Etiqueta profissional: Dicas para o Photoshop

O que você entende por etiqueta? São aquelas regras que aprendemos desde cedo e que ajudam na convivência civilizada entre pessoas nos mais diferentes ambientes. Mas, e a etiqueta profissional? Ela pode se mostrar nas mais variadas formas e com artistas digitais isso não é diferente.

Como você se comporta quando precisa passar arquivos ou material de projetos para outros profissionais? Seus arquivos possuem nomes que identificam o projeto? Tudo está organizado em diretórios específicos? A etiqueta profissional ajuda não só na convivência entre pessoas da mesma equipe, mas até mesmo nos ambientes acadêmicos.

Foi pensando nesse tipo de situação que surgiu o projeto Photoshop Etiquette que é direcionado especificamente para uso do Photoshop. Mas, depois de analisar as regras de etiqueta profissional recomendadas pelo projeto, percebi que os conceitos se aplicam em praticamente todas as áreas.

Etiqueta profissional

No Photoshop Etiquette você encontra uma série de guias e textos, que podem ser copiados de maneira gratuita no formato PDF. Tudo organizado nas seguintes categorias:

  • Arquivos
  • Camadas
  • Recursos (Assets)
  • Tipografia
  • Efeitos
  • Qualidade

Alguns dos tópicos são específicos sobre o Photoshop como é o caso das camadas e tipografia, mas podemos extrapolar os mesmos conceitos para outras ferramentas fazendo pequenas adaptações. Por exemplo, os nomes dos arquivos são universais. Mesmo que você use softwares como AutoCAD, Blender, SketchUp ou outros é possível usar as mesmas convenções para nomes.

Já para o caso de camadas, é possível usar os mesmos conceitos também mas com as camadas sendo usadas para outros princípios. Esqueça as máscaras ou efeitos, e lembre que os nomes das respectivas camadas podem ajudar na identificação do conteúdo dentro de cada grupo.

Qual a vantagem em visitar e usar esses conceitos dentro do Photoshop Etiquette? A grande vantagem é conseguir atribuir para os seus projetos uma organização e etiqueta profissional que será valorizada nos mais diversos ambientes.

O ponto negativo é que tudo está em inglês, mas é de fácil leitura e com linguagem simples. Vale a leitura e consulta.

Etiqueta profissional

Ainda não faz idéia de como usar o Photoshop para seus projetos de design ou arquitetura? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos que ajudam a entender e usar softwares de design. Aqui estão os cursos recomendados:

Plugin gratuito para o Photoshop: Lazy Save

As tarefas que realizamos no Photoshop são as mais diversas, mas independente do que você pretende fazer no software sempre precisamos fazer a seleção do melhor formato de saída. Essa saída do software pode ser realizada de várias formas. Quando seu projeto exige que múltiplos formatos sejam usados aparece um pequeno contratempo. É preciso selecionar os formatos repetidas vezes. Um plugin gratuito para o Photoshop pode ajudar a reduzir o tempo quando isso acontece.

Com o Lazy Save você consegue selecionar dentro da interface do Photoshop os formatos desejados para a saída, e o script consegue gerar em lote todos os arquivos necessários. O processo fica bem simplificado, pois tudo acaba sendo gerado sem a necessidade de acessar o mesmo menu repetidas vezes.

É uma ferramenta essencial para o Photoshop? Acredito que não seja possível afirmar que o Lazy Save possa ser classificado dessa forma, mas é algo que se enquadra melhor como uma ferramenta de produtividade. O foto desse plugin gratuito para o Photoshop é a produtividade.

Plugin gratuito para o Photoshop

Com o uso de algo como o Lazy Save você consegue economizar muito tempo em tarefas simples. Basta imaginar o tempo que você perde ao precisar acessar os menus repetidas vezes, por vários dias seguidos enquanto você trabalha no Photoshop.

Quem precisa exportar arquivos no Photoshop em múltiplos formatos? Na maioria das vezes os artistas que necessitam gerar arquivos em formatos como JPG, PNG, TIF ou outros são os que lidam com conteúdo web ou mesmo texturas.

O Lazy Save pode ajudar bastante você a otimizar seu tempo de edição. Já mencionei que esse é um plugin gratuito para o Photoshop?

Manipulação de imagens

Aprenda a trabalhar não só com o Photoshop em contextos como arquitetura, mas também com o GIMP para editar fotografias. Com os cursos do EAD – Allan Brito você consegue aprender a trabalhar com manipulação de imagens em diversos contextos:

Curso de Photoshop para arquitetura

Um artista digital precisa possuir diversas habilidades para conseguir criar de maneira mais rápida seus projetos sejam eles fruto de softwares 3d ou ilustrações tradicionais. Mas, se existe uma coisa que todos deveriam priorizar é a manipulação digital de imagens! Em algum momento durante o processo de criação você vai ter a necessidade de editar, ajustar ou corrigir uma imagem ou fotografia. Quando o assunto é manipular imagens digitais o Photoshop é o software que surge como um dos mais usados e conhecidos do mercado, e o seu uso é comum o suficiente para que já seja associado ao fato de manipular imagens, mesmo que não tenha sido no software.

Você quer aprender a usar o Photoshop com foco em uma área particular como a arquitetura? Pois o EAD – Allan Brito acaba de lançar mais um curso para o seu portfólio, e dessa vez foi o curso de Photoshop para arquitetura que ensina a usar o software com foco na edição de fotografias, imagens renderizadas e até desenhos técnicos com o Photoshop.

O curso está organizado em um total de 8 aulas que abrangem desde os conceitos básicos de armazenamento e compressão de imagens, até o uso das ferramentas nativas de edição 3D com o Photoshop.

031-Capa-500.jpg

Essa é a lista de aulas e conteúdos abordados no curso:

  • Aula 01 – Entendendo o Photoshop para arquitetura
  • Aula 02 – Correção de fotografias
  • Aula 03 – Técnicas de edição não-destrutiva no Photoshop
  • Aula 04 – Seleção e extração de objetos em fotografias
  • Aula 05 – Editando o conteúdo de fotografias e renderizações
  • Aula 06 – Modificando imagens no modo perspectiva
  • Aula 07 – Editando ilustrações 2D do AutoCAD no Photoshop
  • Aula 08 – Ferramentas de edição 3D do Photoshop para arquitetura

Um dos destaques do curso, e que considero ponto decisivo para a escolha do software, é a possibilidade de fazer correções em renderizações. Você já deve ter passado pela situação de gerar imagens 3d, e descobrir que alguma coisa estava errada nas texturas ou um objeto que deveria estar oculto acabou aparecendo. Precisa renderizar outra vez? Não! Use o photoshop e altere a imagem. Nesse sentido a aplicação do photoshop para arquitetura é perfeita!

Com o curso de Photoshop para arquitetura você desenvolve habilidades específicas com o software que podem ser aproveitadas nos mais variados tipos de projetos, desde uma simples montagem fotográfica para projetos até mesmo o ajuste de renderizações com problemas, que podem ser corrigidas em alguns minutos no Photoshop sem a necessidades de horas renderizando novamente.

Aprimorando seus conhecimentos na produção para arquitetura

Gostaria de aprimorar ainda mais os seus conhecimentos sobre o uso do softwares e ferramentas para arquitetura? No EAD – Allan Brito existem outros cursos que podem ser do seu interesse:

Download gratuito de filtros para Photoshop

O uso de filtros em softwares com o Photoshop é algo muito comum em processos de edição ou melhoria de imagens, seja para adicionar um pouco de desfoque em imagens ou então para adicionar efeitos estilizados, os usuários do Photoshop precisam conhecer as utilidades dos filtros. Mas, nem sempre os filtros existentes no software resolvem todas as situações e podemos precisar instalar outros tipos de filtros produzidos por empresas ou artistas para conseguir gerar alguns tipos de efeito rapidamente. Quer fazer o download de alguns filtros gratuitos para o Photoshop? No site do Richard Rosenman existem alguns filtros para Photoshop que podem ser copiados de maneira gratuita, e boa parte da lista acaba de ser atualizada.

filtros-photoshop

Esses filtros permitem criar efeitos estilizados em imagens que tem aplicação na pós-produção de fotografia ou então na simples apresentação de idéias. Existe um filtro específico para gerar pequenos quadrados usando as formas da imagem como base, ou então a transformação da imagem em fractais. A lista de efeitos e filtros disponíveis é bem extensa, e recomendo uma visita ao web site do artista para conferir todas as opções de filtros disponíveis.

Entre os maus favoritos estão os filtros que trabalham com simulações relacionadas com partículas, como é o caso do Particle paint ou o particle tracer.

A instalação desses filtros é bem simples e evidentemente requer apenas que você tenha o Photoshop no seu computador! Todos os filtros para Photoshop apresentam suporte a processamento em 64 bits.

Aprendendo a usar o Photoshop

Gosta de trabalhar com edição de imagens usando o Photoshop, mas não faz idéia de como começar a usar o software? Recomendo uma visita ao EAD – Allan Brito para conferir os cursos sobre Photoshop que ofereço no site, sendo um deles totalmente gratuito. No momento existe apenas um curso, mas muito em breve outras opções de cursos voltados para edição e manipulação de imagens com o software devem estar disponíveis.

Com relação direta ao Photoshop, você pode conferir também os seguintes cursos de softwares da Adobe:

Tutorial 137: Usando camadas de ajustes no Photoshop

A manipulação de imagens e fotografias em softwares como o Photoshop são muitas vezes simples de realizar e executar para usuários que conhecem bem a ferramenta, e até mesmo para os menos experientes. Mas, existem alguns procedimentos que alteram a composição das imagens de maneira irreversível, prejudicando uma possível reversão das edições no futuro e potencialmente complicando a vida de qualquer artista digital. É por isso que sempre é interessante realizar procedimentos para manter cópias de segurança dos arquivos fonte ou então encontrar maneiras de preservar a base de pixels usada para a edição.

Uma das melhores práticas nesse sentido para o uso cotidiano do Photoshop é a aplicação dos chamados Adjustment Layers ou camadas de ajustes em tradução direta. Você já usou esse recurso do Photoshop? Caso nunca tenha usado, preparei um tutorial em vídeo mostrando como o recurso funciona e as vantagens em investir nesse tipo de ferramenta do Photoshop.

Como você pode perceber pelo tutorial, o recurso das camadas de ajustes preserva muitas características dos pixels originais da imagem, permitindo que você aplique ferramentas e alterações nas imagens, e possa no futuro reverter essas edições para ter acesso aos pixels sem alterações. Isso é uma tremenda ajuda para as pessoas que não costumam fazer cópias de segurança dos arquivos quando retira os mesmos dos cartões das máquinas fotográficas, ou os designers que montam layouts complexos em PSD e depois se arrependem de alguma edição aplicada no início do processo criativo.

Quando usamos esse tipo de camada para fazer ajustes em imagens, você estará realizando o que é chamado por muitos de edição não-destrutiva. Esse é um tipo de edição muito desejada por ambientes corporativos, pois é possível reverter o produto final para as imagens originais a qualquer momento.
Gostou do vídeo? Não esqueça de deixar a sua avaliação no Youtube e também assinar o meu canal para ser avisado sobre novos tutoriais e vídeos publicados lá. Para aprender mais sobre Photoshop, recomendo visitar o EAD – Allan Brito para conhecer os cursos online de Photoshop disponíveis no site, inclusive um básico que é totalmente gratuito.