Clicky

Blender pode receber solução nativa de camera tracking

Os projetos desenvolvidos pelo instituto Blender são um dos grandes chamarizes para o potencial criativo do Blender, mas também acabam alavancando o processo de desenvolvimento do sofware. Sempre que temos um desses projetos o resultado é que o Blender receber inúmeras ferramentas desenvolvidas para resolver problemas daquela produção, mas que beneficiam toda a comunidade de artistas que faz uso do software. Para o próximo Open Movie do instituto Blender isso não será diferente, mas agora o Blender dará um salto para o trabalho com live action, que é a filmagem de cenários reais e atores.

Como o próximo Open Movie irá manipular filmagem capturada com câmeras e compondo com elementos virtuais, parte da equipe que ajuda na pré-produção já está pensando em maneiras de integrar de maneira nativa alguma ferramenta que possa fazer camera tracking direto da interface do Blender. Uma das ferramentas que estão dentro do escopo é o libmv que é também de código aberto, assim como o próprio Blender. Já existe uma área no fórum Blenderartists, em que estão sendo reunidas idéias relacionadas ao processo de execução do tracking e sugestões para a interface no Blender.

blender-camera-tracking.jpg

Esse tipo de composição é possível de ser realizada com o Blender hoje em dia, mas é necessário o uso de diversas ferramentas como o Voodoo camera traker ou outra ferramenta. A fragmentação do processo é que torna tudo um pouco mais trabalhoso, e se o software responsável pela manipulação e mapeamento da câmera real estiver integrado ao Blender, tudo ficará mais simples.

Como funciona esse camera tracking?

  1. Se você nunca teve a oportunidade de trabalhar com mapeamento de câmera funciona da seguinte forma:
  2. Primeiro é necessário filmar algum ambiente ou cenário;
  3. O vídeo é processado pelo software para identificar os planos e pontos de referência;
  4. Esses pontos servem de base para gerar um mapa com as superfícies, para permitir que o artista 3d adicione elementos virtuais alinhados com os objetos do vídeo;
  5. Depois é gerada uma câmera virtual que imita os mesmos movimentos e posições da câmera real;

No final teremos uma animação com elementos virtuais em perfeito alinhamento com o que foi capturado em vídeo.

Esse tipo de procedimento pode fazer com que o Blender seja adotado como ferramenta em diversos segmentos que trabalham com montagem e efeitos, principalmente produtoras de vídeo. A solução integrada para camera tracking promete deixar o próximo Open Movie ainda mais interessante!

2017-04-11T10:26:42+00:00 By |Blender 3D|5 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

5 Comentários

  1. Eliseu Carvalho 12/03/2011 em 2:28 pm

    Que ótimo se realmente o Blender “chegar” á obter esse recurso que é de estimável utilidade no mundo cinematográfico!

    É bom prever e saber que possivelmente essas futuras versões do 2.5x trará consigo várias novidades, que por sua vez valorizará ainda mais o software. E com isso, sugindo imigração de profissionais da área á estarem utilizando o Blender.

    “Eu particularmente, sonho com a implantação (Acoplação) da camera Tracking no Blender á um bom tempo”.

    Obrigado Allan!

  2. lourenço 14/03/2011 em 6:42 pm

    ola brito em que data o max 3d 2010 vai ser lançado

  3. Mateus 15/09/2011 em 10:02 pm

    Chances de sair tutoriais por você Allan ?

  4. Allan Brito 16/09/2011 em 5:37 pm

    Sim, estou quase terminando um tutorial sobre Tracking com Blender.

  5. Matheus Junqueira 05/10/2011 em 6:34 pm

    Esse material será liberado apenas para o EAD Brito?

    Obrigado…

Deixar Um Comentário