outros elementos oriundos de fotografias no YafaRay. O único cuidado com o uso desse tipo de elemento para compor cenas em 3d, principalmente para representação de arquitetura é com o ângulo de visão da câmera, pois o objeto é um plano representando algo que deveria ser um objeto 3d.

Qualquer pequena diferença no ângulo pode denunciar o truque.

Criando vegetação em 3D com o Blender e o Ivy generator

O uso de vegetação e elementos naturais em modelos 3d é sempre um grande desafio para o artista responsável pela modelagem. A decisão de usar texturas para representar a vegetação pode literalmente salvar o desenvolvimento de um projeto, economizando recursos valiosos do computador na renderização e até mesmo na modelagem do cenário. Mas, em algumas situações não é possível usar texturas para simular vegetação e precisamos recorrer a modelagem de objetos 3d mesmo. Como as árvores e a maioria dos elementos naturais tem perfil orgânico e irregular, a sua modelagem é muito complicada. Por isso, o uso de ferramentas e artifícios automatizados para criar esse tipo de elemento é muito importante nessas horas.

Uma ferramenta extremamente poderosa para criar vegetação rasteira é o Ivy Generator, que pode ser copiado de maneira totalmente gratuita no endereço indicado, contando com versões para windows, mac e linux. O que o Ivy Generator faz? Uma pesquisa rápida no Google por imagens criadas com o Ivy Generator mostram diversos trabalhos criados com a ferramenta, que exporta e importar modelos 3d em formatos compatíveis com diversos softwares.

Se você quiser aprender como é possível integrar os modelos 3d criados no Ivy Generator com o Blender 3D e renderizar o material no YafaRay, o tutorial abaixo é uma excelente amostra de como isso pode ser feito usando o formato de arquivo OBJ.

Ivy generator and blender from ionee on Vimeo.

No tutorial podemos acompanhar a criação de uma cena simples que é a representação de um clássico ambiente de estúdio, em que o artista cria um fundo infinito e configura materiais e luzes no Blender 3D, para gerar o render no YafaRay.

Assim que tudo está criado, a cena é então exportada para o formato OBJ e importada no Ivy Generator. Lá é possível manipular os objetos das mais variadas maneiras e configurar as características da vegetação. O mais importante para a produtividade da modelagem é que o Ivy Generator faz absolutamente tudo em relação à criação da vegetação. Com os controles na parte esquerda da interface é possível trabalhar com diversos detalhes e ajustes da vegetação.

No final precisamos apenas exportar para um formato de arquivo que o Blender 3D reconheça, e ajustar os materiais e texturas para o YafaRay.