Photopea: Alternativa gratuita ao Photoshop

Existem alguns softwares que são famosos ao ponto de se tornarem referência para a sua área, mesmo que um projeto não tenha sido realizado nele. É o caso do Photoshop que para o grande público é o único capaz de fazer “mágica” com fotografias e imagens.

O cenário atual apresenta diversos softwares concorrentes que podem substituir muito bem a ferramenta, sem a necessidade de usar o Photoshop.

Algumas dessas opções funcionam até mesmo no navegador! Você conhece o Photopea? É uma alternativa ao Photoshop que funciona direto no seu navegador. A interface do Photopea é totalmente “inspirada” no Photoshop e apresenta recursos como camadas, ferramentas de seleção e muito mais.

Além das ferramentas, você pode editar e salvar arquivos no formato PSD do próprio Photoshop. É possível enviar arquivos para a plataforma ou então indicar a URL de uma imagem para fazer a edição direto no site.

Quanto custa usar o Photopea? Nada, o site é totalmente gratuito.

Quer uma dica? A interface funciona também em dispositivos móveis. Basta abrir o link no navegador do seu celular ou tablet.

Quer aprender a usar o Photoshop? O EAD – Allan Brito possui diversos cursos gratuitos básicos que podem ajudar.

Como organizar projetos no Photoshop, After Effects ou Illustrator

Como você faz para organizar seus projetos no Photoshop, After Effects ou Illustrator? Quando me refiro ao projeto, estou falando do arquivo fonte e todos os seus componentes. Desde o nome usado no arquivo até a organização de camadas.

Existe algum padrão? Qual organização você usa para fins de armazenamento e compartilhamento dos arquivos em grandes equipes?

Uma fonte de informação interessante para esse tipo de projeto é o Photoshop Etiquette, que apesar do nome deixar evidente que o foco é no Photoshop, você pode usar os conceitos no After Effects e illustrator.

Em que consiste esse Photoshop Etiquette? É um apanhado de dicas sobre como organizar projetos relacionados com seis temas diferentes:

  • Parte 1 – Arquivos: Como você organiza os nomes dos seus arquivos? Essa parte guia apresenta dicas sobre como atribuir nomes e guardar seus projetos. Por exemplo, escolha um nome de arquivo que identifique o estágio do projeto e um número de versão.
  • Parte 2 – Camadas: Aqui temos um tema que é ao mesmo tempo controverso e razão de discussões entre membros de equipes. Você é daqueles(as) que cria novas camadas e vai usando o nome padrão? Algo como Camada 1, Camada 2 e assim por diante? Imagine quando chegar na camada 50? Como fazer para identificar o conteúdo de cada camada?
  • Parte 3 – Assets: Essa parte aborda algumas boas práticas na gestão de recursos dentro do projeto como imagens em camadas. Por exemplo, sempre use camadas de ajuste para preservar o conteúdo das imagens.
  • Parte 4 – Fonte: Como você organiza as fontes do seu projeto? Sempre usa o mesmo tipo que os outros membros da sua equipe? É exatamente sobre a gestão de fontes que você vai encontrar informações nessa parte do guia.
  • Parte 5 – Efeitos: Diversos artistas digitais acabam destruindo seus projetos usando quantidades absurdas e desnecessárias de efeitos. Essa parte do guia apresenta algumas dicas de como manter a consistência e não extrapolar.
  • Parte 6 – Qualidade: A última parte é o controle de qualidade. Você tem um checklist do que vefiricar em cada arquivo.

Esse é apenas um resumo do que você encontra no guia de etiqueta para Photoshop, que pode ser aplicado tranquilamente também no After Effects e Illustrator.

Se você está começando ou já trabalha em grandes equipes que precisam compartilhar arquivos, recomendo muito a leitura.

Aprenda a usar Photoshop, After Effects e Illustrator

Quer aprender a trabalhar com o Photoshop, Illustrator e After Effects? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos relacionados com esses softwares que podem ajudar você a criar os mais diversos tipos de projetos:

Dicas Photoshop: Usando grupos no photoshop

Um dos recursos que é comum aos softwares gráficos de maneira geral são as camadas, que são encontradas em praticamente todos os softwares. Apenas em alguns deles as camadas acabam assumindo papel ligeiramente diferente como é o caso dos softwares de CAD ou 3D. Mas, em todos os outros é possível encontrar a opção de organizar um projeto em camadas.

A função primordial das camadas nesse caso é controlar a ordem com que os gráficos são exibidos na tela. Quais elementos estão na frente ou atrás da composição?

Quando estamos começando a usar esse tipo de ferramenta é muito comum sair adicionando as camadas à medida que vamos precisando delas. Tem um novo gráfico? Adicione uma nova camada e faça as edição necessárias.

Esse é o comportamento tradicional dos artistas digitais quando usam softwares como o Photoshop. Mas, ao trabalhar com projetos ligeiramente mais complexos é bem possível que você esteja criando um problema no longo prazo. Pois, a tendência é que tudo acabe se tornando uma camada.

Um arquivo PSD com mais de 100 camadas acaba se tornando um desafio pelo lado da organização do conteúdo, junto com a parte criativa. Como é que você vai organizar todo esse material?

Nesse artigo, vou mostrar uma opção do Photoshop que ajuda na organização desse tipo de conteúdo. São os chamados grupos de camadas ou pastas. O funcionamento é semelhante ao que temos nas nossas pastas de arquivos. Você pode adicionar múltiplas camadas em um único grupo, para que as mesmas fiquem “reunidas” dentro dessa categoria.

Quando você precisar realizar uma tarefa no Photoshop que exija a edição desse agrupamento como um todo, basta aplicar o processo na pasta. Por exemplo, algo simples como ocultar múltiplas camadas de uma só vez.

Grupos no Photoshop

Para criar esse recurso no Photoshop, você precisa apenas selecionar o painel de controle das camadas e clicar na opção que adiciona um grupo.

grupos no photoshop

Se você não tiver camadas, pode adicionar algumas diretamente no painel com o grupo selecionado. Assim, todas as novas camadas são adicionadas diretamente no grupo marcado. Outra opção é clicar e arrastar as camadas para a área correspondente ao que você possui na pasta.

grupos no photoshop

Dessa forma você mantém seus projetos no Photoshop organizados e sob controle! Mesmo que eles sejam formados por algumas dezenas ou centenas de camadas.

Aprenda a usar o Photoshop

Ainda não sabe usar o Photoshop? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos e treinamentos que podem ajudar você a usar o Photoshop para edição de imagens, ou mesmo aplicações mais específicas como arquitetura:

Aprenda edição e tratamento de imagens com Photoshop

Um artista digital precisa realizar diversas tarefas relacionadas com edição, seja para a produção de material relacionado com vídeo, imagens ou jogos. Se existe um tipo de tarefa que é demandada por praticamente todos os campos de trabalho, é a edição e manipulação de imagens.

Pode ser para tratar texturas ou ajustar defeitos em imagens, você em algum momento vai precisar tratar imagens digitais. Nesse quesito o Photoshop é uma das principais opções relacionadas com o tratamento de imagens.

No EAD – Allan Brito já tínhamos um curso voltado para esse tipo de tarefa, mas usando o GIMP. Os artistas que tinham como objetivo o uso do Photoshop sempre nos perguntaram sobre material relacionado com Photoshop, para fins de edição.

É com muito orgulho que anunciamos o lançamento de um curso dedicado apenas ao uso do Photoshop para tratamento e edição de imagens! No curso sobre edição e tratamento de imagens com Photoshop você aprende a usar a ferramenta para melhorar suas imagens digitais.

O curso é voltado especificamente para tarefas relacionadas com edição e ajustes de imagens. Seja para remover pequenos defeitos ou melhorar aspectos como a cor das imagens.

Aqui estão alguns dos tópicos abordados no curso:

  • Alterar propriedades das imagens
  • Isolar partes das imagens para edição
  • Transformar e cortar imagens
  • Aplicar ajustes de cor e luminosidade
  • Retocar e restaurar fotografias
  • Trabalhar com camadas de ajustes não-destrutivas
  • Remover pessoas e objetos de fotos
  • Exportar fotos para compartilhamento

Entre os destaques fica a edição e manipulação de informaçoes em fotografias, como a restauração e remoção de defeitos em imagens. Por exemplo, em alguns dos exercícios apresentados no curso você aprende a “limpar” a pele de algumas modelos e até mesmo alterar expressões faciais.

O Photoshop possui uma ferramenta especializada que reconhece as faces das pessoas, e por meio de manipulação digital dos pixels consegue até mesmo fazer as mesmas sorrirem, caso não tenham feito isso no momento em que a imagem foi capturada.

Esse curso é uma adição importante para a lista de material do EAD – Allan Brito e vai ajudar você no domínio do Photoshop para tratar e editar imagens digitais.

Aprenda a usar fazer edição de imagens

Quer aprender ainda mais sobre edição de imagens digitais? No EAD – Allan Brito você encontra uma série de cursos relacionados com o tratamento e edição de imagens:

Etiqueta profissional: Dicas para o Photoshop

O que você entende por etiqueta? São aquelas regras que aprendemos desde cedo e que ajudam na convivência civilizada entre pessoas nos mais diferentes ambientes. Mas, e a etiqueta profissional? Ela pode se mostrar nas mais variadas formas e com artistas digitais isso não é diferente.

Como você se comporta quando precisa passar arquivos ou material de projetos para outros profissionais? Seus arquivos possuem nomes que identificam o projeto? Tudo está organizado em diretórios específicos? A etiqueta profissional ajuda não só na convivência entre pessoas da mesma equipe, mas até mesmo nos ambientes acadêmicos.

Foi pensando nesse tipo de situação que surgiu o projeto Photoshop Etiquette que é direcionado especificamente para uso do Photoshop. Mas, depois de analisar as regras de etiqueta profissional recomendadas pelo projeto, percebi que os conceitos se aplicam em praticamente todas as áreas.

Etiqueta profissional

No Photoshop Etiquette você encontra uma série de guias e textos, que podem ser copiados de maneira gratuita no formato PDF. Tudo organizado nas seguintes categorias:

  • Arquivos
  • Camadas
  • Recursos (Assets)
  • Tipografia
  • Efeitos
  • Qualidade

Alguns dos tópicos são específicos sobre o Photoshop como é o caso das camadas e tipografia, mas podemos extrapolar os mesmos conceitos para outras ferramentas fazendo pequenas adaptações. Por exemplo, os nomes dos arquivos são universais. Mesmo que você use softwares como AutoCAD, Blender, SketchUp ou outros é possível usar as mesmas convenções para nomes.

Já para o caso de camadas, é possível usar os mesmos conceitos também mas com as camadas sendo usadas para outros princípios. Esqueça as máscaras ou efeitos, e lembre que os nomes das respectivas camadas podem ajudar na identificação do conteúdo dentro de cada grupo.

Qual a vantagem em visitar e usar esses conceitos dentro do Photoshop Etiquette? A grande vantagem é conseguir atribuir para os seus projetos uma organização e etiqueta profissional que será valorizada nos mais diversos ambientes.

O ponto negativo é que tudo está em inglês, mas é de fácil leitura e com linguagem simples. Vale a leitura e consulta.

Etiqueta profissional

Ainda não faz idéia de como usar o Photoshop para seus projetos de design ou arquitetura? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos que ajudam a entender e usar softwares de design. Aqui estão os cursos recomendados: