Configuração básica do YafaRay para renderização externa de arquitetura

Depois de um bom tempo sem continuar com a série de artigos sobre o uso do YafaRay junto com o Blender 3D, hoje continuamos a estudar a ferramenta com a abordagem voltada para a visualização de projetos arquitetônicos. Mas, dessa vez o foco não o design de interiores mas a visualização externa de projetos. Com ambientes mais fechados e poucos espaços para que a energia luminosa entre nos ambientes, a melhor opção é o Photon Mapping do YafaRay. Já para imagens externas a configuração do render deve ser diferente, nesse caso a melhor opção é usar o Path Tracing.

Para exemplificar melhor o uso dessa técnica para ambientes externos, vou usar um modelo 3d que geralmente uso como exercício nas minhas aulas sobre modelagem 3d para arquitetura. É o espaço externo de uma edificação bem simples, sem muitos detalhes e que serve de ambiente para configurar a luz do sol na renderização. Como é possível perceber pelo modelo 3d, não há nada de muito complicado na topologia do modelo 3d.

maquete-eletronica-arquitetura-render-externo-01.png

Qualquer modelo 3d pode ser usado como exemplo para testar a iluminação externa usando Path Tracing, basta criar um modelo base e seguir os passos desse tutorial.

Assim que o modelo 3d estiver escolhido e configurado, podemos adicionar uma luz do tipo Sun no Blender 3D. No painel de configuração do YafaRay será necessário acionar o botão Object enquanto a luz estiver selecionada, para determinar que a mesma será uma luz do tipo Sun também. Nesse mesmo painel é possível escolher a intensidade da luz e o ângulo de abertura, que ajuda na criação de sombras mais realistas.

maquete-eletronica-arquitetura-render-externo-02.png

O próximo passo é adicionar uma configuração para o plano de fundo do cenário no botão World. Para o meu exemplo, escolhi um plano de fundo do tipo gradiente com as seguintes cores:

maquete-eletronica-arquitetura-render-externo-03.png

O único cuidado especial em relação ao plano de fundo do cenário é que você deve tomar cuidado para não aumentar muito o valor do Power. Isso pode resultar em cores queimadas na renderização. Use valores entre 0.5 e 0.75.

Por último e mais importante, temos a configuração do renderizador em si. No painel settings, escolha a opção Path tracing e altere os valores dos seguintes parâmetros:

Pathtracer settings

  • Depth:10
  • Path Samples: 64
  • Use Background: On

General settings

  • Raydepth: 2
  • Shadow depth: 2
  • Transparent Shadows: On

AA settings

  • AA Passes: 3
  • AA Samples: 4
  • AA inc. samples: 4
  • Filter type: Mitchell

maquete-eletronica-arquitetura-render-externo-04.png

Lembre que a nossa imagem não apresenta nenhum efeito semelhante a Caustics, por isso é que na área de seleção do caustics do Path tracing escolhemos a opção none. Os valores usados para o Path samples podem deixar a imagem com muito granulado se configurados com baixos valores, o que faz com que seja necessário aumentar a quantidade de samples para conseguir imagens mais limpas.

Para fazer testes e alterar as configurações do render, mude para zero os valores do AA Settings. Assim a imagem é gerada de maneira mais rápida.

No final teremos a imagem renderizada:

maquete-eletronica-arquitetura-render-externo-05.png

Esse foi um guia rápido de como é possível configurar cenas externas usando o YafaRay, para visualização de projetos arquitetônicos. Ele não deve ser considerado como uma regra que deve ser seguida a risca, mas sim um ponto de partida para que você encontre o melhor ajuste para o seu projeto.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

2 comentários sobre “Configuração básica do YafaRay para renderização externa de arquitetura”

  1. Olá, Allan.

    Quanto tempo levou o render dessa imagem. Gostaria de ver o resultado com o LuxRender.

    Estou migrando do MAX para o Blender e nesse semestre pretendo implementar o Blender nas minhas aulas de modelagem 3D.

    Nas minhas aulas de representação arquitetônica estou usando o Double CAD XT. Optei por ele, após ter lido um artigo aqui no Blog.

    Abraço

  2. Oi Jason,

    Essa imagem renderizou bem rápido, foram 50 segundos em 800 x 600. Ainda vou fazer um teste com o LuxRender para ambientes externos também, mas já posso afirmar que o YafaRay é mais rápido nesse tipo de ambiente.

    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *