Blender para arquitetura: Cervejaria na Bélgica

As aplicações do Blender como ferramenta para visualização em arquitetura ganham cada vez mais espaço, principalmente quando associadas com o hardware certo para determinados projetos.

Veja o caso desse projeto criado pelo renomado artista Enrico Cerica. Ele é bem conhecido entre a comunidade de artistas que trabalham com arquitetura.

Seus projetos remontam ainda dos dias em que praticamente só tínhamos o YafaRay como opção para renderizar arquitetura.

O projeto consiste em uma cervejaria e bar na Bélgica que foi totalmente modelado no Blender e renderizado com o Octane Render. Esse é um render que faz uso de recursos como aceleração por GPU para encurtar o tempo de processamento das imagens.

Um dos grandes destaques do projeto é a quantidade de ângulos e detalhes que o autor conseguiu adicionar. Isso graças a um excelente conjunto de hardware usado no desenvolvimento do material.

Segundo o autor do projeto foram usadas as seguintes placas para acelerar o render:

Só no pequeno conjunto de placas 1070 ligadas em SLi o autor já conta com 5760 núcleos CUDA. Isso já garante um incrível poder de processamento para gerar as imagens.

Ainda com todo esse poder de processamento, as imagens levaram em média entre 2–3 horas para renderizar. O que mostra a complexidade e quantidade de informações que cada equipamento precisa lidar.

Sem o uso de hardware adequado para criar as imagens é bem provável que o artista precisaria escolher apenas um conjunto pequeno de imagens, pois o tempo de render seria inviável para a quantidade de imagens geradas.

Para conferir mais imagens desse projeto, recomendo visitar o link que leva até os fóruns BlenderArtists em que o artista compartilhou mais imagens. É um excelente exemplo de como trabalhar com arquitetura no Blender.

Esse é mais um excelente exemplo de como o Blender pode ser aplicado em projetos relacionados com visualização para arquitetura, que possui uma aplicação comercial imediata. Você pode começar a trabalhar com esse tipo de material e encontrar aplicações comerciais rapidamente.

Usando o Blender para arquitetura

Quer aprender criar imagens 3d relacionadas com arquitetura no Blender? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos e treinamentos relacionados com a criação de maquetas eletrônicas e arquitetura:

VR para arquitetura: Demonstração de projeto

As maneiras existentes para vender projetos em arquitetura estão evoluindo bastante nesses últimos anos, e isso acaba interferindo diretamente no mercado. Assim como a tecnologia avança para oferecer produtos de entretenimento, os artistas digitais sempre encontram forma de aproveitar a tecnologia para potencializar seus projetos. É o caso do VR para arquitetura.

Quer um exemplo da aplicação de VR para arquitetura? No vídeo que ilustra esse artigo você pode conferir a apresentação de um projeto usando VR. Nesse caso o artista faz a demonstração virtual de um ambiente interno que pode ser visualizado de maneira extremamente realista.

No caso dessa demonstração de VR para arquitetura é usado o HTC Vive. Esse equipamento é uma das plataformas premium de VR disponíveis para consumidores. Entre as inúmeras vantagens em usar equipamentos como esses, está a qualidade das imagens geradas. É possível conferir os ambientes internos com boa resolução de imagens.

O usuário é capaz de andar pelos ambientes e ter a sensassão de estar realmente no projeto finalizado, e perceber a organização espacial de forma bem realista. É algo que transcende as simples imagens renderizadas de forma estática, e até mesmo as aplicações interativas. E dependendo da forma com que os projetos são realizados, é possível até mesmo fazer opções de mobiliário e materiais diferentes.

Como o usuário pode fazer essas trocas de materiais e móveis, o projeto ganha um nível próprio de interação. Pois é possível pegar o que já está pronto e fazer mudanças de acordo com o gosto do futuro morador ou habitante do espaço. É uma forma mais interativa de fazer arquitetura e até mesmo gerar novos negócios.

VR para arquitetura

Uma das fontes de renda de projetos para arquitetura de interiores são as comissões e vendas sobre móveis, objetos e acabamentos. Ao oferecer dentro das aplicações VR para arquitetura os produtos das empresas para as quais você já possui contatos comerciais, a comissão em vendas pode ficar facilitada.

Para os casos em que você pretende também fazer a venda dos móveis, as aplicações ainda podem oferecer informações como preço e acabamentos dos produtos. Apesar de usar uma plataforma relativamente cara, é possível conseguir excelentes resultados com dispositivos VR baseados em celulares também. A interação fica por conta de joysticks Bluetooth.

VR para arquitetura

Ficou interessado em desenvolver VR para arquitetura? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos relacionados com a produção de VR para arquitetura e aplicações interativas:

Curso e oficina de visualização interativa para arquitetura no Unity

A visualização para arquitetura está evoluindo junto com as tecnologias e a facilidade com que podemos usar recursos que ajudam na apresentação de projetos. Até alguns anos atrás a área era dominada por desenhos feitos em aquarelas e aerografia que hoje sequer são considerados para esse tipo de projeto. Com o surgimento de softwares 3d e renderizadores poderosos os responsáveis pelos projetos precisavam de imagens realistas, e hoje a nova tendência é o uso de tecnologias relacionadas com jogos digitais para apresentar projetos. Como os futuros compradores já fazem uso desses recursos para se divertir, podem muito bem usar uma aplicação 3d para conhecer seu futuro imóvel.

Curso e oficina de visualização interativa para arquitetura no Unity

É com base nessa demanda que o EAD – Allan Brito lança mais um curso hoje, que é o Curso e oficina de visualização interativa para arquitetura no Unity. Esse curso faz uso de todos os recursos do Unity voltados para visualização e interação, proporcionando aos participantes a criação de elementos e recursos como:

  • Menus de seleção para materiais (para mostrar diferentes opções de acabamento)
  • Ligar e desligar dinamicamente móveis e luzes (apresentando decorações diferentes no ambiente)
  • Criação de menus de navegação para mostrar partes do projeto
  • Configuração da iluminação
  • Uso de minimapas para localização no projeto
  • Criação de Apps nativos do seu projeto para iOS e Android
  • Publicação de projetos para a Web

Um dos diferenciais do curso é o foco na interação do usuário com o projeto, e principalmente a possibilidade de transformar o seu ambiente em uma aplicação nativa para smatphones e tablets na App Store ou Google Play. Assim o seu mecanismo de venda pode ser adicionado no telefone ou tablet do futuro comprador.

Quer conferir a lista completa de aulas? Visite a página do curso para conhecer todos os vídeos.

Aprendendo mais sobre visualização para arquitetura

Quer começar a trabalhar com visualização para arquitetura? Recomendo conferir os seguintes cursos no EAD – Allan Brito para complementar seu conhecimento:

Vegetação na visualização para arquitetura na Unreal Engine

O uso de ferramentas relacionadas com o desenvolvimento de jogos para apresentar projetos de arquitetura é uma tendência irreversível, até pelo simples motivo das licenças dessas ferramentas serem gratuitas para a criação de visualização em arquitetura. Esse é o caso da Unreal Engine que tem um dos melhores suportes visuais do mercado, e permite trabalhar em projetos de visualização para arquitetura sem cobrar taxas ou valores dos artistas. Existem diversos exemplos de projetos que apresentam de maneira impressionante residências e edificações com nível de qualidade visual excelente, e que algumas vezes até se comparam com a qualidade visual do V-Ray, Corona e Cycles.

Um artista chamado rabellogp publicou nos fóruns de usuários da Unreal Engine um projeto que impressiona pelo nível de qualidade visual e principalmente o ambiente externo. Um dos pontos de destaque do projeto é a vegetação nos arredores do projeto, que serviu de base para o artista estudar e desenvolver suas habilidades em visualização para arquitetura na Unreal Engine.

vegetacao_unreal4_500px

Pela descrição do projeto, a vegetação foi gerada usando ferramentas externas como o Speedtree, que é especializado em gerar vegetação para ambientes de jogos na Unreal Engine. Com o uso desse tipo de ferramenta o processo de configuração das cenas fica rápido e o resultado visual acaba sendo semelhante ao que encontramos na imagem. Além do Speedtree é possível encontrar diversas opções dentro do Marketplace da Epic relacionados com vegetação para jogos, que podem tranquilamente ser adaptados para ambientes de visualização para arquitetura.

Visualização para arquitetura na Unreal Engine

Quer começar a trabalhar com visualização para arquitetura na Unreal Engine? No EAD – Allan Brito você encontra cursos que ajudam no processo de modelagem do cenário e na posterior configuração do projeto dentro da Unreal Engine. Nos cursos são abordadas as configurações dos materiais, iluminação e ambiente interativo. Um dos pontos positivos é o ajuste dos Blueprints que garante a interação do seu usuário com o ambiente:

Apresentações interativas para arquitetura no Unity

O uso de tecnologias relacionadas com jogos para apresentar projetos de arquitetura é cada vez mais presente em escritórios e como fator para impulsionar as vendas de projetos. É por isso, que sempre recomendo aos meus alunos o estudo ou o desenvolvimento desse tipo de habilidade quando o assunto é a adequação ao mercado. Se você ainda procura apresentar seus projetos apenas com base em imagens estáticas, saiba que muito em breve a queda na demanda desse tipo de material pode trazer sérios impactos para a sua renda como artista. É preciso procurar novas tecnologias para apresentar esses projetos.

No início de dezembro o Unity deve receber uma atualização que adiciona um recurso chamado de SSRR (Screen-space raytraced reflections) que foi demonstrado pela equipe interna do Unity, usando modelos 3d pré-configurados de bibliotecas para arquitetura. O resultado é essa impressionante apresentação do que o software é capaz de criar em termos de visualização para arquitetura.

Como parte da prova de conceito sobre a aplicação desse novo recurso, a equipe de desenvolvimento trabalhou na adaptação de uma cena usando o recurso para gerar a seguinte simulação:

O material impressiona pela qualidade visual e também iluminação. Só lembrando que esse é um ambiente voltado para apresentação de jogos, podendo ter todos os recursos e interações possíveis. Esse é o tipo de material que impressiona pela qualidade e interação com o ambiente, sendo um dos motivos para que empresas como a Epic e Unity investem pesado para mostrar as possibilidades. É uma maneira de expandir o número de usuários e conseguir mais projetos. Lembrando que na maioria das vezes é possível aproveitar esses recursos de maneira totalmente gratuita! No caso da Unreal Engine é gratuito o uso do software para arquitetura, independente do faturamento do projeto e no caso do Unity até 100.000 dólares é gratuito também.

Uma das vantagens no uso desse tipo de software para produzir apresentações em arquitetura é a facilidade com que podemos exportar o conteúdo para dispositivos móveis, seja iOS ou Android e também criar ambientes imersivos com uso de VR. No que diz respeito a apresentações interativas para arquitetura, estamos apenas começando a explorar as possibilidades.

Aprendendo a criar apresentações interativas para arquitetura

Ainda não sabe como começar a criar animações interativas para arquitetura? No EAD – Allan Brito você tem à disposição uma série de cursos e recursos para começar a trabalhar nessa área: