Clicky

GeForce GTX 1080 Ti: Melhor para renderização?

Um bom equipamento para trabalhar com visualização de projetos e renderização é fundamental, pois pode reduzir de maneira significativa o tempo de trabalho. Entre as diversas perguntas que recebo dos alunos e leitores do site, uma das mais frequentes está relacionada com a escolha do melhor equipamento para trabalhar com render de projetos.

Como parte fundamental de qualquer equipamento focado em renderização está a placa de vídeo (GPU) que suporta a aceleração do render. Isso é possível graças a performance de tecnologias como CUDA, disponível em placas Nvidia. A grande maioria dos renderizadores como Cycles, Octane e outros são otimizados para aproveitar essa tecnologia.

A Nvidia anunciou alguns dias atrás que a evolução do seu equipamento topo de linha está chegando ao mercado! Estou me referindo a GeForce GTX 1080Ti que adiciona alguns parâmetros interessantes em uma placa que já era extremamente poderosa.

O primeiro aspecto que salta aos olhos quando conferimos as especificações são os núcleos CUDA que pularam de 2560 na GTX 1080 para 3584 na versão 1080Ti. Esse ganho de núcleos deve acelerar de maneira significativa o render de projetos. Outro detalhe que é de interesse dos artistas 3d é a quantidade de memória da placa. Agora temos 11GB e não mais 8GB disponíveis.

A memória da placa é importante, pois a cena precisa ser carregada na memória para a realização do render. Quando mais pesada for a cena em termos de texturas e informação, mais memória é necessária. Ao atingir o limite da placa você começa a encontrar erros no render. Ao adicionar mais memória, podemos trabalhar em níveis maiores de complexidade e informação.

Vale a pena investir nessa placa? Quando fazemos a comparação de resultados da GTX 1080 com a GTX 1070, ainda acredito que o valor da 1070 é mais atraente pelos resultados apresentados. Os testes de velocidade indicam ganhos pequenos de performance que não justificam o preço pago na placa mais cara. No Brasil a diferença entre as duas pode chegar a R$ 1.500,00 a mais só para garantir a 1080.

Mas, a 1080Ti é diferente! Entre a 1070 e a 1080Ti temos mais de 1500 núcleos CUDA de diferença e mais memória. A performance deve ser bem diferente. Ainda não temos data de lançamento no Brasil ou preços anunciados. Mas, deve ficar na casa dos R$ 3.500,00 até R$ 4.000,00. Nos EUA o equipamento custa US$ 699,00.

A boa notícia é que os preços das outras placas foram reduzidos. Agora é aguardar que essa redução seja aplicada por aqui. Quando tiver informações sobre performance no render, compartilho no blog.

Render de projetos com uso de GPU

Ficou interessado(a) em trabalhar com renderização de projetos com aceleração por GPU? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos relacionados com o Blender Cycles, que é gratuito! Aqui estão os cursos:

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

7 Comentários

  1. Maicom 06/03/2017 em 11:45 am

    Qual a diferença entre adquirir uma placa de 128bits e uma de 512bits que tenham supostamente a mesma quantidade de núcleos cuda e memória gráfica?

  2. admin 06/03/2017 em 12:07 pm

    Nesse caso só a quantidade de bits representa uma maior quantidade de informação que pode ser processada pela placa.

  3. Valdeci 19/03/2017 em 1:28 am

    Olá Allan. Parabéns pelo Blog.

    A linha Quadro não seria mais adequada para este tipo de propósito [Profissional]?
    Veja a linha GTX mais voltado para Gamers.

    Qual a sua opinião?

  4. Valdeci 19/03/2017 em 1:31 am

    Correção ao post anterior:

    *Vejo a linha GTX mais voltado para Gamers.

  5. admin 20/03/2017 em 4:23 pm

    Oi Valdeci,

    Como o assunto é relativamente complexo, resolvi escrever um artigo sobre o tema:
    https://www.allanbrito.com/2017/03/17/devo-usar-uma-placa-quadro-para-fins-profissionais/

    🙂

  6. Valdeci 20/03/2017 em 5:43 pm

    Maravilha, agora ficou mais claro.

    Agradeço o seu post.
    Muito bom mesmo.

    Obrigado.

  7. Geraldo Neto 23/05/2017 em 5:18 am

    Bom dia amigo! Muito bom o conteúdo do site.
    Tenho uma dúvida. Utilizo uma Quadro 6000 e olhando a GTX 1080 TI fiquei em dúvida. Na sua opinião, a 1080 TI teria um resultado melhor que a quadro 6000 para edição de vídeos, ou a Quadro ainda é melhor?
    Estou pensando em comprar a 1080 TI, mas estou com essa dúvida.
    Abraços.

Deixar Um Comentário