Tutorial Blender: Configurando materiais em wireframe com Add-ons

A apresentação do objetos 3d modelados em softwares como Blender, 3ds Max, Maya e outras ferramentas pode ser feita de várias maneiras. Sempre que é preciso apresentar a estrutura do objeto para fins de avaliação do modelo 3d, é interessante fazer uma renderização expondo o wireframe do objeto 3d. Em algumas ferramentas 3d existem até mesmo materiais próprios para esse tipo de render, mas no caso do Blender é preciso fazer alguns pequenos ajustes nos materiais para conseguir o efeito e exibir as linhas do arame na imagem.

O truque é bem simples e consiste na criação de dois objetos idênticos com materiais diferentes aplicados, sendo que um deles é configurado como sendo do tipo Wire. Com o ajuste do parâmetro Z Offset, conseguimos o efeito do render em arame.

Como configurar materiais em wireframe no Blender?

Mas, para as pessoas que precisam realizar esse tipo de configuração de maneira constante, existe um Add-on que pode ajudar bastante no processo. O script se chama Setup Wire Materials e deixa todo o processo de configuração do material em arame automatizado.

Para mostrar como o script funciona, montei um pequeno tutorial em vídeo que demonstra a configuração e uso do Setup Wire Materials no Blender 2.61.

A parte interessante desse script é que ele também permite criar estruturas em arame para uso com o Blender Cycles. Esse parâmetro Z Offset dos materiais não existe no Cycles, e para contornar o problema o script cria uma cópia do objeto selecionado e cria uma estrutura volumétrica usando as arestas do modelo 3d como base. O resultado é que podemos criar um render em arame com o Cycles. Mas, cuidado ao usar essa opção pois ela pode deixar o sistema muito lento. Já tentei usar a criação de estruturas para o Cycles com modelos complexos, e de quatro tentativas apenas em uma delas o computador não travou.

Antes de escolher essa opção é interessante salvar o projeto, ou para os que gostam de viver perigosamente, deixe para salvar apenas depois que a estrutura estiver pronta.

Dica:

Caso você queira aprender a usar o Blender para trabalhar com animação e modelagem, recomendo uma visita ao EAD – Allan Brito. Lá você poderá realizar um curso online gratuito de Blender básico, e também pode prosseguir com seus estudos em outros cursos intermediários e avançados sobre o Blender.

Renderização em Wireframe com o Autodesk Maya

A criação de imagens usando softwares como o Autodesk Maya é mais lembrada pelas renderizações extremamente realistas. Uma coisa que muitos artistas e estudantes praticamente ignoram é a possibilidade de trabalhar com grafismos e também ilustrações usando softwares como o Maya, 3ds Max e Blender 3D. Para ter uma boa idéia de como isso é importante para o mercado, e pode alavancar a sua carreira em termos de produção 3d, faça uma visita a qualquer livraria ou gráfica. A grande maioria das imagens produzidas para capas e ilustrações hoje, tem algum elemento de 3d envolvido. Softwares como o Adobe Illustrator e Corel Draw já permitem a criação de elementos simples em 3d, mas ainda assim a melhor opção é trabalhar com suítes.

Esse tipo de imagem é chamada de NPR no jargão técnico da computação gráfica 3d, em que a sigla significa Non Photoreal render. Uma das técnicas mais usadas para criar esse tipo de imagem é a criação de uma renderização usando o modo padrão de shade dos softwares 3d, com a estrutura em wireframe dos modelos 3d aparente. Caso você queira aprender o funcionamento desse tipo de ferramenta no Autodesk Maya, o tutorial abaixo faz uma ótima explicação da técnica, usando um plugin do próprio Maya.

Além da renderização em si, o autor do tutorial aborda o uso de outras ferramentas do próprio Maya, interessantes e necessárias para quem está começando a trabalhar com o software. Por exemplo, ele mostra como é possível selecionar e alterar propriedades da câmera, assim como a cor de fundo de um render. No vídeo o autor não usa nenhuma câmera, mas as propriedades alteradas correspondem à vista em perspectiva.

Outra ferramenta apresentada no tutorial é o Turntable do Maya, que permite criar de maneira automatizada uma animação em que a câmera gira em torno de um ponto fixo. Esse tipo de movimento é muito usado para apresentar e demonstrar modelos 3d, pois faz um panorama em 360 graus de todo o modelo 3d. No final do vídeo é possível conhecer o verdadeiro responsável pela renderização do objeto com a estrutura em wireframe aparente, que é o plugin Vector Render. Para quem não tem, ou sabe usar esses plugins, o autor mostra como é possível carregar e acionar o plugin na renderização.

Caso você seja usuário do Maya ou esteja estudando o software, o vídeo irá ajudar muito no conhecimento desses aspectos como manipulação da câmera, render e animação. O vídeo está em HD, portanto é possível assistir em tela cheia e acompanhar os detalhes como os nomes dos menus de maneira bem clara.