Clicky

Videolog – Episódio 1 – Piloto

Entre os diversos projetos que sempre tive interesse em desenvolver aqui no blog, estava o de criar um videolog em que pudesse comentar alguns dos vídeos que publico aqui no site, e também apresentar notícias mais curtas relacionadas com a área de computação gráfica, animação e artes visuais. Por vários motivos nunca consegui colocar essa idéia para funcionar. Mas, entre as minhas resoluções para 2012 estava fazer regime produzir e começar a publicar um videolog! E é com muita satisfação que posso anunciar que o episódio piloto ficou pronto e já está disponível para qualquer pessoa assistir. Esse é o episódio piloto, em que fiz vários testes relacionados ao equipamento de gravação e também a parte de edição. Até agora só consegui fazer o upload do vídeo para o Vimeo, mas nos próximos dias devo publicar o arquivo no meu canal do Youtube.

Por enquanto não existe opção para fazer download do arquivo do vídeo, mas assim que tiver um tempo eu exporto o vídeo em resoluções menores e disponibilizo o material para download.

Como o projeto Mango do Instituto Blender está no período de pré-venda e muitos leitores aqui do blog não conhecem o conceito dos Open Movies, acabei escolhendo esse tema para ser o assunto do primeiro episódio. Acabou sendo um mini-documentário sobre a história dos Open Movies, em que mostro imagens e explico o desenvolvimento dos projetos e suas derivações.

O vídeo acaba sendo uma explicação de como funciona a mecânica de produção dessas animações, e também uma amostra do que esperar no projeto Mango.

Ainda no momento em que estava editando o episódio piloto, percebi algumas coisas que vou tentar melhorar para os próximos episódios. O tempo de duração de cada episódio deve ser de no máximo 20 minutos. Se passar disso já fica complicado de manter uma seqüência e até o ânimo. Perceba que na parte final do vídeo eu já estou falando mais “lento”. O vídeo sem edição está com quase 50 minutos! Depois da edição o tempo caiu para aproximadamente 35 minutos.

O tamanho do arquivo de vídeo também complica, pois 30 minutos de vídeo em 720p ficam bem grandes, até para fazer upload.

Com episódios mais curtos é mais fácil manter o mesmo ritmo desde o início do vídeo.

O que espero com esse videolog?

A idéia de produzir o videolog é de agregar mais conteúdo aqui para o blog usando outro formato mais dinâmico do que o texto. Em momento algum espero transformar o vídeolog em um tipo de mídia independente do blog, mas assim uma forma complementar de fazer o que sempre tento realizar nos artigos, que é mostrar novidades úteis para quem trabalha ou se interessa por computação gráfica. Agora terei que tomar cuidado ao andar na rua, pois a minha imagem estará exposta nos vídeos. Será que poderei ir tranqüilo ao cinema ainda?

Nos próximos episódios, espero fazer visitas a empresas e estúdios de animação e computação gráfica, e mostrar alguns projetos que possam ser de interesse para a maioria dos leitores aqui do blog.

Só para finalizar o artigo, gostaria da sua opinião sobre o primeiro episódio nos comentários. Lembre que esse é apenas o episódio piloto, e que muitos mais devem aparecer nas próximas semanas.

É isso, espero que você goste desse novo conteúdo.

2017-04-11T10:25:57+00:00 By |Videolog|14 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

14 Comentários

  1. Ewerton 06/01/2012 em 6:18 pm

    Muito bom!
    Mas vc tem razão. Ficou extenso. Em um podcast dá até pra passar de uma hora, pq vc pode fazer outras coisas, mas o vídeo exige atenção visual, aí complica.

  2. Luiz 07/01/2012 em 6:58 am

    Ola Allan,

    Quero parabenizar tua iniciativa e colaboracao para o desenvolvimento do 3D. Teu conhecimento e tua didática ficam evidentes neste teu primeiro video.

    Abraco!

  3. Sherman 07/01/2012 em 10:18 pm

    Parabéns pela iniciativa do videolog, esse canal facilita e aproxima seus leitores! O tema foi muito propício e bem exposto. Como todos disseram, também achei que precisa de mais dinâmica no vídeo, mas tenho certeza que você vai conseguir em pouco tempo se familiarizar com a linguagem visual.

    Boa sorte!

  4. João Roberto 08/01/2012 em 1:53 am

    Parabéns pela escolha do tema do primeiro videolog, pela divulgação dos objetivos da Fundação Blender e pelo incentivo aos projetos OpenMovie (pelas suas doações e este vídeo que certamente atrairá novos colaboradores no Brasil).

    Apesar de relativamente extenso, quando o assunto é bem apresentado o vídeo torna-se interessante e agradável e os 35 minutos pareceram menos.

    Tenho o livro “Blender 3D – Guia do Usuário -3ª Edição” e estou inscrito no curso “Blender Básico 2.5”. Em breve farei minha inscrição nos demais cursos.

    Aguardamos os próximos videologs.
    Novamente, parabéns pelo seu trabalho.

    Saudações.

  5. Samuel 08/01/2012 em 7:17 am

    Muito bom mestre. Descontraído e de fácil entendimento. Porém, acho que realmente ficou extenso para um vídeo log.

  6. thiago silva de oliveira 09/01/2012 em 3:31 pm

    parabéns, extenso porem não cansa! informações uteis e sem muito blablabla hehe

  7. Marcelo Wanderley 10/01/2012 em 11:52 am

    Ótimo o videoLog.

    Sou leitor do seu blog a varios anos e acho o trabalho excelente.

    O videoLog é muito interessante para a discussão de diversos assuntos.

    Não conhecia o Open Movie com detalhes. Achei ótimo.

    Espero que continue =)

    Abraços.
    Marcelo Wanderley

  8. Álvaro Perdigão 11/01/2012 em 10:38 pm

    Parabéns Allan!

    Desde 2007 que acompanho seu blog, sempre foi uma referência de CG pra mim, mas sempre sentia uma distância entre as notícias e a pessoa que escrevia, a iniciativa do videoblog é muito boa acabar com essa distância, só se via uma foto ou outras sua em uma sala escura dando palestra! hehehehe
    Muito bom mesmo, o assunto foi ótimo para as pessoas conhecerem o potencial do Blender, já estou aguardando os próximos.

  9. Asdrubal 12/01/2012 em 9:56 am

    Interessante o Videolog, bem informativo, bem extenso mas como vc aparece muito tempo mostrando a cara, da pra ouvir sem “ver”.

    Acho tb que deveria ser mais objetivo. algumas coisas vc repete mais duas vezes, oque poderia ter sido cortado na edição.

    Em relação as informações: foram ótimas, eu não sabia, e estou indo consultar o novo projeto do blender para ver como posso colaborar, obrigado

    PS: Foi difícil achar o link para essa matéria, não esta aparecendo na pagina inicial, tu devia ver isso ai, pq nem todo mundo assina o newsletter 🙂

    Abraço e obrigado

  10. Emiliano Maximiano 17/01/2012 em 5:00 pm

    Olá, gostei muito do videoblog, inclusive aproveitei as dicas e até adquiri a pré venda do dvd do projeto Mango. Um grande abraço e parabéns pela dedicação e o ótimo trabalho.

  11. Cleiton Aquino 23/01/2012 em 8:19 pm

    Olá, allan

    Tenho vindo acompanhando seu blog já a uns 2 anos, junto o Blender também. Cara, estou impressionado com a evolução do Blender, eu que peguei um pouco do blender 2.45 levei uma coça para aprender algumas ferramentas, hoje está tudo muito fácil, claro e bem evoluído. Adorei a sua ideia, ficou super legal o videolog.
    Estou ansioso para ver os próximos videologs e gostando muito das suas video-aulas do ead-allanbrito.

    Abraço

  12. Guilherme Gazzoni 28/02/2012 em 9:31 pm

    Professor! Massa, pode até divulgar o nosso projeto do TCC quando o projeto estiver mais maduro! hehehehe

    Continue assim!

    Abraços!

  13. Allan Brito 29/02/2012 em 3:53 pm

    Claro!

    Depois fazemos um making of!

  14. Fábio Henrique 17/06/2012 em 9:33 pm

    Material bacana meu caro. Para mim esclareceu diversos pontos.
    Gostei da iniciativa!

    Abraços e bom trabalho.

Deixar Um Comentário