AutoCAD 2010: Array em 3D para distribuir objetos

Existem algumas ferramentas específicas da modelagem 3d e da ilustração vetorial que são referencia na modificação de objetos. Com esse tipo de ferramenta é possível usar vários softwares diferentes e aplicar os mesmos conceitos com um mínimo de trabalho necessário, apenas para aprender a maneira de interagir com o software usado. Um ótimo exemplo disso é o comando Array, que está presente na maioria dos softwares 3d como o 3ds Max, Maya e Blender 3D. O Array é usado também como opção para ferramentas de ilustração 2d e desenho técnico como o AutoCAD. Caso você queira conferir o funcionamento dessa ferramenta no AutoCAD 2010, o tutorial abaixo vai descrever o processo de configuração e ajuste dessa ferramenta.

Assim como acontece em outros softwares 3d, o Array tem como objetivo distribuir modelos 3d no espaço 2d ou 3D. O seu funcionamento é baseado em matrizes, com linhas e colunas que podem posicionar de maneira repetida os objetos no espaço. A interação com os parâmetros do Array é exatamente idêntica ao que acontecia em versões anteriores do AutoCAD, com a facilidade de acompanhar as perguntas do comando logo ao lado do cursor do mouse.

Quando acionamos a ferramenta Array, no ícone indicado abaixo:

AutoCAD-2010-Array-3D-01.jpg

Devemos fazer uma série de escolhas para configurar as cópias:

  • Rectangular Array: Cópias distribuídas em forma de matriz
  • Polar Array: Cópias distribuídas usando um eixo de rotação

Caso a escolha seja por um Array do tipo Rectangular, será necessário ajustar os seguintes parâmetros:

  • Levels: Cópias distribuídas no eixo Z
  • Rows: Cópias distribuídas no eixo X
  • Columns: Cópias distribuídas no eixo Y

Com a ferramenta Array 3D é possível criar composições complexas de objetos para formar modelos 3d formados por múltiplos objetos. Veja na imagem abaixo, como é possível criar apenas usando opções básicas do Array, com poucos cliques de mouse uma composição em 3D.

AutoCAD-2010-Array-3D-05.jpg

Para o Array polar, podemos usar opções bem mais simples, que se resumem a selecionar o objeto que participa do Array, escolher a quantidade de cópias e determinar o eixo de referencia que será usado para realizar o Array. O resultado é algo parecido com a imagem mostrada abaixo:

AutoCAD-2010-Array-3D-06.jpg

A modelagem 3D no AutoCAD ainda é vista por alguns artistas 3d como a solução para evitar as ferramentas de precisão das suítes 3d, que já foram muito complicadas, mas hoje em dia já se apresentam como opções viáveis para trabalhar o processo de modelagem 3d completamente no software 3D.

Uma das coisas mais interessantes para as pessoas ainda sem a prática e costume de usar o AutoCAD, é aproveitar as opções de interação na própria Viewport. Esse é um recurso que vai gradar muito os usuários mais antigos e que estão migrando para o AutoCAD 2010 agora.

AutoCAD-2010-Array-3D-08.jpg

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *