AutoCAD 2011: Tutorias e dicas para desenho técnico

Os usuários que estão começando a trabalhar com AutoCAD sempre acabam tendo muita dificuldade em decorar e se habituar com o uso de atalhos de teclado, e principalmente os famigerados comandos. Para ajudar nesse tipo de aprendizado é interessante agrupar uma boa quantidade de material de apoio, como é o caso de apostilas de AutoCAD, ou mesmo um bom conjunto de vídeos com dicas sobre o funcionamento da ferramenta. A Autodesk liberou nas últimas semanas vários vídeos com dicas sobre o funcionamento do AutoCAD 2011, que podem ajudar muito no processo der aprendizagem do mesmo. Esses vídeos abordam o uso de ferramentas como o editor de hachurias e também recursos novos do AutoCAD apresentados na versão 2011.

Para ajudar no aprendizado da ferramenta atender os diversos pedidos sobre tutoriais de AutoCAD 2011 que recebo por e-mail e no meu Twitter, resolvi publicar esse artigo com três dos vídeos mais úteis para quem está começando a aprender AutoCAD 2011.

O primeiro vídeo aborda uma das ferramentas mais úteis para trabalhar com desenho técnico no AutoCAD, em termos de utilidade talvez ela só perca para o Offset. Estou falando do comando Align que permite trabalhar com a rotação e movimento de objetos ao mesmo tempo. Com esse comando podemos selecionar vários objetos ao mesmo tempo e usando o align posicionar os mesmos usando pontos como referência. No vídeo abaixo temos a criação de uma planta-baixa que usa linhas inclinadas para posicionar e ajustar partes em ângulo do conjunto, apenas usando linhas.

No segundo vídeo temos uma demonstração de como praticamente qualquer objeto 2d pode ser criado usando apenas movimentos de mouse com o AutoCAD 2011. Esse tipo de dica facilita muito o processo de desenho, pois em ambientes de produção a velocidade do desenho e adição de entidades gráficas são extremamente importantes para acelerar o processo de criação.

Já no último vídeo temos um recurso novo do AutoCAD 2011 que é a edição e criação de hachurias. Esse é um ponto em que todos os usuários de AutoCAD concordam em reclamar. A criação desse tipo de elemento gráfico é extremamente trabalhosa e quando os desenhos apresentam muitos detalhes, a detecção de áreas para a hachuria vira uma verdadeira loteria.

Esses três vídeos não mostram tudo relacionado com o AutoCAD 2011, mas são um excelente ponto de partida para qualquer pessoa interessada em aprender mais sobre desenho técnico com a ferramenta.

Download gratuito de blocos e mobiliário em 3D para AutoCAD, 3ds Max, Blender, Rhino e outros

A modelagem 3d de ambientes e partes técnicas de projetos é relativamente simples e rápida de executar, permitindo que um artista 3d construa em poucas horas um cenário com paredes, forro, piso, tubulações e outros elementos. Como a maior parte desses objetos é formada por primitivas geométricas deformadas, é possível conseguir excelentes níveis de produtividade. Mas, apenas trabalhar com a construção de elementos geométricos nas maquetes eletrônicas não é suficiente. Ainda é necessário adicionar diversos elementos nos modelos para fazer a ambientação, principalmente quando o projeto envolve a visualização de ambientes internos.

Uma coisa que sempre faço é visitar web sites que oferecem modelos 3d gratuitos para download, principalmente os que oferecem os modelos em formatos compatíveis com diversos softwares, e não apenas com o 3ds Max como é o caso de modelos salvos no formato max.

Semana passada encontrei um web site especializado em oferecer modelos de móveis e objetos para projetos desenvolvidos no Rhino 3D, com arquivos disponíveis no formato 3DM. Mas, para minha surpresa os modelos 3d sempre tem duas versões disponíveis em 3DM e 3DS também! O que faz com que possamos usar móveis em diversos softwares 3d, inclusive o Blender. O web site se chama Flying Architecture e ele já conta com noventa modelos (hoje), disponíveis para download nas mais diversas categorias.

A imagem abaixo ilustra uma cadeira criada com design de Le Corbusier e importada para o Blender 3D no formato 3DS:

download-gratuito-blocos-3dsmax-autocad-blender-3d.jpg

Podemos fazer o download de móveis e objetos próprios para as seguintes áreas:

  • Sala de estar
  • Cozinha
  • Quartos
  • Escritórios
  • Sofás
  • Cadeiras

Pela imagem que ilustra o artigo é possível perceber o alto nível de qualidade dos modelos 3d, contando inclusive com pequenas ranhuras na manha e elementos como a costura de tecidos. É um excelente conjunto de objetos e modelos para qualquer projeto de visualização.

Enquanto esperamos pela conclusão do projeto que vai melhorar o suporte ao formato COLLADA no Blender 3D, precisamos nos ater a essas alternativas com download de objetos em formatos como o 3DS. Quando o suporte ao formato COLLADA estiver totalmente implementado no Blender 3D, poderemos fazer o download de modelos 3d diretamente no 3D Warehouse e exportar do SketchUp para o Blender 3D.

Mas, para que isso aconteça é preciso ter paciência e torcer para que o projeto desenvolvido como parte do Google Summer of Code 2009 seja concluído.

AutoCAD 2010: Como criar blocos para uso em desenho técnico?

Assim como acontece com a maioria dos softwares 3d, o AutoCAD pode usar vários desenhos e elementos prontos para acelerar o processo de criação de uma prancha técnica. Essas entidades de desenho que usamos para acelerar o design dos projetos são chamadas de bloco, que identifica tanto os desenhos 2d como os 3d até mesmo em ferramentas como o 3ds Max e Blender 3D. Nos softwares 3d não é necessário nenhum tipo de preparação especial para criar esse tipo de bloco, basta salvar o arquivo apenas com o objeto desejado que ele automaticamente já possa ser incorparado em qualquer biblioteca de modelos 3d.

No AutoCAD e na maioria dos softwares de CAD o processo é bem diferente, e precisamos necessariamente converter um elemento desenhado no projeto, para que seja possível aproveitar o mesmo objeto em outros projetos. Para isso existe um comando especial associado a uma ferramenta chamado de Block. Se você, assim como eu, tem interesse em softwares de CAD para usar como possível base de projetos para modelagem, é interessante manter uma boa base de conhecimento, principalmente sobre os blocos.

Como a maioria dos projetos que recebemos para usar de referência na modelagem 3d é composta por grande quantidade de blocos, o conhecimento de como esse tipo de elemento funciona é fundamental. No tutorial abaixo é possível acompanhar a criação de um bloco no AutoCAD 2010, que é relativamente simples em termos de funcionamento, mas requer um pouco de atenção.

Repare no vídeo que o autor precisa preencher diversas opções para conseguir criar um bloco no AutoCAD 2010. Entre as opções que precisam ser preenchidas estão:

  • Nome: Esse é um nome único para o bloco que vai identificar o objeto
  • Ponto de inserção: Todos os blocos precisam ter um ponto de inserção definido, para ser usado junto com comandos de modificação ou mesmo quando
  • Escala: Como o AutoCAD trabalha com base em escalas, é interessante escolher uma escala que represente bem o objeto desenhado. Por exemplo, para elementos que fazem parte de projetos para arquitetura a escala usada geralmente é Meters.
  • Objetos: Aqui é necessário escolher os objetos que devem fazer parte do bloco.

Com esses passos concluídos é possível adicionar novas entidades do bloco no projeto.

Qual a vantagem em usar blocos?

Existem várias vantagens em usar blocos nos projetos desenvolvidos no AutoCAD. Por exemplo, existem comandos como o Divide e Measure que podem distribuir blocos sobre linhas usando espaçamentos definidos. Também é possível controlar as alterações realizadas nos blocos, que são reproduzidas em todas as suas cópias como se fossem instâncias em softwares 3d.