Sintel disponível para download

Hoje foi um dia histórico para a comunidade de usuários do Blender, pois a aguardado projeto Durian que resultou na animação Sintel foi disponibilizada para download. Sim, depois da estréia para uma pequena platéia na segunda, agora podemos fazer o download da animação resultante de aproximadamente 17 meses de trabalho. Para quem não está lembrado, o projeto Durian foi anunciado pelo Instituto Blender em maio de 2009, e apenas nesse mês de setembro tivemos as projeções com o produto final do projeto.

Como acredito que todos devem estar curiosos para assistir a animação, nada melhor que conferir o projeto no Youtube, evitando a lentidão dos servidores em que os arquivos de vídeo estão hospedados.

Se você quiser fazer o download do vídeo em alta resolução, pode visitar o web site oficial e escolher entre diversas opções de servidores e resoluções. Só devo avisar, que o download está muito lento, resultado da divulgação e ansiedade dos usuários em conhecer o projeto.

O DVD com extras ainda não está pronto, mas assim que o mesmo for finalizado, o pessoal do Instituto deve começar a despachar o box com quatro discos, para os que fizeram a pré-compra do material. Essas pessoas estão listadas como contribuidores do projeto nos créditos. O meu nome está lá!

Quais as minhas impressões sobre Sintel? Tecnicamente o trabalho do Instituto Blender foi fantástico, ainda mais se considerarmos que o Blender usado no projeto foi desenvolvido ao longo do processo de criação. Tudo isso foi feito com uma versão ainda em Beta/Alpha. A primeira impressão é de orgulho e euforia, pois sabemos que todo o potencial do Blender, para produzir esse tipo de material envolvente, está acessível para todas as pessoas. Assim que você vai assistindo mais vezes, percebemos alguns pequenos, eu disse pequenos, problemas na animação, mas nada que comprometa a riqueza da produção. Essa é a sina de quem trabalha vendo animação todo dia, você acaba encontrando problemas até nos comerciais na TV.

Uma coisa que pode ser percebida pelo produto final quando comparamos com os planos originais, é que alguns dos objetivos do projeto Durian não foram alcançados, ou foram alterados, como a criação de um sistema que permitisse trabalhar com animações de multidões. Como o projeto pretendia trabalhar com temas épicos, esse item estava na sua lista de objetivos iniciais.

Se você é um daqueles espectadores que presta atenção em detalhes, deve ter percebido que o pessoal do instituto adicionou várias referências ao Elephants Dream e Big Buck Bunny. Você achou essas referências? Liste nos comentários as suas impressões, e referências.

Blender 2.50 Alpha 2 disponível para download

Depois de uma merecida pausa de dez dia para tirar uma férias, coisa que não faço faziam mais de três anos, estou retornando a rotina normal de atualizações do blog. Agradeço a todos que enviaram e-mails preocupados com o sumiço. A viagem serviu para recarregar as baterias e ao mesmo tempo fazer algumas atualizações no hardware do computador. Mas, isso é assunto para outros artigos. Nesse meio tempo em que estive fora, o Blender 2.50 recebeu mais uma atualização para a sua versão Alpha 1 que logo foi atualizada para Alpha 2 devido a um bug sério na versão 1. Essa é mais uma versão no caminho para lançar o Blender 2.60 no segundo semestre desse ano, logo depois que o projeto Durian for finalizado e o curta de animação Sintel estiver pronto.

A versão 2.50 alpha 2 incorpora algumas ferramentas que estavam em desenvolvimento, mas que acabaram ficando de fora do Alpha 0.

Quer ter uma idéia de como estão as ferramentas de animação? A equipe do projeto Durian está publicando diversos vídeos com amostras das ferramentas de animação.

O vídeo acima mostra como deve ficar a configuração e controles de animação para a personagem Sintel, que empresta seu nome como título da animação criada pelo projeto Durian. No vídeo a personagem está com diversos controles que deformam a sua face de acordo com sliders para assumir expressões faciais diferentes. Se você quiser ter acesso aos arquivos do projeto, basta comprar o DVD da animação que apresenta todos esses arquivos e material de ajuda.

Para fazer o download do Blender 2.50 Alpha 2, visite esse link.

Sempre é importante lembrar que a versão Alpha do Blender 2.50 ainda deve ser usada com cautela em projetos que envolvem prazos ou remuneração. Em outras palavras, você não deve usar essa versão para produção, apenas para fazer testes e conhecer a nova interface. Como o software é muito novo, podem acontecer problemas e pequenos bugs que ainda não foram resolvidos. Isso pode muito bem minar o seu projeto e até mesmo fazer com que você tenha perda total nos seus arquivos. Bem, esse é apenas um alerta para evitar problemas maiores. Eu mesmo ainda uso o 2.49 para fazer projetos mais sérios.

Demonstração de animação com Blender 3D 2.50: Projeto Durian

O terceiro open movie que por enquanto é identificado apenas como projeto Durian, já tem alguns testes de animação publicados pela equipe responsável. O projeto Durian é uma iniciativa do Instituto Blender para promover o desenvolvimento do Blender 3d e produzir material de alta qualidade e mostrar o potencial do Blender, nas mãos de profissionais e artistas de alto nível. Esses projetos potencializam muito o desenvolvimento do Blender 3d, adicionando novas ferramentas e funções específicas para cada um dos projetos. Nesse caso, o Durian está sendo usado para impulsionar o desenvolvimento do Blender 2.50, sendo que o mesmo só deve estar finalizado quando a animação produzida pela equipe estiver concluída, aproximadamente na metade de 2010.

Os primeiros testes de animação estão sendo exibidos durante a conferência Blender 2009, que está acontecendo essa semana em Amsterdã. Os vídeos ainda não mostram os personagens da animação, mas podemos acompanhar a dinâmica da animação que será usada no projeto. Caso você não lembre, o Durian tem como objetivo produzir uma animação épica, envolvendo lutas entre personagens e animação de multidões.

Sintel fighting animation test from Project Durian on Vimeo.

Progress: Sintel fighting animation test from Project Durian on Vimeo.

No artigo em que o artista responsável pelos testes de animação, podemos acompanhar o seu depoimento em relação às dificuldades na produção desses testes, inclusive com uma dica valiosa que ele aprendeu com ninguém menos que Keith Lango, animador da ILM. Um dos testes apresenta o personagem sem as pernas, o que a princípio é encarado como um defeito na animação é na verdade uma técnica para direcionar o foco para a dinâmica do personagem.

O texto em que o artista comenta a experiência de produzir uma animação usando versões experimentais do Blender 3d 2.50, mostra bem as razões para ter cuidado com esse tipo de versão. Em várias ocasiões o artista teve que lidar com perda de dados e erros, que atrapalharam muito o desenvolvimento do projeto.

Além dos depoiomentos e comentários sobre a produção desses poucos segundos de animação, que mostram a luta entre dois personagens, podemos fazer o download dos arquivos .blend usados. Mas, é necessária uma versão de testes do Blender 2.50 para abrir e visualizar o material.

Se você quiser ajudar o projeto Durian, e conseqüentemente o desenvolvimento do Blender 2.50, ainda é possível fazer a pré-compra do DVD da animação, que virá repleto de material educacional e os arquivos fonte usados no projeto, para que você possa estudar a maneira com que tudo foi criado. Quem comprou antes de setembro, assim como eu, terá o nome adicionado aos créditos do projeto.

Blender 3D 2.50 pode ganhar melhorias na criação de sombras

O simples fato de um projeto ser aceito no Google Summer of Code não é garantia que o mesmo seja levado até o fim, como já foi presenciado inúmeras vezes com o Blender 3D e outros softwares que tiveram projetos aprovados no programa de incentivo do Google. Um dos projetos “abandonados” do Blender 3D é a implementação de Deep Shadow Buffer. Com o desenvolviimento do Blender 3D 2.50 avançando cada vez mais, um dos principais colaboradores no desenvolvimento do Blender, resolveu resgatar o tema e adicionar uma versão própria do algoritmo que cria esse tipo de sombra no Blender 2.50.

Mas, qual a vantagem em ter esse tipo de recurso em sombras geradas no Blender 3D? Com o uso desse recurso, poderemos trabalhar com efeitos avançados de visualização nas sombras do Blender. Por exemplo, ao criar objetos com diferentes níveis de transparência a sombra vai considerar essa transparência para poder ser projetada de maneira correta nas superfícies. Veja o exemplo das imagens abaixo, renderizadas usando versões preliminares da primeira tentativa de implementar o recurso no Blender em 2007.

blender-3d-deep-shadow-buffer.jpg

Autor da imagem: Michael Fox

Entre os recursos do Blender que devem aproveitar mais esse tipo de sombra, podemos listar os efeitos atmosféricos como o Smoke. Quando criamos esse tipo de simulação, os objetos representando a fumaça são compostos por diferentes camadas de transparência e a projeção da sombra de maneira realista fica comprometida. Assim que pudermos usar o Deep Shadow Buffer, isso não será mais problema. Assim que surgirem as primeiras versões de teste com o recurso no Blender 2.50, publico aqui no blog testes de renderização.

Para saber mais sobre o recurso e visitar alguns links com informações técnicas da implementação, visite essa discussão sobre o Deep Shadow Buffer no fórum Blenderartists.org.

Aproveitando que o assunto é o Blender 3d 2.50, sempre é bom lembrar que de acordo com o calendário de desenvolvimento, a primeira versão beta da versão 2.50 será lançada agora em Outubro. Ao longo dos próximos meses teremos várias versões beta do Blender 2.50 representando o avanço no desenvolvimento de recursos como o B-Mesh e outros.

As versões beta acompanham também a evolução do projeto Durian. A equipe do projeto já está usando apenas o Blender 3D 2.50 para trabalhar na animação, o que deve alavancar siginificativamente o desenvolvimento.

Quando poderemos usar o Blender 2.50 em ambientes de produção? O mais sensato a fazer é aguardar pelo Blender 2.60, que será lançado depois que o Durian estiver finalizado. Isso só deve ocorrer no segundo semestre de 2010.

Projeto Durian: A pré-venda dos DVDs já começou!

Assim como aconteceu com as primeiras animações criadas pelo Instituto/Fundação Blender, o projeto Durian está com a pré-venda do DVD com o material já disponível para venda. Isso mesmo, a animação ainda não está pronta e só deve ser lançada no meio do próximo ano. A venda antecipada do DVD é uma maneira que o Instituto Blender tem de angariar os fundos necessários para produzir a animação e também desenvolver ainda mais o projeto. O custo do DVD pode até parecer caro quando analisamos que a animação só deve estar disponível no próximo ano, mas os benefícios compensam e muito!

Se você comprar o DVD até o próximo dia 15 de Setembro, ainda será possível ter o seu nome adicionado nos créditos da animação. Isso mesmo! Quando a animação terminar e os créditos forem passando, o seu nome aparecerá listado como um dos colaboradores do projeto.

Poster Projeto Durian Blender 3D

Está duvidando? Veja essa imagem que capturei dos créditos que passam no final do Big Buck Bunny:

blender-3d-dvd-creditos.png

Está vendo o meu nome lá? Pois é, o negócio é sério e o seu nome será gravado para posteridade e exibido sempre que alguém assistir a animação.

Para saber mais sobre o que pode acompanhar o DVD, que dessa vez será triplo e não duplo como no caso do Big Buck Bunny, visite esse endereço que leva para o anuncio oficial da pré-venda do DVD. A meta de vendas para que o projeto possa começar é vender aproximadamente 2000 DVD`s, o que é bem maior que o Big Buck Bunny também. Como o DVD será triplo, a quantidade de material que acompanha a animação deverá ser bem maior também:

  • A animação em diferentes formados e versões, incluindo versões em HD;
  • Todos os arquivos blend usados na produção, para que você possa estudar a maneira como a animação foi feita;
  • Todos os roteiros e material artístico como storyboards, usados na animação (Esse item é especialmente interessante para estudantes de cinema);
  • Tutoriais especialmente produzidos pela equipe do projeto;
  • Materiais adicionais que ainda devem ser anunciados.

Lembre que não é apenas a animação que estará sendo financiada com a compra desse DVD, mas o desenvolvimento do Blender 2.50 também. Como o lançamento do Blender 2.50 deve acontecer de maneira simultânea do Durian, os artistas envolvidos com o projeto provavelmente devem começar a trabalhar na produção usando essa versão do Blender, em fase experimental e ao longo do projeto a equipe deve adicionar ferramentas e novas opções ao Blender.

Para comprar o DVD, visite a Blender e-shop e aproveite que o valor do dólar está baixando!

O anúncio foi feito ontem, mas como estava em João Pessoa ministrando uma palestra de última hora, acabei vendo a notícia só hoje pela manhã mesmo. Agora você já sabe! Agradeço ao leitor Adauto que me enviou um e-mail reforçando o aviso!