Clicky

Micropolygons no Blender 3D

Você já ouviu falar sobre Micropolys? Essa é uma técnica que permite adicionar pequenos detalhes aos modelos 3d de maneira muito semelhante ao que acontece com o mapa de Bump ou Normal Map no Blender. Usar esse tipo de recurso, que simula e cria pequenos detalhes em superfícies 3d com mais eficiência e menos recursos que texturas, era possível apenas com renderizadores mais sofisticados, como o RenderMan. Mas, como não poderia deixar de ser o Blender está para ganhar uma ferramenta capaz de criar micropolygons, com a ajuda de um usuário da Alemanha.

Ele se chama Kai Kostack, sendo que os seus experimentos inicias feitos com Python, resultaram em uma compilação experimental do Blender 3d, resultando em um novo modificador! Como a curiosidade é muita, ontem mesmo fiz o download da primeira compilação de testes para avaliar. Se você quiser acompanhar o artigo, usando o mesmo Blender que eu, visite esse link no graphicall.org e faça o download. Mas aviso, faça o download por sua conta e risco, essa é uma versão altamente experimental do Blender, disponível apenas para Windows.

Assim que abrimos essa versão do Blender, veremos de cara um exemplo de Micropolys aplicado em um objeto.

Blender e Micropolygons

Se você reparar bem, o segredo de tudo está no menu dos modificadores. Lá existe agora um modificador diferente chamado de “AdaptiveSubdiv”, que faz a “mágica” acontecer.

Blender e Micropolygons 2

Agora, qual é a mágica do Micropoly? A grande vantagem de usar esse tipo de opção é que o algoritmo desloca as normais dos objetos, apenas nas áreas visíveis pela câmera! Não entendeu? Se nós colocarmos a cena padrão na vista de topo, podemos perceber claramente que os micropolys foram aplicados apenas no campo de visão da câmera.

Blender e Micropolygons 3

Essa é a otimização perfeita para cenas e modelos 3d complexos. Na verdade é o que todos nós devemos fazer sempre, apenas modelar e adicionar detalhes nos objetos 3d visíveis pela câmera. Já imaginou a implementação disso em animação? Na medida em que a câmera se move, o próprio Blender 3d ajusta os micropolys, para que a parte visível seja a com mais detalhes.

Agora vamos saber o que faz cada uma das funções desse novo modificador:

Blender e Micropolygons 4

Os dois parâmetros na parte superior do modificador controlam a subdivisão e quantidade de detalhes no modelo. Quanto menor for o valor, mais detalhes o modelo apresenta.

Para usar e testar o modificador, será necessário usar ele em conjunto com um modificador displace. Lembre que para o displace é preciso criar uma textura. Se você abrir a compilação de testes, os modificadores estão todos lá.

Como você deve estar percebendo, essa versão do Blender é experimental mesmo, as fontes dos menus não estão aparecendo aqui, mas o que importa mesmo é o AdaptiveSubdiv. Para quem tem curiosidade, está ai uma ferramenta promissora no Blender, que vai fazer com que ele suba mais um degrau frente a “concorrência”.

Para saber mais sobre os Micropolygons, sugiro a leitura dos seguintes artigos, em inglês:

Quer saber como esse modificador nasceu? Acompanhe as discussões e inclusive o batismo do mesmo, nesse post do Blender Artists.

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

2 Comentários

  1. Maxwell barbosa Medeiros 04/04/2008 em 7:03 am

    Incrível esse recurso ! Espero vê-lo numa versão futura do blender. Quem sabe a 2.50 ?

  2. Tiago Allen 04/04/2008 em 9:46 am

    Genial, vai economizar processamento principalmente quando vc usar SSS !

Deixar Um Comentário