Realidade aumentada com projeções 3d em maquetes para arquitetura

O objetivo da maioria dos projeto envolvendo a produção em 3d é fazer uma apresentação dos resultados para potencializar uma venda ou conseguir participar de projetos maiores. O caminho mais simples para realizar esse tipo de apresentação é o uso da famosa seqüência de slides feitos em softwares como o PowerPoint. Apesar de ser perfeitamente possível usar ferramentas como o PowerPoint para conseguir boas apresentações, se o objetivo do projeto for causar impacto ou uma boa impressão na audiência, existem técnicas mais aprimoradas para conseguir apresentações de impacto.

Quando o assunto é apresentar projetos voltados para arquitetura, ainda existem pessoas investindo na criação de maquetes físicas, que por mais “antiquadas” que possam parecer, ainda são bem aceitas no mercado. Algumas pessoas ainda apresentam dificuldades em visualizar imagens 2d e perceber a volumetria e o espaço tridimensional de uma edificação. Por isso, um bom conjunto de apresentação é formado por imagens 3d e maquetes.

Entre essas técnicas que podem realmente chamar a atenção para a apresentação de projetos arquitetônicos está o uso de ferramentas ou dispositivos de realidade aumentada. Essa é uma técnica que já havia sido comentada aqui no blog, mas com o uso de elementos como vídeo e composição de material 3d e vídeo real. Essa semana, descobri um pequeno guia que mostra como é possível trabalhar com realidade aumentada, projetando imagens 3d sobre maquetes reais.

realidade-aumentada-arquitetura-3d-maquetes.jpg

A técnica é bem simples e envolve o uso de dois projetores e um pouco de cuidado para alinhas as superfícies dos modelos 3d com a maquete usada para a apresentação. O processo começa com o posicionamento dos projetores, usando como referência modelos 3d simples com texturas, para conseguir posicionar a projeção de maneira a ter as superfícies necessárias para fazer animações ou projetar texto.

Basta ter um pouco de imaginação, para perceber que esse tipo de apresentação pode realmente transformar uma simples maquete em pequenos displays multimídia. Por exemplo, é possível projetar imagens para simular texturas ou mesmo pequenos trechos de texto, com explicações sobre o projeto e contornos coloridos que destaquem partes da apresentação.

As possibilidades para esse tipo de apresentação são muito interessantes e baratas também, pois a maior parte do trabalho pode ser feita apenas no software 3d. Basta ter a maquete e os projetores alinhados.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

5 comentários sobre “Realidade aumentada com projeções 3d em maquetes para arquitetura”

  1. Que link excelente Allan. Obrigadão pela dica.
    Eu fiz recentemente um teste parecido mas usando um espelho esférico ainda por cima.

    Foi uma espécie de pré-teste pro sistema que vou usar no domo imersivo que estamos terminando de construir na UFF.

    Se quiser dar uma conferida: http://vimeo.com/6860784

    Um abração !

  2. Allan gostaria da sua ajuda, meu problema é o seguinte, estou usando realidade aumentada para fazer meu tcc, e gostaria de fazer alguns exemplos para explanar na apresentação, eu estou usando o FLAtoolkit e blender, só que quando exporto meus arquivos.dae e projeto pela minha marcação, os meus objetos quando são movimentados por exemplo um cubo, as faces de traz as vezes sobrepoem as da frente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *