Goalem: Animação de multidões gratuita para o Maya

Já houve uma época em que animações de multidões eram consideradas assunto relegado apenas a grandes produções com orçamento suficiente para pagar por softwares absurdamente caros. Mas, com o passar do tempo a tecnologia foi se tornando mais acessível e barata.

Se você é usuário do Maya e gostaria de criar animações de multidões, existe uma opção ao mesmo tempo poderosa e gratuita que pode ser aplicada nos seus projetos. Caso você não conheça, recomendo uma visita ao site do Goalem 6 que permite animar centenas e milhares de personagens ao mesmo tempo.

Com a versão PLE (Personal Learning Edition), você consegue usar os recursos do software de maneira gratuita.

Só para você ter uma idéia de como esse software é usado nos mais variados projetos, o Goalem é usado em projetos de jogos AAA e também seriados e filmes.

Quer alguns exemplos? O software foi usado para fazer simulações em Game of Thrones, Halo Wars 2 e no recente filme Hacksaw Ridge. Esses são apenas alguns dos exemplos de projetos que fizeram uso do Goalem no Maya.

O simples fato de ter esse tipo de ferramenta como opção para criar seus projetos é uma grande vantagem para alguns projetos. Você pode tranquilamente criar diversos cenários em que centenas de personagens realizam uma tarefa, ou ajudam na contextualização de uma cena.

Sem o uso desse tipo ferramenta você teria uma incrível quantidade de trabalho para conseguir realizar simulações com apenas algumas dezenas de personagens.

Aprenda a fazer animação 3D

Aprenda a fazer animação 3d usando os mais variados tipos diferentes de softwares como o Blender, 3ds max e outros. No EAD – Allan Brito é possível encontra cursos relacionados com rigging, animação e render. Será possível adquirir as habilidades necessárias para conseguir realizar os mais diferentes tipos de projetos.

Aqui estão os cursos recomendados para aprender animação:

Rigging de personagens 3D gratuito na Unreal Engine

Os jogos 3D podem fazer uso de diversos recursos para adicionar contexto e contar histórias, sendo em um dos principais componentes desses jogos são os personagens. Depois de fazer a modelagem do seu personagem virtual você precisará inevitavelmente fazer o rigging da estrutura. Isso pode representar um longo e tedioso processo, que é reduzido significativamente com as ferramentas certas.

A Epic Games lançou alguns dias atrás uma ferramenta que deve ajudar e muito os artistas que pretendem criar jogos usando personagens 3d, que é a sua Animation and Rigging Toolkit (ART). O objetivo dessa ferramenta é exatamente criar estruturas de controle para personagens 3d na Unreal Engine.

unreal_riggingtoolkit_500_px_85

Quando você lê a descrição do que podemos fazer com as opções da ferramenta você fica imaginando o tempo que podemos economizar, simplesmente adotando as opções apresentadas no Animation and Rigging Toolkit (ART). Por exemplo, já existem algumas poses prontas que podemos aplicar nos personagens ou mesmo fazer ajuste em rigs que possuem problemas.

Essa ferramenta é para todo mundo? Infelizmente ainda não. Mesmo sendo distribuída de maneira gratuita, a Epic Games escolheu manter a ferramenta compatível apenas com o Autodesk Maya. Portanto, você precisa exportar rigs do Maya para usar todos os recursos. Mas, observando os comentários dos artistas e usuários exigindo compatibilidade com o Blender, não deve demorar para termos uma atualização no Animation and Rigging Toolkit (ART).

Para conseguir fazer o download do Animation and Rigging Toolkit (ART) você deve visitar esse endereço, que leva diretamente até o marketplace da Epic Games. O download é rápido, mas o fato dele ainda ser associado com o uso do Autodesk Maya é um complicados para muitos artistas e estúdios que investem no Blender.

Ainda assim é bom já fazer o download dessa versão, pois quando a atualização que oferece compatibilidade com Blender e outras ferramentas aparecer você só precisará fazer um rápido update.

Desenvolvimento de jogos com a Unreal Engine

Gostou dessa ferramenta e pretende investir na Unreal Engine para criar jogos e personagens virtuais? Recomendo visitar o EAD – Allan Brito para conferir os seguintes cursos que abordam exatamente a Unreal Engine na criação de jogos:

The present: Curta-metragem de animação produzido com Maya

Uma das coisas que sempre recomendo para os meus alunos quando o assunto envolve a produção de animações, é que o foco na história deve ser o ponto principal do projeto. É pela história que você vai conseguir capturar a atenção do público e receber os créditos devidos pelo projeto. Quando o foco do projeto passa a ser a parte técnica da animação, o público pode até mesmo ficar interessado em um primeiro momento, mas com o tempo a sua animação será esquecida. Quer um exemplo de animação que está fazendo muito sucesso em festivais, e que tem o foco na história?

O projeto conhecido como “The Present” é produto de um trabalho de conclusão de curso da escola de animação em Ludwigsburg, Alemanha. O autor se chama Jacob Frey e a inspiração para a animação foi o trabalho do Brasileiro Fabio Coala. Como resultado você pode conferir a animação (com legendas em português):

No primeiro momento da animação você não tem a empatia inicial com o personagem principal e o seu pequeno presente, e em determinados momentos pode até mesmo ficar com raiva do adoslescente. Mas, o decorrer da história e os segundos finais são reveladores para transformar o que era um sentimento de “raiva” em um leve sorriso.

É esse tipo de exemplo que você deve seguir ao tentar escrever o seu projeto de animação! Repare que não existe nenhum ponto técnico que seja revolucionário ou impactante na narrativa. Todo o processo acaba girando nas interações entre o garoto e o seu presente.

A animação está recebendo inúmeros prêmios e citações em festivais de cinema, e não por causa da maneira como foi criada ou dos aspectos técnicos. Mas, basicamente a narrativa e a maneira com que a história foi contada. Mesmo sendo um curta-metragem a animação consegue despertar mais emoções que muitos filmes de longa metragem com orçamentos bem generosos.

Qual software foi usado na produção? O artista usou o Maya.

Aprendendo a criar animações 3d

Quer começar a criar suas próprias animações 3d? No EAD – Allan Brito você encontra uma série de cursos que ajudam você a começar seu projeto de animação:

Curso básico gratuito de Maya

O EAD – Allan Brito está com um novo curso gratuito que ao mesmo tempo abre caminho para mais treinamentos voltados para a arte digital, e configura novas categorias de material em desenvolvimento no site. Agora você já pode se inscrever no curso básico gratuito sobre Maya! É notório e de conhecimento de todos os usuários do site que tenho muita preferência e interesse em difundir o Blender, como ferramenta 3d para a maioria dos meus alunos. Mas, além do Blender é necessário expandir os seus conhecimentos em relação aos softwares 3d para outros campos, e seguindo a filosofia que sempre adoto nos meus cursos presenciais de conhecer o máximo em termos de softwares 3d, ofereço a você a oportunidade de começar a usar o Maya.

capa-maya

No curso básico gratuito de Maya você conhece a interface, ferramentas, navegação em 3d, renderização e configuração de materiais. O curso segue o mesmo padrão dos outros cursos gratuitos do EAD – Allan Brito, em que você necessita apenas de um cadastro rápido no site para ter acesso ao material.

O Maya é um dos softwares mais utilizados em projetos voltados para efeitos especiais e cinema pela sua robustez e capacidade de ser executado em sistemas UNIX, o que confere um pouco mais de confiança em grandes estúdios para projetos que precisam lidar com quantidades gigantescas de dados.

Esse é o primeiro passo para expandir a oferta de cursos do EAD – Allan Brito para outras ferramentas 3d, incluindo outros da família Autodesk. Mas, calma que os cursos de Blender não foram abandonados! Eles ainda estão em produção e também estão sendo reformulados e atualizados.

Essa é a lista de aulas do curso básico gratuito de Maya:

Aula 01 – Interface do Maya

  • Interface do Maya (09:56)
  • Navegando na viewport (03:05)

Aula 02 – Criando a manipulando objetos

  • Criando objetos poligonais (06:12)
  • Transfomações em objetos (04:23)
  • Editando polígonos (05:19)
  • Extrude (01:44)

Aula 03 – Materiais e texturas

  • Materiais (04:45)
  • Texturas (02:38)

Aula 04 – Animação e câmeras

  • Animação (03:54)
  • Câmeras (06:52)

Aula 05 – Renderização no Maya

  • Adicionando luzes (04:26)
  • Renderizando cenas (05:29)
  • Renderizando com mental ray (03:41)

E não esqueça também dos outros cursos do EAD – Allan Brito que podem ajudar você a alavancas a sua carreira ou produção em arte digital:

 

Download gratuito Autodesk Maya: Personagem para animação

É preciso conhecer a fundo o processo de rigging para ser um bom animador? Esse é o tipo de pergunta que os meus alunos sempre me fazem nas aulas sobre rigging, e a resposta para ela é não. A configuração de um personagem para animação usando os controladores e ajustes de deformação, é algo extremamente trabalhoso e complexo. O conhecimento das ferramentas necessárias para criar um bom rig do zero é bem razoável e acaba sendo desenvolvido ao longo de vários meses de testes e e estudos, algumas vezes envolvendo até mesmo o uso de scripts.

Um bom rig deve possibilitar ao animador criar vários movimentos e ajudar na atribuição de emoções ao personagem. Se o seu objetivo é estudar animação apenas, recomendo começar a manipular um dos vários rigs gratuitos disponíveis na web, como é o caso do Stewart! Esse é um personagem completo disponível para os usuários do Maya que ajuda no início dos estudos sobre animação.

download gratuito Maya

O personagem foi desenvolvido pela escola online de animação Animation Mentor e pode ser copiado de maneira totalmente gratuita diretamente desse endereço. A vantagem no uso do Stewart é que um artista usando o Maya, pode partir diretamente para a criação de animações sem a preocupação de precisar começar a fazer um rig completo.

Se você quiser é possível até mesmo usar o personagem em projetos comerciais, pois a licença de uso do Stewart permite a criação de trabalhos derivados, para isso basta citar a fonte.

A versão do Maya para a qual o personagem está otimizado é a 2013 ou superior, mas você pode tentar sem problemas usar o rig no Maya 2012 e anteriores. O que deve acontecer é que alguns dos controles devem parar de funcionar.

Caso você não seja usuário do Maya, outras opções de rigs gratuitos para outros softwares 3d são os seguintes:

Esses recursos são fundamentais para qualquer artista interessado em começar a trabalhar com animação 3d de personagens, pois evita a necessidade de conhecer o processo de Rigging a fundo. Mas, é sempre bom ter uma base sobre a construção do personagem para ter condições de alterar as configurações do personagem caso seja necessário.