Download gratuito de perfis IES para iluminação em arquitetura

Nos projetos que envolvem o uso de iluminação para visualização de ambientes, um dos requisitos mais comuns em termos de luzes é a representação da iluminação da maneira mais fiel possível ao produto final do projeto. Isso significa que o o artista precisa tentar simular o efeito da iluminação nos softwares 3d, posicionando as luzes nos mesmos locais em que devem ficar os spots no espaço físico real. Como resolver esse tipo de problema? Para os que possuem excelente percepção e noção de fotografia, o processo de iluminação desses ambientes não deve ser difícil. Mas, para as pessoas que têm mais dificuldade com a iluminação, a representação real pode ser desafiadora.

Usando perfis IES para iluminação

Uma solução muito interessante para esse tipo de problema é adotar perfis IES para representar a iluminação. Esses arquivos armazenam informações físicas da luz e as reproduzem nos softwares 3d. O seu uso é bem simples, e consiste em um arquivo com extensão “ies” que pode ser associado a um ponto de luz. Ao renderizar a cena com aquele arquivo associado, o resultado será a representação da iluminação com características idênticas ao que teríamos no mundo real.

Com base nesse tipo de tecnologia, diversos fabricantes de lâmpadas disponibilizam perfis IES para seus produtos, e podemos já prever a marca e modelo das lâmpadas usadas na iluminação dos ambientes.

Download gratuito de perfis IES para arquitetura

Um desses fabricantes que disponibiliza perfis IES para download é a marca HE Williams, que mantém um arquivo IES para cada modelo de luminária e lâmpada no seu catalogo. Mesmo que essa marca não seja muito conhecida no Brasil, pelo menos eu não conheço, é interessante fazer o download dos perfis IES, pois as características técnicas dos produtos podem atender a alguma demanda específica em projetos de iluminação.

Como usar arquivos IES?

A maneira com que esses arquivos são usados varia de acordo com cada renderizador. Mas, na maioria das vezes devemos associar o arquivo a um ponto de luz, material ou então em renderizadores que usem iluminação baseada em geometria. O importante é saber que na maioria dos casos existe suporte para esse tipo de arquivo nos melhores renderizadores de imagens.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *