Tutorial de modelagem orgânica para arquitetura com Maya

O título do artigo pode até parecer estranho, mas é isso mesmo que você está vendo. Apesar da maior parte da modelagem voltada para arquitetura, ser constituída de elementos com forte base geométrica, em algumas ocasiões o artista, precisa trabalhar com formas orgânicas. Tudo dependerá do projeto, que é de responsabilidade do arquiteto ou empresa contratante. Particularmente esse tipo de projeto é muito difícil de ser executado, o que faz com que esse tipo de modelagem seja difícil de ser requisitada por empresas. Mesmo assim é importante conhecer o processo, já que ambientes com um pouco mais de liberdade criativa, podem requerer esse tipo de modelagem.

Modelagem com Maya

Para ajudar esse tipo de modelagem, encontrei alguns vídeos que descrevem o processo usando o Maya.

No total são três vídeos, que mostram o seguinte:

  • O primeiro vídeo mostra como usar a ferramenta Paint Geometry, para posicionar cubos ao redor de uma esfera. Depois o autor ainda utiliza ferramentas extras de modelagem para deformar o conjunto.
  • No segundo vídeo, uma combinação de vários extrudes resulta em um objeto com geometria complexa.
  • No último vídeo o autor mostra como usar o extrude com curvas, para modelar.

No início do artigo, existe um link para uma página com exemplos de modelagem orgânica para arquitetura, que inspiraram o autor a produzir os tutoriais.

Mas quando é que você pode usar isso? Na maioria das vezes em ambientes acadêmicos. Já presenciei artistas 3D, sofrendo um pouco para executar o 3D de projetos acadêmicos, principalmente na graduação de estudantes de arquitetura. Sim, alguns alunos (as) com recursos financeiros suficientes, acabam contratando profissionais para produzir o 3d dos projetos.

Como eles não têm, na maioria das vezes, restrições de forma para o projeto, acabamos encontrando as formas mais rebuscadas.

Outro campo de atuação em que esse tipo de modelagem é necessário, os famosos concursos de idéias. Algumas faculdades e instituições realizam concursos de idéias, para prospecção de projetos. As equipes responsáveis pelos projetos também capricham nas formas aqui. Então é bom estudar um pouco esse tipo de modelagem, antes de investir nesses grandes projetos.

Se você quiser treinar, elaborando maquetes eletrônicas de grandes obras existentes, recomendo que você procure projetos de dois arquitetos. O primeiro, chamado Santiago Calatrava, tem alguns projetos de elevado grau de dificuldade, para execução em 3D e no mundo real. Veja algumas imagens, para entender.

Você também pode tentar algumas obras de Frank Gehry, como o museu Guggenheim de Bilbao. Que tal construir esse no Blender?

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *