Animação com After Effects: Plugin gratuito Animation Composer

A animação para vídeo utiliza técnicas variadas para apresentar informações de maneira atraente para quem procura demonstrar informações ou imagens em curtos espaços de tempo. É muito comum encontrarmos diversos trabalhos especializados em motion graphics que fazem uso de movimentos frenéticos e sincronizados com música, para atrair a atenção das pessoas que estão assistindo ao material. Essas animações podem ser criadas tanto com base na boa e velha técnica da interpolação de movimento, usando quadros-chave ou então com o auxílio de plugins. Alguns desses plugins ajudam de maneira significativa quem não quer ter trabalho algum com deslocamentos de objetos na tela ou linhas do tempo.

No After Effects existe um plugin chamado de Animation Composer que é oferecido de maneira gratuita pela empresa que desenvolve o software, e que pode ser interessante para artistas que não tem conhecimento algum sobre o After Effects ou animação.

O tutorial a seguir mostra o funcionamento do software, apenas em inglês.

A base de funcionamento do Animation Composer é o uso de modelos prontos de animação, que já acompanham o software quando instalamos ele no After Effects. Mas, para expandir as opções e fazer animação com After Effects é necessário adquirir pacotes com modelos adicionais para o plugin. Então, apesar de ser gratuito a princípio o Animation Composer pode acabar exigindo um pequeno investimento para se transformar em ferramenta útil para animação com After Effects.

Mas, ainda assim é uma opção interessante para conseguir produzir material animado em vídeo de maneira extremamente rápida, pois apesar de não possuir muitos modelos a disposição no pacote gratuito, podemos criar animação com After Effects de maneira muito rápida usando os recursos do plugin.

Animação com After Effects

Para os casos em que você gostaria de aprender como as animações são produzidas para ambiente de vídeo, recomendo visitar o EAD – Allan Brito e conferir o curso sobre animação para vídeo com After Effects em que você aprende realmente a usar o software para animação, sem o auxílio de plugins ou ferramentas auxiliares.

Nesse caso você irá realmente compreender o funcionamento do software, e trabalhar com múltiplas câmeras e a sua linha do tempo.

Curso sobre edição e tratamento de imagens com GIMP

O EAD – Allan Brito recebeu mais uma atualização hoje em relação aos novos cursos que estavam prometidos para o mês de Junho! O último curso lançado foi o de GIMP Básico que é um dos maiores sucessos do novo site, perdendo apenas para o Blender Básico em termos de inscrições. E dando sequência aos estudos sobre manipulação de imagens com GIMP, é com muita satisfação que anuncio a disponibilidade do curso sobre edição e manipulação de imagens com GIMP. Esse curso tem como objetivo apresentar as ferramentas existentes no GIMP para que qualquer artista digital possa realizar alterações e ajustes em fotografias, texturas ou qualquer imagem digital.

Ao longo do curso você aprende a realizar ajustes avançados com o GIMP, usando as ferramentas existentes no software ou então por meio de plugins gratuitos como é o caso do excelente Liquid Rescale que é o equivalente ao Content-aware scale do Photoshop. Como a maioria dos artistas ou profissionais de computação gráfica precisam invariavelmente trabalhar com imagens faz do curso uma excelente fonte de informação para todos os artistas 3d e profissionais de computação gráfica.

curso-edicao-fotografias-GIMP.jpg

Essa é uma lista com alguns dos assuntos abordados no curso:

  • Uso de camadas
  • Máscaras de camadas
  • Modos de mistura para camadas
  • Ferramentas de seleção
  • Uso de plugins
  • Refinamento de cores
  • Correções na exposição de fotografias
  • Restauração de imagens
  • Uso de curvas
  • Aplicação e formatação de textos
  • Filtros

Existe até mesmo um pequeno exercício mostrando o processo necessário para recuperar fotografias antigas usando as ferramentas do GIMP, que pode ser útil para editores de imagem ou fotógrafos profissionais e amadores. Para os usuários do Blender o GIMP é a melhor ferramenta para trabalhar com ajustes e pós-produção de imagens renderizadas. Você pode adicionar textos e outros elementos no GIMP para ajudar a formatar seus projetos e até mesmo criar composições complexas.

O curso já está totalmente completo com todas as aulas publicadas, seguindo a nova política de só lançar cursos completos do EAD – Allan Brito.

Para saber mais sobre o curso e realizar a sua inscrição, visite a página do curso sobre edição e tratamento de imagens no GIMP. Nesse endereço existem alguns vídeos do curso disponíveis para usuários do site, sem a necessidade de fazer inscrição. E não esqueça que durante o mês de Junho você pode usar o cupom NOVOEADALLANBRITO para realizar inscrições nos cursos com 20% de desconto! O cupom é válido até 30/06/2013.

JefeCheck: Software gratuito para pós-produção de vídeo

A renderização de animações é sempre um grande desafio para qualquer artista 3d ou equipe de criação, pois geralmente é o estágio do projeto que pode demandar mais tempo de espera por parte da equipe. Um dos erros mais comuns de artistas 3d iniciantes é gerar vídeos já usando containers de vídeo! Isso é sem sombra de dúvida um dos grandes erros que você pode cometer, pois no caso de precisar editar esse vídeo posteriormente, o mesmo vai acabar sendo compactado novamente e mais informações são perdidas no processo. Claro que podemos gerar vídeos sem compressão que ocupam espaços gigantescos em disco, mas ainda assim prefiro outra solução.

No caso de animações a minha animação é sempre gerar uma sequência de imagens em formatos que suportam compressão Lossless como é o caso do PNG. A criação de sequências de imagens permite até interromper o render de maneira mais fácil, e depois unir as imagens em um software próprio para pós-produção. No meu caso uso sempre o Blender para esse tipo de tarefa, mas os outros artistas podem passar a usar uma ferramenta que se tornou gratuita depois de passar um tempo como opção paga para compor sequências de imagens que é o JefeCheck.

O software é especializado em reproduzir sequências de imagens representando desde storyboards animados até mesmo animações finalizadas, e a ferramenta ainda permite aplicar efeitos e filtros no resultado final, facilitando o processo de pós-produção.

O vídeo abaixo mostra alguns dos recursos do JefeCheck incluindo a sua interface. A gama de recursos é bem interessante, envolvendo o uso de imagens com canais alpha, HDR e até arquivos EXR com múltiplos canais. É possível aplicar efeitos e outros ajustes na imagens diretamente dentro do JefeCheck.

A ferramenta é muito útil como opção para realizar a montagem desse tipo de elemento em projetos de animação, pois permite trabalhar com efeitos e correções em animações de maneira rápida e simples. Até mesmo para a montagem de vídeos no formato timelapse é possível usar o JefeCheck.

Para todos os casos, o download do software é mais do que recomendado, seja você um profissional ou estudante que precisa montar esse tipo de imagem.

Efeitos com After Effects: Simulando disparos com armas

A edição de vídeo em softwares com o After Effects, Fusion ou Motion podem hoje substituir e até mesmo potencializar a criação de vários efeitos com custo muito mas baixo para produções em vídeo. É só parar um pouco para pensar que os vídeos produzidos hoje em dia, podem se apoiar quase que totalmente em efeitos digitais para simular até mesmo disparos de armas. Sim, hoje você só precisa do ator (por enquanto) para conseguir simular cenas completas, adicionando digitalmente os elementos na cena.

Por exemplo, uma arma de brinquedo pode se transformar totalmente em softwares de edição. Caso você nunca tenha visto esse tipo de montagem, encontrei esse vídeo que mostra muito bem o processo de animação e montagem de um vídeo em que o ator dispara uma arma de air soft. Essa arma não apresenta nenhum tipo de projétil ou efeito no disparo. O vídeo sem edição que é exibido no início do tutorial mostra bem que sem o tratamento, ficaria evidente ao espectador que a arma não é real. Mas, depois de adicionar os efeitos apropriados de animação e som, o resultado é bem verossímil.

E para as pessoas que trabalham com After Effects e gostariam de fazer o download do material usado nessa montagem, o autor está disponibilizando os cartuchos de bala usados no vídeo de maneira totalmente gratuita. Apesar dos efeitos de fumaça, disparo e som não estarem inclusos, já é algo para se considerar.

Isso mostra como os conhecimentos em softwares como o After Effects e outros relacionados com efeitos para vídeo, podem ser fundamentais para qualquer produção contemporânea. É por isso, que sempre recomendo aos meus alunos estudar esse tipo de ferramenta, pois não é só com um software 3d que conseguimos resolver todos os problemas e a criação de elementos para vídeo. É preciso recorrer a esse tipo de software eventualmente, e o seu funcionamento é bem diferente do que estamos acostumados em ferramentas 3d.

A montagem do vídeo não pode ficar de fora também, e nesse caso os editores não-lineares ajudam bastante, apesar de serem simples de usar, o que realmente demanda mais tempo e conhecimento são as configurações para exportar o material do vídeo no formato correto para exibição ou distribuição.