Clicky

Criando motion graphics no Blender 2.5

A prática da animação em 3d é sempre associada a criação e representação de historias, com o uso de personagens virtuais e enredos que tendem a passar emoções ou contar mesmo uma serie de eventos. Mas, esse é apenas um dos filões que um profissional ou artista 3d pode explorar. Entre as diversas opções existentes na área está a criação de Motion graphics, que é a animação de elementos gráficos e textuais, com objetivo de gerar vinhetas ou vídeos de abertura ou encerramento para produções usando atores reais. Esse tipo de video é comum também em produções publicitarias que buscam captar a atenção de quem está assistindo um determinado video, ligando o assunto a um produto ou serviço.

Qual o software indicado para fazer esse tipo de animação? A maioria das pessoas utiliza o After Effects da Adobe para esse tipo de produção, devido a facilidade de trabalhar come elementos textuais e gráficos oriundos do Photoshop ou imagens. Mas, os artistas que quiserem investir em softwares 3d podem também conseguir excelentes resultados.

Para quem quiser tentar usar o Blender para produzir esse tipo de animação, uma boa opção é usar dois Add-ons muito interessantes chamados de RE:Lay e RE:Phrase que ajudam a criar animações de Motion graphics baseadas em texto. Esses scripts deixam o Blender com a capacidade de gerar animações de maneira semelhante ao motext do Cinema 4D.

No video abaixo você irá aprender a trabalhar com essas ferramentas com dicas do próprio autor dos scripts, que realiza uma pequena animação baseada em texto usando ambas as ferramentas.

Com o RE:Phrase é possível criar animações baseadas em texto de maneira muito semelhante ao que fazemos com partículas. Basta selecionar a palavra criada dentro do Blender mesmo, usando as ferramentas de criação, e o script cria as animações. Já o RE:Lay permite passar as animações aplicadas em qualquer tipo de objeto, usando um pequeno atraso como referência. O efeito é muito bom e pode servir de base para a criação de diversas animações com múltiplos objetos. Mesmo que você não use o material para motion graphics, recomendo o RE:Lay como opção para gerar animações.

Isso mostra como o Blender pode ser versátil em termos de criação, atendendo uma gama bem variada de profissionais e artistas.

2017-04-11T10:26:26+00:00 By |Blender 3D|1 Comentário

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um Comentário

  1. Lucas 04/06/2011 em 8:41 pm

    Oi!

    Quero lhe fazer duas perguntas:

    Quando, aproximadamente, a versão final da série 2.6x será disponibilizada?
    O Blender estará maduro para ser usado nos grandes estúdios de produção de filmes, com recursos semelhantes aos softwares proprietários (3Ds max e Maya), em qual versão – 2.6, 2.7 ou 2.8? Dê-me sua opinião sincera!
    Em qual versão do Blender terá nativamente uma câmera 3D para animações não interativas e uma “dummy head” (Som 3D)?

    Abraços!

Deixar Um Comentário