Hoje foi publicado no graphicall.org, uma compilação experimental do Blender com um novo sistema de partículas. Acompanhando esse novo sistema, estão alguns novos modificadores que aproveitam o novo sistema, para adicionar funcionalidades muito interessantes ao Blender. Esse tutorial aborda um desses modificadores, chamado de Explode. Como o próprio nome mesmo diz, esse modificador tem como objetivo explodir os objetos no Blender. Ainda não consegui compilar informações suficientes sobre esse novo sistema de partículas, mas num futuro próximo, pretendo elaborar um tutorial sobre isso também.

Antes que alguém pergunte, esse novo sistema de partículas estará presente no futuro Blender 2.45? Acredito que não, a versão RC1 do próximo Blender não apresenta essas funcionalidades. Acho que se tudo ocorrer bem, essas ferramentas aparecem apenas no final do ano, quem sabe no Blender 2.50.

Como já fazia um tempo que não publicava nenhum tutorial em vídeo, resolvi gravar dois vídeos para mostrar as possibilidades dessa nova ferramenta.

O primeiro vídeo mostra uma visão geral sobre a ferramenta:

Blender 3D – Modificador Explode: Parte 1

Interessante não é? Para resumir os pontos abordados, essa é a seqüência necessária para explodir objetos no Blender, usando esse novo modificador:

  1. Selecione um objeto com um número considerável de faces
  2. Aplique um sistema de partículas nesse objeto
  3. Depois que as partículas estiverem aplicadas, adicione um modificador explode
  4. Ajuste os parâmetros das partículas para controlar a explosão

Mas é só isso que podemos fazer com esse modificador? Não! Ainda podemos adicionar alguns controles extras. Por exemplo, com o uso de grupos de vértices, podemos controlar quais as partes do modelo são destruídas. Assim é possível deixar uma parte do modelo isolada do modificador. Esse é o assunto do segundo vídeo:

Blender 3D – Modificador Explode: Parte 2

Pronto! Agora você já pode ser mais seletivo no seu espírito de destruição. Essa ferramenta facilita muito o trabalho de animação que antes era realizado com Scripts. Esse sistema de partículas também promete novas opções para a parte de efeitos no Blender.

Não se esqueça de verificar a ordem em que o modificador está posicionado, como foi mostrado no final do vídeo. Isso é muito importante, caso contrário ele não vai funcionar.

Caso você queria testar esse modificador, visite o graphicall.org e faça o download dessa compilação de testes. Mas lembre, essa é uma versão experimental, instale por sua conta a risco. Por enquanto, só existe versão para Windows.

Já estou até vendo, nas aulas de Blender esse será um dos temas que mais vai empolgar os alunos. Porque será que as pessoas gostam tanto desses temas voltados à destruição? Mas uma coisa eu não posso negar, que é divertido ficar explodindo as coisas isso é!