Tutorial SketchUp e Kerkythea: Render volumétrico

O uso das chamadas renderizações volumétricas vai de encontro com a necessidade da maioria dos projetos de visualização para arquitetura, em que os artistas acabam buscando o realismo extremo nas imagens. As imagens que mostra apenas a volumetria são geradas usando apenas uma cor básica, que é geralmente a cor branca. Isso remonta aos modelos físicos criados por arquitetura usando materiais sofisticados como o PVC que atribuem acabamento muito agradável visualmente. Em renderizadores mais sofisticados como é o caso do Kerkythea existe uma opção própria para gerar esse tipo de imagem chamada de Clay render. Esse é o tipo de técnica que agrada muito os usuários com menos experiêcia, pois a parte dos materiais e texturas da cena fica totalmente branca, simplificando muito o processo de ajuste da cena.

Como tenho conhecimento da popularidade que o Kerkythea tem entre usuários do SketchUp, resolvi publicar um vídeo que mostra o processo de configuração de renders para arquitetura usando SketchUp como modelador, e o Kerkythea para gerar as imagens. Já faz um bom tempo que não falo nada sobre o Kerkythea aqui no blog, mas ele é uma boa opção de render para projetos de arquitetura.

O primeiro passo apresentado no tutorial em vídeo é usar o plugin do Kerkythea para exportar a cena do Sketchup, e já realizar alguns pequenos ajustes. No próprio painel do plugin que exporta a cena existe a opção para habilitar o chamado Clay Render. Basta escolher a opção Yes nesse campo para que isso seja considerado já na exportação do arquivo.

Depois que o modelo 3d já está dentro do ambiente de configuração do Kerkythea, o autor do vídeo modifica o material aplicado nos vidros do modelo 3d. O objetivo é alterar o vidro usado no SketchUp para o próprio do Kerkythea. Usar materiais próprios dos renderizadores sempre é uma excelente decisão, pois os mesmos evitam que artefatos ou problemas no render acabem aparecendo. A cor do céu deve ser alterada para branco e no Scene Settings é preciso mudar o Attenuation para Inverse.

Com todos os ajustes realizados, podemos partir para a renderização que cria uma imagem com o efeito de volumetria. Claro que o efeito ainda pode ser melhorado, razão pela qual o autor do vídeo ainda abre a imagem no Photoshop para ajustar o efeito.

Se você usa o SketchUp e Kerkythea para apresentar projetos, essa é uma excelente técnica com tempo de render bem curto.