Download gratuito de animais 3d low poly animados

Alguns recursos e bibliotecas gratuitas de materiais e modelos 3d que encontramos na web, podem não ter aplicação direta no momento em que as encontra. Mas, ainda assim é interessante fazer o download, classificar e deixar as mesmas disponíveis para referência futura.

Esse é o caso de uma pequena coleção de modelos que compartilho com você nesse artigo.

Um artista chamado QuaterniusDev compartilhou no reddit uma pequena coleção com cinco modelos 3d de animais low poly, todos com animações e prontos para serem usados em projetos de jogos digitais. Além de ser um excelente recurso para fins de aprendizado, você pode aproveitar os mesmos nos seus jogos.

O único ponto negativo da coleção é a qualidade das animações, que poderia ser um pouco mais fluidas. Mas, o artista também compartilha os arquivos fontes de cada modelo. Isso facilita o processo de edição e ajuste, caso você precise editar e melhorar o material.

Todos os modelos 3d estão disponíveis nos formatos OBJ, FBX e Blend. A fonte do material é o Blender, então se você usa o software que quiser editar as animações o processo será rápido.

Mas, e se você não quiser editar os arquivos? Simples, basta usar os FBX para importar os modelos 3d diretamente para engines como o Unity ou a Unreal Engine. Então, você terá animais em 3d low poly prontos para participar do seu próximo jogo.

Outro ponto positivo para a coleção de modelos 3d é a sua licença de uso. O artista está compartilhando tudo em creative commons zero o que em outras palavras significa que tudo é de domínio público! Você não precisa se preocupar nem em atribuir créditos ao autor nos seus jogos.

Como comentei no início do artigo, esse é o tipo de recurso que pode não ser útil de imediato, mas no futuro acaba ajudando no desenvolvimento de algum jogo que precise de animais 3d com poucos polígonos. Mesmo que você não faça uso do material, aproveite os mesmos para estudar e desenvolver seus próprios assets.

Crie modelos 3d para jogos digitais

Quer desenvolver seus próprios modelos 3d para jogos digitais? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos e treinamentos relacionados com o desenvolvimento de objetos 3d para aplicação em jogos:

Download gratuito de apartamento mobiliado

Com o preço dos imóveis no Brasil beirando a estratosfera, seria muito interessante poder fazer o download de um apartamento mobiliado e conseguir efetivamente morar nele. Mas, o objetivo desse artigo é indicar o download do modelo 3d produzido por um web site chamado NVus Designs que realizou um concurso entre os seus leitores, e na época esse mesmo modelo 3d foi oferecido como base para realização de alterações na estrutura visual do apartamento. Por exemplo, os usuários podiam adicionar e remover mobiliário livremente e apresentar as suas próprias versões do espaço.

O concurso já foi encerrado e agora os organizadores permitem o download do modelo 3d usado na iniciativa para fins de estudo e até mesmo análise da configuração geral usada no arquivo.

Download gratuito de apartamento mobiliado

Download gratuito de apartamento mobiliado

O arquivo inicialmente foi criado usando o 3dsmax e a iluminação ajustada integralmente com o V-Ray, mas é possível copiar o modelo 3d em vários formatos diferentes. No web site da NVus Design podemos escolher os seguintes formatos para copiar os arquivos:

  • MAX
  • OBJ
  • 3DS
  • FBX

Para fins de compatibilidade a melhor opção é sem dúvida o OBJ que pode ser aberto ou importado em praticamente qualquer software 3d. Os usuários do 3dsmax devem evidentemente preferir usar o seu formato nativo, pois o mesmo já está pré-configurado para o V-Ray. Claro que você precisa ter o V-Ray instalado para aproveitar os recursos completos do arquivo.

Esse tipo de recurso é muito interessante para artistas que desejam praticar suas habilidades em iluminação e render para arquitetura, mas não gostariam de criar modelos 3d próprios para esse tipo de propósito. Então, é perfeitamente possível fazer o download de um desses modelos e no seu software 3d preferido ajustar a iluminação, materiais e renderizar o projeto.

Por exemplo, é perfeitamente possível aproveitar esse arquivo para renderizar a cena no Blender Cycles que é gratuito. É só escolher o formato OBJ para importar o modelo 3d para o Blender.

A renderização não é tudo que podemos aprender com esse recurso, pois você deve analisar também a maneira como o arquivo foi construído para tentar melhorar as suas habilidades relacionadas com modelagem 3d para arquitetura.

Já mencionei que o download é gratuito?

Aprendendo a trabalhar com modelagem para arquitetura

Quer aprender a criar modelos 3d como esses? No EAD – Allan Brito existem diversos cursos relacionados com arquitetura que ajudam no entendimento sobre como você pode trabalhar com esse tipo de modelagem:

Blender e SketchUp: Modelagem e renderização gratuita

O SketchUp é um software excelente para modelagem 3d voltada para arquitetura, apesar de possuir limitações quanto as suas ferramentas nativas, que podem muito bem serem expandidas com plugins, é uma opção bem aceita no mercado de arquitetura e engenharia para criar modelos 3d. Mas, o ponto fraco do SketchUp é a renderização dessas imagens, pois apesar do software não ser voltado especificamente para visualização, podemos gerar imagens renderizadas com aparência mais estilizada. É possível gerar imagens realistas com o SketchUp usando diversos plugins e renders externos como o V-Ray ou mesmo Maxwell Render, porém todos esses softwares exigem que o usuário adquira uma licença de uso dos mesmos, o que pode ser complicado para alguns usuários.

A boa notícia é que podemos usar em conjunto o SketchUp com o Blender para obter a facilidade da modelagem do SketchUp, e usar o poder de renderização do Blender Cycles, para conseguir gerar imagens realistas sem a necessidade de adquirir novas licenças de software. Nesse caso o SketchUp possui uma versão gratuita e o Blender é gratuito por natureza. Já abordei o uso dos dois softwares em conjunto no passado, e retorno ao assunto hoje apresentando um vídeo bem completo sobre o tema que mostra os passos e desafios para conseguir modelar projetos no SketchUp e exportar os arquivos para o Blender.

Exportando do SketchUp para o Blender

O procedimento para modelagem no SketchUp deve seguir o ritmo e técnicas tradicionais para gerar a geometria do objeto. O vídeo a seguir mostra todos os passos necessários para conseguir renderizar com sucesso seus projetos oriundos do SketchUp no Blender Cycles.

A técnica consiste em exportar o arquivo do modelo 3d produzido com o SketchUp para o formato DXF, que é suportado tanto pela versão gratuita do software como pelo SketchUp Pro. Depois que o arquivo é exportado para o formato DXF é necessário usar um software da Autodesk chamado FBX Converter para converter o modelo 3d duas vezes. A primeira conversão é para o formato FBX e a segunda para OBJ. Os arquivos OBJ são suportados de maneira nativa pelo Blender, e apresentam muito menos problemas que os modelos 3d importados em COLLADA.

É um pouco trabalhoso, mas isso garante duas coisas:

  • A passagem do modelo 3d para o Blender com o mínimo de problemas
  • O uso da versão gratuita do SketchUp para gerar os modelos 3d

Com a geometria devidamente importada para o Blender, precisamos apensa trabalhar nos ajustes do próprio Cycles, que seriam os materiais e texturas somados com a iluminação da cena.

A minha recomendação é a de sempre tentar aproveitar ao máximo os materiais e configurações das texturas do renderizador escolhido para gerar as imagens, pois isso evita problemas de mapeamento e principalmente garante o realismo das superfícies na imagem. Nesse caso, apesar de ser tentador configurar as texturas no SketchUp, é melhor fazer todo o procedimento de configuração das texturas no Blender. Isso garante que tudo será gerado de acordo com o que você deseja.

Nesse caso será preciso aprender um pouco do que o Blender oferece em termos de gerenciamento de materiais e texturas, mas é algo que você fará apenas uma vez, e depois poderá até mesmo usar a flexibilidade do render por GPU do Cycles, caso possua uma placa de vídeo da NVIDIA.

Blender e SketchUp para arquitetura

O uso de softwares como o Blender em conjunto com o SketchUp pode trazer inúmeros benefícios para os artistas que escolhem adotar plataformas de desenvolvimento gratuitas. Como forma de vencer o desafio inicial que é conhecer as ferramentas necessárias para conseguir gerar modelos 3d e renderizar usando os dois softwares, recomendo alguns cursos do EAD – Allan Brito:

Download gratuito de guarda-roupa e cama detalhados em 3d

A criação de ambientes realistas envolve uma boa combinação de iluminação, materiais, texturas e principalmente modelos 3d com boa quantidade de detalhes. Esses detalhes podem algumas vezes serem adicionados junto com as texturas, mas as vezes o nível de precisão e qualidade necessária requer até mesmo o uso de técnicas como a escultura digital. É por isso que softwares 3d que suportam escultura são úteis a ponto de permitir transformar um modelo 3d poligonal em algo muito mais orgânico.

Apesar dos softwares 3d oferecerem a possibilidade de trabalhar com a criação desse tipo de objeto detalhado, sempre é importante separar modelos 3d prontos e com boa quantidade de detalhes, para usar em projetos que demandam níveis altos de realismo. Esse é o caso dos downloads que vou recomendar nesse artigo, que devem ajudar muitos artistas 3d. Os profissionais que trabalham com design de interiores, sabem que o diferencial de um bom projeto e também das renderizações está nos detalhes. E o que poderia ser melhor quando representamos um quarto do que possuir modelos 3d de guarda-roupas já com peças de vestuário? Se você ainda não tem um modelo 3d assim, recomendo uma visita a esse endereço para fazer o download gratuito de um guarda-roupa com cabides e vestuário em 3d.

download-gratuito-guarda-roupa-3d.jpg

download-gratuito-guarda-roupa-3d.png

A quantidade de detalhes dos modelos 3d é impressionante, e posso dizer sem sombra de dúvida que esse é um modelo 3d High Poly. Pela minha contagem de polígonos aqui no Blender, o modelo 3d chega a ter quase 1.400.000 faces! A manipulação desse modelo 3d em computadores mais antigos pode ser um grande desafio para a paciência, pois uma simples alteração na viewport pode demandar alguns segundos para atualizar a tela.

Além do modelo 3d do guarda-roupa você ainda pode copiar também um modelo 3d de cama com grande nível de detalhe!

Qual o formato de arquivo em que os modelos 3d estão disponíveis? O primeiro formato que conta inclusive com ajustes de materiais é o “.max” otimizado para renderização com o V-Ray. Mas, para as outras pessoas não usuárias do 3dsmax o artista foi gentil o suficiente para disponibilizar o mesmo modelo 3d em OBJ e FBX. Portanto, os usuários de qualquer software 3d como é o caso do Blender e até mesmo o SketchUp com ajuda de plugins, podem importar sem grandes problemas os arquivos OBJ.

Conversor gratuito de arquivos FBX

O trabalho em projetos envolvendo grandes equipes usando softwares 3d pode ser algo realmente complexo de gerenciar, principalmente quando o objetivo é montar algo como uma linha de produção. Nesse tipo de situação, a equipe de coordenação do projeto acaba distribuindo tarefas, cenas e modelos 3d para vários estúdios e artistas, que depois devem ser reunidos para fazer a montagem final. Para esse tipo de situação existem diversas opções de arquivos que são reconhecidos de maneira praticamente universal, como é o caso de extensões OBJ, 3DS e DXF. Cada um desses formatos de arquivo pode ser gerado e importado na mais variada gama de softwares 3d. O problema desse tipo de formato de arquivo é que geralmente alguma coisa acaba se perdendo no processo de exportação do material, acarretando em trabalho extra para quem recebe os arquivos.

Até pouco tempo atrás alguns estúdios recorriam ao uso de ferramentas que fossem amigáveis dentro de um sistema de produção parecido com linha de montagem, como é o caso do Softimage. Na época em que o estúdio Blur anunciou a migração da sua base tecnológica para o Softimage, uma das alegações é que o software se comportava melhor recebendo arquivos oriundos de outras ferramentas. Mas, isso foi na época anterior a compra do Softimage pela Autodesk.

A Autodesk tem um formato próprio de arquivos que é destinado a fazer transposição de dados entre suas ferramentas que é o FBX. Esse é o formato indicado para passar arquivos do 3ds Max para o Maya, ou Softimage e até para as ferramentas de CAD. O problema para alguns artistas está relacionado ao recebimento de arquivos no formato FBX que precisam ser manipulados em softwares que não reconhecem a versão, ou então o próprio arquivo FBX. Por exemplo, os arquivos gerados pelo recém lançado 3ds Max 2012, podem não abrir no Maya 2011. Outro exemplo é o uso desse tipo de dados em softwares como o Blender, Modo ou outro que não seja da Autodesk.

Se você já passou por esse tipo de situação, deve gostar de saber que a Autodesk lançou um conversor de arquivos FBX, que pode ser copiado de maneira totalmente gratuita. O software é capaz de manipular esses arquivos de várias formas, fazendo a conversão entre versões e transformando arquivos FBX em OBJ, DXF e 3DS. Isso permite que artistas e usuários de softwares que não sejam da Autodesk possam integrar material gerado no 3ds Max, Maya, Softimage e MudBox de maneira muito mais rápida em seus projetos.

O vídeo abaixo mostra um pouco do funcionamento desse conversor e como manipular arquivos FBX.