Clicky

Tutorial Blender: Criando Motion Blur para animação 3D

Os efeitos utilizados em animações 3d são os mais diversos e existem situações específicas em que podemos aplicar distorções na imagem para realçar a animação. Um desses efeitos de realce nas animações é o chamado Motion Blur que é um dos efeitos inseparáveis de diversos animadores. Para criar esse tipo de efeito no Blender em animações, é possível utilizar vários procedimentos e truques, e resolvi produzir um pequeno tutorial em vídeo mostrando como usar o Node Editor com os nós de composição, para gerar o efeito em imagens.

O processo é bem simples e envolve o uso do node chamado de Vector Blur associado aos nodes Render Layers e Composite. O vídeo abaixo mostra o processo completo:

No vídeo podemos acompanhar a aplicação do efeito diretamente sobre uma animação simples, mas que é exatamente o mesmo processo quando aplicamos em cenas mais complexas. Depois de verificar se a opção Use Nodes está habilitada tanto para o composite Nodes como para os materiais da esfera usada na animação, podemos adicionar o Vector Blur.

Os ajustes na intensidade do efeito podem ser realizadas com o parâmetro Blur e o Samples do próprio Vector Blur. É importante habilitar o parâmetro Vector no Render Layers, que é o local em que está escrito speed. Caso esse parâmetro não esteja habilitado, o resultado é que teremos uma imagem completamente preta como resultado do render.

E para comparar os efeitos no final, podemos renderizar as duas cenas como seqüências e arquivos PNG e montar todo o processo dentro do sequenciador de vídeo do Blender.

Esse efeito é simples, mas ajuda bastante em vários tipos de animações como forma de enfatizar determinados momentos da animação, sendo o Motion Blur inclusive parte dos princípios de animação.

Os pontos negativos desse efeito no Blender, é que o mesmo é aplicado na pós-produção. Isso acaba resultando na aplicação do blur apenas no objeto e não na sua sombra. Outra limitação é que o efeito é nulo para objetos que estejam atrás de outros objetos transparentes.

Se você nunca usou o composite nodes, recomendo tentar reproduzir os procedimentos descritos no tutorial. Essa pode ser a sua primeira experiência com efeitos de pós-produção, mas garanto que não será a última.

2017-04-11T10:25:46+00:00 By |Blender 3D|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário