Novo shader para o 3ds Max 9: Ghost Shader

Muita gente acaba usando ferramentas 3D e configurando shaders em materiais sem saber com certeza, o que eles realmente fazem. Caso você não saiba, a definição resumida de shader é que ele compreende um algoritmo que determina a maneira como uma superfície reage aos raios de luz. Dependendo do shader que escolhemos para um material, teremos mais ou menos opções para determinar a maneira como a luz reflete e se espalha na superfície. Alguns dos shaders mais famosos são o Blinn, Oren-Nayar e Phong. Todos esses shaders receberam seus nomes em homenagem as pessoas que desenvolveram seus respectivos algoritmos, pelo menos a maioria deles.

Mas chega de história, o propósito desse artigo é apresentar para os usuários de 3ds Max um novo shader, disponível para o 3ds Max 9. Ele se chama ctrl.Ghost Shader, que foi convertido diretamente do Maya para o 3ds Max por um usuário do CG Talk. Mas o que esse shader faz?

Ele permite usar dois recursos de renderização e distribuição de energia luminosa avançados, chamados de importons e irradiance particles. Ambos são recursos do Mental Ray, que podem ser usados para melhorar em muito a iluminação de cenas internas no Mental Ray, veja esse exemplo publicado no CG Talk usando irradiance particles:

O que faz cada uma dessas opções? Com os importons é possível diminuir drasticamente o tamanho físico do mapa de photons, fazendo com que o Mental Ray renderize as cenas de maneira mais rápida. Já com a segunda técnica os raios luminosos são disparados da câmera, quando eles atingem uma superfície o algoritmo salva as informações da luz direta e indireta, para montar também um mapa de photons.

Pelas imagens exibidas no CG Talk, ambos os shaders geram imagens hiper-realistas. Quem quiser testar, apenas com o 3ds Max 9, pode visitar esse link para fazer o download dos arquivos. Você deve descompactar os mesmos na pasta de plugins do 3ds Max. Nesse mesmo endereço é possível encontrar o texto completo em inglês com a descrição do shader, o link para download está no final da primeira mensagem.

Quem está fazendo trabalhos acadêmicos sobre renderização encontra muita coisa interessante, sobre distribuição de energia luminosa no texto também. Claro que não é um artigo científico, mas é raro encontrar textos descritivos bem ilustrados como esse.

Infelizmente não posso testar o shader, pois não tenho o 3ds Max 9. Caso algum leitor queira testar e passar o seu depoimento fique a vontade!

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *