Como funcionam as luzes do YafaRay com o Blender?

Como você deve estar lembrado de outros artigos que publiquei no blog algumas semanas atrás, aos poucos vou divulgar alguns materiais que uso nas minhas aulas para guiar o desenvolvimento de conteúdos relacionados com computação gráfica. Uma das maneiras que mais uso para organizar esse tipo de contúdo são os chamados mapas mentais. Esses mapas são excelentes para visualizar de maneira geral a organização de qualquer tipo de conteúdo. Uso esse tipo de estrutura para organizar desde minhas aulas até capítulos dos livros que escrevo. O tema do mapa mental que publico hoje é relacionado com a iluminação e ajustes de luz usando Blender e YafaRay.

Os usuários do Blender que trabalham com o YafaRay devem saber que para renderizar qualquer cena usando o YafaRay e Blender, é necessário fazer uma pequena adaptação entre as luzes usadas no Blender e o que temos disponível no YafaRay. Dependendo do tipo de luz usada no YafaRay, teremos diferentes opções para ajustar a iluminação da cena. O mapa mental abaixo mostra essas variações:

Clique na imagem para ampliar

Assim que começamos a usar o YafaRay, é necessário escolher um dos diversos tipos de luzes disponíveis no script que exporta a cena para o renderizador. A única luz do Blender que não é compatível com o YafaRay é a do tipo Hemi.

Cada uma daz luzes dispões de opções próprias e efeitos distintos que ficam mais fáceis de localizar quando usamos esse mapa mental para visualizar os tipos. Entre as principais opções temos a luz do tipo Sun, muito usada na renderização de cenas externas como forma de simular a luz do sol.

Quando conhecemos os métodos de renderização do YafaRay, podemos fazer associações entre as luzes e os métodos. Por exemplo, ao escolher como forma de renderizar a imagem o Path Tracing as luzes com grande tamanho e área são as melhores opções. Sempre que a luz é pequena ou está escondida, o algoritmo do Path Tracing tem dificuldade em finalizar a renderização e distribuição de luz. Por isso, as melhores luzes para esse método são a Area, Sphere com a Lamp e os objetos que emitem luz.

Recomendo que o mapa mental seja impresso e fique em local acessível para auxiliar nos estudos das pessoas que ainda estão estudando esse tipo de renderizador.

Depois publico outro sobre os métodos de renderização.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *