Tutoriais sobre animação e modelagem com Maya para jogos

Como parte dos meus esforços para voltar a falar sobre o Maya, comecei a pesquisar mais tutoriais e vídeos que possam ser úteis aos vários leitores que se interessam em usar o Maya. Hoje encontrei uma pequena lista de tutoriais no Youtube, publicada por uma escola online de artes para o mercado de jogos 3D, essa escola se chama Sessions. Eles publicaram um total de 10 vídeos, com assuntos abordados nos treinamento que eles oferecem no seu próprio web site. Claro que muito do material pode ser aproveitado por usuários que usam o Maya PLE, para fins educacionais.

Para facilitar o acesso aos vídeos, fiz um playlist com todos os tutoriais:

Veja os títulos de alguns dos vídeos disponibilizados:

  • Conceitos básicos de Maya: Navegação 3d e interface
  • Animação de personagens: Trabalhando com animação de personagens avançada
  • Animação de personagens: Trabalhando com hierarquias
  • Conceitos básicos de Maya: Configuração de luzes e câmeras
  • Conceitos básicos: Configurando mapeamento UV
  • Animação de personagens: Criando animação no Maya
  • Iluminação e materiais para jogos: Criando materiais metálicos
  • Iluminação e materiais para jogos: Quatro técnicas diferentes para iluminação
  • Texturas: Criando texturas do tipo tilling
  • Texturas: Removendo e suavizando sombras

Tomei a liberdade de traduzir os títulos dos vídeos, para que você possa avaliar melhor se vale ou não assistir. Apesar de a narração ser em inglês, os vídeos são de fácil entendimento.

Já assistir quase todos os vídeos e eles são muito bons, no total os tutoriais somam mais de 1 hora de instrução. Como os vídeos são direcionados para a criação e desenvolvimento de arte para jogos, eles não se aprofundam muito na criação de keyframes para animação, mas sim na configuração dos personagens e cenários, para exportar para uma engine gráfica.

Mesmo que você na esteja interessado na parte de jogos, recomendo uma visita aos tutoriais que falam sobre aspectos básicos do Maya, com a interface. Outro ponto interessante, os que falam sobre a configuração e manipulação de personagens.

Se você tem o Maya PLE, não pode perder esse conjunto de tutoriais!

Tutorial de animação para veículos com Maya

Geralmente quando se fala em animação, pensamos logo em personagens e cenários virtuais. Mas, existem outros tipos de animação que são tão ou mais complicados de criar, que as animações de personagem. Uma das mais complicadas é a animação para fazer veículos, se analisarmos bem a dinâmica desse movimento, o resultado final é muito difícil de atingir e configurar. O movimento constante das rodas e a simulação de detalhes com o os amortecedores, deixa essa animação especialmente complexa.

Nas minhas aulas sobre animação, nunca tenho oportunidade de chegar tão longe em termos de animação avançada, sempre acabamos parando na animação de personagens. Mas vejo que os alunos têm muita curiosidade.

Para saciar um pouco dessa curiosidade, encontrei hoje navegando pela web uma ótima coleção de tutoriais em vídeo, que ensina toda teria e prática de como realizar essa animação no Maya.

Veja o primeiro vídeo:

Para acessar a lista completa de vídeos, que estão organizados sem ordem definida, visite esse endereço.

No total o tutorial é composto por 13 vídeos que ensinam tudo! Eu sei, pelo título é possível perceber que os vídeos abordam o Maya 4.5 que já está um pouco desatualizado. Mas, lembre que é sempre possível aprender alguma coisa com esse tipo de tutorial.

Nesse caso, posso até dizer mais, o tutorial aborda a criação de uma expressão que controla o movimento das rodas na animação. Já pensou ter que adicionar keyframes para animar a rotação dos pneus? Seria um atentado contra a produtividade.

O autor do tutorial usa uma expressão matemática no Maya, usando MEL, para simular o movimento das rodas. Como ele faz a fundamentação teórica do assunto, para poder chegar na animação, os usuários que conhecem as respectivas linguagem de Script de outras ferramentas podem tentar implementar a solução. Por exemplo, no Blender 3d os usuários que conhecem Python podem tentar fazer a animação, assim com os usuários de 3ds Max podem tentar com MAXScript.

Claro que os usuários de Maya, podem tentar aplicar os conhecimentos do tutorial de maneira mais “direta”. Não perca essa oportunidade de aprender um pouco mais sobre animação, com expressões matemáticas.

Animação com curvas no Blender 3D

Você sabe como fazer a animação de uma curva em crescimento com o Blender 3D? Caso não saiba, o artista 3d argentino, Pablo Lizardo publicou no seu blog um ótimo tutorial, mostrando como fazer o efeito. O processo usado na animação é simples, para quem já usou alguma vez o 3ds Max a ferramenta é muito semelhante ao que conseguimos com o Loft. Antes de começar a falar sobre o tutorial, tanto o Loft como o BevOb do Blender, conseguem criar modelos 3d usando curvas.

Para isso são necessárias duas curvas, sendo uma para definir o caminho necessário para o objeto e outro que deve definir a forma. Por exemplo, para criar o modelo de uma corda, precisamos de uma curva que define o comprimento e formato da corda. Depois disso criamos outra curva, para definir o formato ou perfil dessa corda, como a maioria das cordas tem perfil circular, podemos criar um círculo para esse propósito.

Assim que essas formas estiverem prontas, podemos acionar a ferramenta Loft no 3ds Max ou BevOb no Blender, para criar o modelo. No Blender precisamos prestar atenção em um detalhe dos objetos, no caso os nomes dos mesmos. Pois é com os nomes que a ferramenta irá manipular os objetos e criar o modelo 3d.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o processo, confira esse ótimo tutorial do Pablo, ensinando como executar o processo no Blender 3D, depois ele ainda ensina como fazer uma animação, para que seja possível ter controle dinamicamente sobre o preenchimento da forma.

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”][youtube]http://www.youtube.com/watch?v=_igp7TyRGnU

O processo descrito por ele é simples, mas muito eficaz. Quando todos os elementos estão criados, ele determina que a forma do círculo deva ser o perfil da curva, depois a linha deve determinar a deformação da curva. Isso é possível com o parâmetro TaperOb do Blender. No final, ele entra no modo de edição da curva, para inverter a direção da curva e ajustar corretamente a deformação da curva.

O segredo para a animação é deformar a curva, usada para deformar o objeto. Ele primeiro alinha os vértices da curva na vertical, para depois criar um terceiro ponto. Caso você não tenha entendido, o esquema da curva ficou assim:

Esquema das curvas no Blender 3D

Quando movermos o ponto B para a esquerda ou direita, o objeto se deforma e cria o efeito desejado.

Mas como fazer a animação desse objeto? Para isso o Pablo seleciona o vértice do ponto B, depois pressiona CTRL+H para adicionar um Hook (gancho), usando como base um objeto Empty. Assim ele pode adicionar keyframes no Empty e elaborar a animação. Esse tipo de animação pode ser usado para criar visuais muito interessantes para vídeo design ou plantas em crescimento.

O artigo original do Pablo pode ser encontrado aqui. Lá ele ensina como aplicar um material interessante para a curva resultante do tutorial.

Para quem ficou perdido com a animação, estou disponibilizando para download o arquivo fonte que eu produzi, depois de ter feito os passos dessa animação aqui.

Não estranhe a diferença de ferramentas usadas na produção do tutorial. Ao que parece, o Pablo usou uma versão de testes do Blender para gravar o vídeo.

[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]