Clicky

Tutorial de modelagem 3d por subdivisão com Silo 3D: Personagem completo

Alguns artistas ainda têm relutância em aceitar o fato que técnicas como a modelagem por subdivisão, podem ser reproduzidas em praticamente qualquer software 3D. Por exemplo, quando você consegue elaborar um modelo 3d usando técnicas como a modelagem baseada em extrudes e polígonos no 3ds Max, o processo de migração para softwares como o Blender 3D ou mesmo o Silo, é extremamente simples. Sempre que posso acabo defendendo isso para os meus alunos, mas alguns deles ainda acabam não acreditando.

Nessa categoria de softwares que permitem realizar modelagem 3d, entre os proprietários o Silo 3D é o que apresenta melhor relação custo benefício. Ele consegue suportar modelagem por polígonos com opções avançadas, como o uso de N-Gons nos polígonos.

Por esse motivo é que os tutoriais e dicas, sobre o uso do Silo 3D, podem ajudar em muito no entendimento e prática de outros softwares como o próprio Blender 3D e 3ds Max. Se você quiser acompanhar uma excelente seqüência de imagens que perfazem a modelagem de um personagem completo, visite o link indicado logo abaixo da imagem que ilustra esse artigo.

O material segue o processo completo de modelagem 3d de um personagem usando subdivisão. O objetivo do tutorial é criar um modelo humanóide de um robô guerreiro.

tutorial-modelagem3d-silo.jpg

O material ainda está sendo desenvolvido e faltam pequenos detalhes no modelo, mas a maior parte já pode ser conferida nesse link, que mostra a modelagem 3d passo a passo do personagem.

Para quem já está acostumado com modelagem 3d, o processo será bem familiar em termos de ferramentas, pois é tudo baseado em extrudes e manipulação de objetos como faces, arestas e vértices. Claro que existem pequenas diferenças nas ferramentas, mas como é possível visualizar muita coisa com as imagens do tutorial, podemos faclmente adaptar a técnica a outros softwares 3d.

Mesmo que não existem indicações claras de como proceder nas ferramentas do Silo, qualquer artista 3d com um pouco mais de experiência poderá o processo de criação. Tudo começa com uma primitiva geométrica, modificada com as ferramentas tradicionais de qualquer software 3d como extrude, cortes, transformações e suavização de malha.

Mas, será que o Silo 3D é viável para grandes projetos? Essa é uma pergunta que recebo com freqüência quando comento sobre o software.

Quer ver quando a opção por softwares como o Silo 3D é viável? Imagine que você precisa montar uma equipe para trabalhar em projetos de animação. Mesmo que você decida montar a plataforma de tecnologia para computação gráfica 3d, baseada apenas em softwares como 3ds Max e Maya, proprietários e de alto custo, nem todos os artistas devem ficar responsáveis por todas as tarefas no projeto. Por exemplo, algumas pessoas podem trabalhar na modelagem, enquanto outras se dedicam a animação em modelos 3d de baixa resolução.

Agora, imagine que você tem 2 artistas para trabalhar na modelagem e mais 2 para a animação. Ao invés de adquirir 4 licenças do 3ds Max ou Maya, você pode trabalhar com 2 licenças do Silo 3D para a modelagem e usar suítes 3d apenas na animação. Isso é otimização de custos! Sempre uso esse tipo de exemplo, quando um aluno me questiona sobre a viabilidade desse tipo de ferramenta. Será que não seria melhor só usar suítes 3d? Claro que não! Cada projeto e atividade apresenta as suas próprias características e ninguém quer desperdiçar recursos financeiros.

2017-04-11T10:31:52+00:00 By |Modelagem 3D|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário