Lista de renderizadores para o SketchUp

O SketchUp é uma ferramenta excelente para trabalhar com modelagem 3d devido a abordagem simplificada que o mesmo adota, atraindo muitas pessoas interessadas em fugir da estrutura tradicional da modelagem poligonal. Mas, se tem uma área em que o SketchUp é pouco atraente é na renderização dos seus projetos, sendo necessários recorrer a renderizadores externos para conseguir gerar bons resultados em projetos para arquitetura. Mas, quais são as opções disponíveis para gerar imagens realistas no SketchUp? Existem opções gratuitas? A lista tem como objetivo apresentar todas essas opções.

Render com SketchUp

Lista de renderizadores compatíveis com SketchUp

A lista será composta basicamente pelos renderizadores com maior relevância dentro do ecossistema do SketchUp, mas eventualmente posso ter esquecido algum, e portanto adicionem outros nos comentários se for necessários.

  • V-Ray: Um dos softwares mais conhecidos entre artistas que trabalham com arquitetura, devido aos excelentes trabalhos produzidos no 3dsmax com o V-Ray. É uma excelente opção para quem estiver disposto a aprender o funcionamento do software que é um dos mais “complexos” que funcionam com o SketchUp devido a grande quantidade de opções. É um software comercial e não existem versões gratuitas do V-Ray para SketchUp, você precisa adquirir uma licença para conseguir usar o software. O custo aproximado do software é de 800 dólares.
  • SU Podium: Esse é um dos renderizadores mais conhecidos entre usuários do SketchUp e promete se integrar ao software usando a mesma facilidade usada na modelagem voltada para o render. Em termos comparativos ele realmente parece mais simples que o V-Ray, mas é capaz de gerar imagens de excelente qualidade e nível de realismo. Assim como o V-Ray o Podium é comercial, mas tem preço mais acessível girando em torno dos 200 dólares.
  • Maxwell Render: O renderizador chamado Maxwell Render é uma das ferramentas que consegue atingir os mais altos níveis de realismo, pois o seu método de renderização é baseado em física real. O render acaba sendo mais demorado, mas o resultado final é fantástico. O método de renderização é chamado de Unbiased em que a imagem é gerada por refinamento progressivo. O Maxwell possui versões gratuitas e pagas do seu renderizador, mas a versão gratuita apresenta restrições. O valor comercial do software é de 95 dólares.
  • Indigo Render: Usando uma metodologia de render semelhante ao Maxwell, existe também o Indigo que funciona muito bem com o SketchUp. A ferramenta é capaz de gerar imagens com grande nível de realismo. É também um software comercial, que custa aproximadamente 600 Euros!
  • LuxRender: Aqui temos a primeira opção gratuita para uso com o SketchUp que é o LuxRender. A metodologia e funcionamento do software são semelhantes ao Maxwell e Indigo, e fora a qualidade das imagens o LuxRender ainda tem a vantagem de ser gratuito. O único ponto negativo é que o script que permite exportar cenas do SketchUp ainda está em fase experimental e pode não funcionar em todas as situações.
  • Kerkythea: Essa é outra opção gratuita que funciona junto com o SketchUp, sendo inclusive o software mais usado para gerar imagens com o SketchUp devido a qualidade dos render e pelo fato de ser gratuito. Ele tem as vantagens do LuxRender e possui um script para exportar cenas que funciona muito bem!

Agora que você já sabe quais são alguns dos renderizadores que funcionam junto com o SketchUp, fica mais fácil decidir com qual deles você vai começar a finalizar os seus projetos.

Como aprender modelagem com SketchUp?

E para as pessoas que estão interessadas em começar a trabalhar com o SketchUp para modelagem 3d, recomendo uma visita aos seguintes cursos que abordam exatamente a modelagem 3d com o software:

Seminário gratuito sobre animação de fluidos com RealFlow

A criação de animações com base em fluidos é um grande desafio tanto para o artista 3d como para o equipamento usado por ele, pois essa é uma das animações que mais consome recursos computacionais, e estou me referindo apenas ao cálculo da dinâmica do fluido e não da renderização. Já mencionei isso aqui no blog essa semana, mas é importante ressaltar esse ponto de vista, pois você pode muito em breve precisar trabalhar com animações de fluidos. Esse tipo de simulação acaba sendo foco de ferramentas especializadas como é o caso do RealFlow. O software é uma das melhores opções no mercado, para artistas ou estúdios que precisem simular de maneira ultra realista o comportamento de fluidos no computador.

Quer ter uma idéia do nível de realismo que eles conseguem? O vídeo abaixo é um exemplo bem rápido do que podemos fazer com o RealFlow, e com os equipamentos apropriados:

A escolha desse vídeo para ilustrar as capacidades do RealFlow não foi ao acaso, e fiz isso por conhecer as características técnicas da produção como as configurações e tempos de render.

Aqui vão algumas características da cena:

  • 10 milhões de partículas
  • 8 Horas de processamento para criar a malha poligonal
  • Render no Maxwell Render
  • Tempo de render 42 horas
  • Computador com um Dual Xeon Quad Core 2.40 GHz e 12GB de RAM

Isso mostra como custa caro produzir cenas realistas usando fluidos, mas o resultado é espetacular.

Treinamento gratuito sobre o funcionamento do RealFlow para animação

Quer aprender a trabalhar com o RealFlow para criar animações? O vídeo abaixo é um seminário gratuito publicado pela equipe do RealFlowLabs e conta com quase uma hora de vídeo, explicando vários aspectos do software. Em alguns momentos podemos visualizar dados sobre animações em formato de slides, e depois demonstrações práticas usando o RealFlow.

O material é excelente para qualquer pessoa que precise aprender a trabalhar com o software em pouco tempo, pois mostra muitos dos conceitos básicos necessários para criar animações com o RealFlow.

Maxwell: Novo renderizador gratuito para o SketchUp

Entre as maiores limitações do SketchUp na opinião de usuários mais experiêntes, está o fato do mesmo não dispor de uma opção boa e gratuita de renderização, para gerar imagens realistas. Existem sim muitos renderizadores que trabalham com o software, mas nenhum deles com uma versão 100% gratuita para o SketchUp. Ainda existem opções de avaliação de renders comerciais como o Podium ou o V-Ray, mas a grande maioria acaba oferecendo uma opção de um software demo para avaliação, que mostra uma marca d'água na imagem ou então limita os recursos do renderizador.

Maxwell for Google SketchUp

Um dos renderizadores comerciais mais conhecidos pela qualidade das suas imagens chamado de Maxwell Render, acaba de receber uma versão dedicada ao SketchUp que pode interessar a muitos usuários.

MaxwellforSketchUp.jpg

Os artistas que trabalham com o SketchUp já tinham a opção de exportar as suas cenas de dentro do SketchUp mesmo para o editor do Maxwell para renderizar as suas cenas. Mas, isso envolvia o envio dos arquivos e dados do SketchUp para outra ferramenta. Agora foi lançada uma versão diferente e mais simples do Maxwell Render que pode ser executada diretamente de dentro do SketchUp. O chamado Maxwell for Google SketchUp oferece uma gama de opções muito boas para renderização, iluminação, materiais e outros recursos que estavam disponíveis apenas na versão mais “completa” do renderizador.

Uma das vantagens dessa versão do Maxwell, é que podemos instalar a mesma no SketchUp usando um modo gratuito, que funciona independente de licença com a limitação do tamanho do render para 800 pixels de largura. Se a licença do software for adquirida por 95 dólares, valor bem em conta para a qualidade dos renders gerados pelo software.

Mantendo o Maxwell e SketchUp instalados

Para os usuários que procuravam um render gratuito e de qualidade para o SketchUp, o Maxwell for Google SketchUp é uma excelente opção, principalmente se você não pretende imprimir as suas imagens renderizadas. A largura de 800 pixels para as imagens pode parecer pequeno, mas é suficiente para visualização de ambientes para desenvolvimento de projetos e estudo de iluminação. Eu recomendo do download para avaliação, e caso você goste pode deixar o Maxwell instalado no seu SketchUp sem custo algum.

Mais renderização com Path Tracing e GPUs para Maya, LuxRender e Mental Ray

A onda de lançamentos s softwares usando técnicas como o Path Tracing e as GPUs para criar renderização em tempo real parece que não deve parar! Essa semana tomei conhecimento de mais um software especializado nessa tarefa para o Maya, chamado de FurryBall que funciona usando o mesmo princípio do VRay RT dentro do 3ds Max, permitindo manipular e trabalhar com iluminação em tempo real com GI na viewport do Maya. Como o algoritmo usado para gerar esse tipo de efeito é o Path Tracing, a qualidade do render é muito próxima do que conseguimos com o LuxRender, Indigo, Maxwell e FryRender.

O vídeo abaixo mostra o FurryBall sendo executado no Maya para renderizar um carro com boa resolução. O desempenho é muito bom:

E o LuxRender? Caso você já tenha usado o LuxRender para produzir animações que envolvem objetos em movimento, deve lembrar que para gerar cada frame é necessário um bom tempo de render, para conseguir imagens limpas. Com o advento e ajuda dos renderizadores usando a GPU o processo de animação fica mais simples e rápido. Para demonstrar como fica mais rápido, um usuário publicou um vídeo renderizado com o LuxRender e aproveitando a engine Bullet do Blender. O vídeo mostra a interação entre objetos usando Rigid Body e com materiais complexos como vidro.

O que impressiona no vídeo é a velocidade com que as interações acontecem na animação, pois o LuxRender demoraria bastante para gerar os frames. Uma GPU poderosa faz toda a diferença nesse caso.

Já para quem quiser aposta no uso do iRay que é conhecido também como Mental Ray RT, o vídeo abaixo é uma excelente demonstração do nível de qualidade que esses renderizadores podem conseguir. O vídeo foi gravado durante uma demonstração da Mental Images e usa 15 GPUs Tesla da NVidia. O vídeo tem aproximadamente 2 minutos, sendo que o primeiro minuto é apresentado com render em tempo real, e os últimos segundos foram acelerados para mostrar o refinamento do iRay. No total a imagem ficou 15 minutos renderizando.

Como você pode perceber pelo verdadeiro ecossistema de renderizadores que está aparecendo nesses últimos dias, a variedade e poder desses softwares associados ao hardware, deve mudar em breve a maneira com que trabalhamos. Já pensou modelar objetos já renderizados? Nada de visualização em shade!

Comparação entre o YafaRay, Maxwell Render, LuxRender e Indigo Renderer para arquitetura

A escolha de um renderizador externo é presença obrigatória na lista de tarefas que qualquer artista 3d precisa definir antes de começar um projeto. Ainda conheço artistas que escolhem usar técnicas conhecidas como Fakeosity, em que a iluminação global é simulada usando diversos pontos de luz e muita habilidade artística, para criar efeitos realistas sem os modernos algoritmos de GI. Depois de escolher o renderizador próprio para seu projeto, ainda será necessário determinar se o renderizador deve usar métodos do tipo Unbiased ou Biased render. No primeiro caso as imagens usam derivações ou o próprio Metropolis Light Transport, muito famoso pelo seu alto nível de realismo nas imagens.

A melhor maneira de escolher um renderizador é fazendo testes com o mesmo, para verificar se o tempo de render e qualidade dos materiais e efeitos gerados na iluminação se enquadram as suas necessidades. Os usuários do Blender 3D estão ganhando mais opções de renderização com diversos renderizadores disponíveis por scripts, como o V-Ray standalone que pode ser integrado com o Blender de maneira simples e eficiente usando um Script em Python. Estou até pensando em comprar uma licença do V-Ray para poder escrever sobre essa integração e aplicar o V-Ray nos meus projetos e aulas.

Como sei que muitas pessoas tem a mesma dúvida, sobre qual o melhor renderizador para projetos de arquitetura e interiores, encontrei alguns testes feitos por usuários do Blender 3D comparando quatro renderizadores diferentes em dois projetos distintos.

O primeiro teste é uma comparação entre renderizadores do tipo Unbiased, que usam ou se baseiam no Metropolis Light Transport que são:

  • LuxRender
  • Indigo Renderer
  • Maxwell Render

A avaliação da renderização foi publicada nos fóruns de usuários do LuxRender, com o uso da seguinte cena:

teste-render-yafaray-maxwell-luxrender-blender-3d.jpg

Qual o vencedor? Nesse teste os melhores resultados foram obtidos pelo Indigo Renderer. Quando comentei esse teste com meus alunos, os mesmos acharam que o vencedor seria o Maxwell Render, afinal o mesmo custa quase 1000 dólares e deveria ser o melhor. Bem, o teste mostra que no tempo estipulado pelo autor o Indigo foi quem produziu as imagens mais “limpas”.

Todas as cenas foram criadas no Blender 3D. O Maxwell Render suporta arquivos do Blender? Sim! O Maxwell é um programa indepedente, com uma interface e controles independentes. No caso, o Blender 3D cria o modelo e exporta para um formato de arquivo compatível com o Maxwell para o teste.

Os dois links abaixo levam para mais testes de renderização um pouco mais antigos, que comparam apenas renderizadores compatíveis com o Blender 3D:

Com essa quantidade de material e testes de render, a escolha do software mais adequado para seus projetos deve ficar bem mais simples.