Weta Digital e os efeitos para o Quarteto Fantástico 2

Como não poderia deixar de acontecer, após ser lançado nos cinemas dos EUA, várias matérias sobre o [fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”][BP:257]Quarteto Fantástico[/BP] 2 estão aparecendo na mídia. Hoje estava lendo o vfxworld.com, quando me deparei com uma matéria falando sobre os efeitos especiais para o filme, produzidos pela Weta Digital. Para quem não lembra, a Weta foi responsável pelos efeitos de filmes como [BP:257]O Senhor dos Anéis[/BP] e [BP:257]King Kong[/BP].

Quarteto Fantástico 2

Por parte da Weta, o supervisor de efeitos especiais Eric Saindon, falou um pouco sobre o processo que envolvei criar os efeitos para o filme. Como a matéria é muito longa, vou falar sobre os principais pontos. Caso você esteja interessado, pode acessar a matéria completa em inglês no vfxworld.com.

  • A Weta foi contratada para trabalhar no filme no final de 2006
  • As primeiras cenas com atores reais foram entregues apenas no final de Janeiro, para finalização em Abril! O prazo para conclusão dos trabalhos era de 4 meses!
  • Os animadores utilizaram várias imagens retiradas de histórias em quadrinhos, para criar os movimentos e poses do surfista prateado.
  • Mesmo sendo totalmente criado em CG, o ator Doug Jones precisou estar presente nos sets de filmagem para interagir com os outros atores.
  • O ator Doug Jones usou uma roupa de borracha nas filmagens, com a fisionomia do Surfista.
  • O maior desafio para a produção foi com certeza a aparência prateada do Surfista. A Weta não queria repetir os efeitos utilizado no [BP:257]Exterminador do Futuro 2[/BP], mas sim melhorar os aspectos do personagem prateado.
  • A pele foi basicamente criada com shaders (Provavelmente no Maya), e novas ferramentas desenvolvidas pela equipe da Weta para esse projeto.
  • Outro desafio para a equipe foi à captura da iluminação nos cenários reais, para que fosse possível integrar o personagem virtual com os ambientes reais. Isso foi resolvido com a utilização de uma câmera com lentes de 8mm, para captura das imagens.
  • Não vou comentar nada sobre o Galactus, já que isso provavelmente poderia ser considerado Spoiler! 🙂
  • As ferramentas utilizadas pela Weta foram Maya (Autodesk), RenderMan (Pixar), Shake (Apple) e Nuke(the foundry).
  • Para criar os efeitos de fogo no Tocha Humana, a Weta utilizou uma técnica para aplicar cabelos pelo corpo do personagem! Depois foi aplicado um material nos cabelos, para que os fios aparentassem ser de fogo. Assim era possível fazer as “chamas” interagirem com vento e outros objetos. Interessante, não é? Eu não imaginava que era feito com cabelo!
  • Nas cenas finais do filme em que aparecem grandes cenários virtuais, foram utilizadas as mesmas técnicas e ferramentas aplicadas em King Kong, cujo nome é Blast Code System.
  • Para finalizar, o Sr. Saidon diz que produzir os efeitos desse filme foi muito interessante para a Weta testar novas técnicas e ferramentas, necessárias para futuras produções!

[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

2 comentários sobre “Weta Digital e os efeitos para o Quarteto Fantástico 2”

  1. Curti a matéria! é muito bacana da sua parte traduzir as partes mais interessantes!
    Só não gostei do mistério do galactus!
    A parte de fazer fogo com cabelo foi interessante…. agora vou ficar tentando fazer isso XD

  2. Olá Jorge,

    Como o filme ainda não está passando por aqui, então achei melhor omitir essa parte. Até porque no próprio artigo eles descrevem como o personagem foi criado para o filme. O que pode deixar as pessoas, que esperam ver uma reprodução fiel dos quadrinhos decepcionadas. O melhor mesmo é conferir no filme!

    Assim que aparecerem mais detalhes técnicos eu tento fazer um resumo e traduzir. 🙂

    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *