Árvores gratuitas para a Unreal Engine

A criação de cenários externos para jogos envolve o uso de diversos componentes e recursos que devem ajudar na criação de um ambiente virtual realista, que pode envolver tanto o uso de texturas como modelos 3d. Por exemplo, a criação de terrenos e topografia acaga sendo feita com mapas de displacement que são muito práticos nesse tipo de projeto.

Na parte relacionada com vegetação o processo já muda de figura, e nem sempre o uso de texturas é recomendada. Em alguns casos você até pode usar texturas com canais alpha, mas a câmera não pode se aproximar da vegetação. Caso contrátio ficará evidente para o usuário que são objetos bidimensionais.

O uso de modelos 3d para árvores sempre é a melhor opção para representar esse tipo de objeto.

Quer fazer o download de um pacote com três árvores realistas para a Unreal Engine? Um artista chamado Chico Spans compartilhou na sua conta do Gumroad, um conjunto com três dessas árvores para download gratuito.

As árvores estão com excelente resolução e podem ser usadas nos mais variados contextos na Unreal Engine. Desde a aplicação direta em projetos de jogos que possuem cenários externos.

Até mesmo em projetos relacionados com arquitetura interativa, em que é possível aproveitar o material para criar verdadeiros jardins e áreas verdes na área externa das edificações.

O conjunto com as três árvores possue aproximadamente 370MB e já acompanham texturas.

Para fazer download das árvores no Gumroad, você precisa informar um “preço justo” que pode começar com zero segundo o autor. O download gratuito inicia se você informar como preço justo o valor zero.

Aprendendo a usar a Unreal Engine

Quer aprender a usar a Unreal Engine para aplicação dessas árvores? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos relacionados com a Unreal Engine que podem ajudar você. Desde a criação de jogos até visualização para arquitetura:

Download gratuito de árvores para 3ds max e V-Ray

O uso de vegetação em qualquer projeto de visualização pode levar um artista a perder a paciência tentado encontrar a melhor solução para o seu projeto. O desafio nesse tipo de situação é existem inúmeras maneiras de representar vegetação em ambientes 3d como é o caso de planos com texturas, modelos 3d e até mesmo softwares especializados em adicionar esse tipo de elemento como um proxy, para gerar ainda menos carga na cena. Qual a melhor opção? Do ponto de vista de performance ainda prefiro muito mais trabalhar com texturas, pois a carga adicionada na cena é praticamente nula, e podemos usar texturas de alta qualidade para conseguir resultados realistas.

Mas, as texturas possuem pontos negativos que precisamos observar. O mais evidente deles é que a vegetação passa a ser uma figura 2D, e isso pode ser um grande problema se considerarmos que a câmera precisará se mover, ou mesmo quando o projeto requer ângulos diferentes de visualização. Nesse tipo de situação, precisamos usar múltiplos conjuntos de planos ou partir para vegetação em 3d.

A vegetação em 3d possui um grande problema que é o motivo que faz com que o método não seja usado pela maioria dos artistas. Essa vegetação é formada por polígonos em 3d, que por sinal são repletos de faces. Uma árvore em 3d pode facilmente ser composta por dezenas de milhares de polígonos. Como uma cena geralmente é composta por diversas árvores, fica fácil perceber o motivo que faz esse tipo de objeto 3d ser pesado a ponto de inviabilizar a edição de cenas na viewport de softwares 3d.

Para quem usa o 3dsmax e renderiza as suas cenas com o V-Ray, encontrei um conjunto bem interessante de modelos 3d representando árvores sendo oferecida pelo Viz-World. O download pode ser realizado mediante o cadastro no site deles, e você terá acesso a um conjunto de 18 árvores otimizadas para uso no 3dsmax e V-Ray.

download árvores para 3dsmax e V-Ray

Mas, existem pontos positivos em usar árvores 3d para projetos de visualização? Claro que sim! Ao usar esse tipo de objeto 3d em projetos você pode:

  • Movimentar a câmera livremente na cena
  • Aproveitar o fato de que os modelos 3d das árvores projetam sombras
  • Usar as árvores como elementos de composição na cena

O simples fato de podermos mover a câmera sem preocupações no projeto já é um grande diferencial.

Download gratuito de árvores e vegetação em 3D

O uso de vegetação em ambientes e projetos baseados em modelagem 3d pode demandar alguns truques para o artista responsável, pois a escolha incorreta da técnica geralmente acaba comprometendo a performance até mesmo do processo de edição da cena. Por exemplo, o uso de vegetação baseada em geometria adiciona uma quantidade grande de polígonos em qualquer cena, que faz até mesmo os melhores computadores perderem performance e apresentarem lentidão em tarefas simples como a alteração da câmera ou mudanças no enquadramento.

Uma solução inteligente para esse tipo de problema é o uso de texturas com fundo transparente em planos, que se espalhados pelo cenário acabam gerando um excelente resultado em termos de visualização de vegetação. O peso desse tipo de solução é insignificante quando comparamos com o uso de vegetação baseada em geometria real. Em casos como a representação de grandes superfícies de vegetação é imprescindível usar esse tipo de recurso, ou então aproveitar alguma tecnologia de instanciamento como o V-Ray Pattern.

Mas, e se formos apostar no uso de árvores com base em geometria? Nesse caso, você pode ficar interessado em visitar o Xfrog, que é um web site especializado no comércio de recursos como árvores e outros elementos para inserção em projetos de modelagem e animação. O Xfrog disponibilizou uma biblioteca com mais de 130 árvores para download gratuito, todas elas baseadas em geometria real.

free-trees-architecture.jpg

Um dos pontos positivos no uso dessa biblioteca é que os modelos das árvores estão todos em formato OBJ, o que significa que qualquer software que consiga importar esse tipo de arquivo 3d é capaz de aproveitar as árvores em 3d. Por exemplo, o Blender é uma dessas ferramentas que pode aproveitar as árvores gratuitas do Xfrog. Além do formato OBJ é possível copiar as árvores em formatos nativos para o 3ds max, maya e outros softwares.

Esse tipo de recurso ajuda muito em processos de composição de cenários, mas deve ser usado com cautela devido às situações que descrevi no início desse artigo. Se uma cena acaba recebendo muitas dessas árvores o resultado pode até ser bom visualmente, mas você corre o risco de ter um arquivo que fique pesado demais para editar.

Mesmo assim, já estou fazendo o download da coleção completa para usar em meus projetos e aulas.