Novo video com cinematics do Starcraft 2 e perfil do Fausto de Martini

Sempre é bom procurar por referências no mercado de animação 3d e produção de vídeos para se inspirar. Dentre as principais empresas nessa área podemos destacar várias, como o estúdio Blur e a Blizzard. Essa última, inclusive conta com a participação de um artista brasileiro chamado Fausto de Martini, que é especialista em modelagem de personagens, em que já ganhou vários prêmios e concursos relacionados com o assunto. O pessoal do CG Society publicou uma ótima entrevista com ele, incluindo algumas das imagens produzidas pelo artista.

Agora, um dos últimos projetos em que o Fausto está envolvido, ganhou um trailer simplesmente fantástico essa semana, publicado na conferência BlizzCon. O projeto é o Starcraft 2, em que o Fausto está trabalhando na parte de animação e modelagem de personagens, como ele mesmo comenta no artigo da CG Society.

Está preparado para o vídeo? Então segure o queixo e aperte play:

Caso você queira assistir ao vídeo em melhor resolução, pode usar esse link.

Impressionante não é? Como você pode perceber, o vídeo foi gravado por um dos participantes da conferência BlizzCon e “vazou” na internet pouco depois de ser exibido.

A qualidade do material é característica dos vídeos produzidos pela Blizzard para seus jogos. Esse é um dos melhores exemplos de como se produzir uma pequena animação! Aos que pretendem trabalhar com a produção de animações assim, destaco a montagem do vídeo e os movimentos de câmera. Repare como em alguns momentos a câmera é propositalmente desestabilizada, como se fosse segurada por alguém. Isso faz com que a animação fique menos artificial e tenha um toque mais “humano”.

Um dado interessante para quem gosta de conhecer as tecnologias utilizadas na produção dos vídeos. No artigo da CG Society, o próprio Fausto comenta que a Blizzard está migrando para o uso do Maya e RenderMan, abandonando anos de uso com o 3ds Max e Brazil R/S. Essa é mais uma grande empresa que abandona o uso do 3ds Max e parte para outra solução, assim como fez o estúdio Blur.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *